Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Você pode conseguir emprego fora do Brasil

Você pode conseguir emprego fora do Brasil

Olá, leitor!

Se você tem o sonho de trabalhar em outro país saiba que existem dicas e orientações que deve seguir para conseguir emprego fora do Brasil. Será necessário algumas definições dos seus objetivos, do que pretende ao procurar emprego fora. Embora não seja fácil você pode conseguir emprego fora do Brasil.

Saiba como nesse artigo!

Aprenda como você pode conseguir emprego fora do Brasil

emprego_fora_do_Brasil-01

Defina os objetivos

Conseguir emprego em outro país pode ser tão ou mais difícil que no próprio, mesmo ao considerarmos as atuais conjunturas. Por isso, antes de ir atrás de agências de trabalho no exterior responda a essas perguntas onde seu objetivo é:

  • Estudo? É desenvolver o aprendizado de um idioma? É tentar se especializar em alguma área de seu interesse? Se esse for o objetivo você está começando errado: primeiramente busque uma bolsa de estudos, se inscreva em alguma instituição de ensino. Se esse é seu propósito poderá buscar estágio em sua área, ou ser sustentado pela própria bolsa, ou ainda, conseguir algum trabalho temporário. (saiba mais sobre: bolsa de estudos). 
  • Fazer carreira internacional? Se você pretende morar por um tempo maior ou indeterminado para crescer internacionalmente, uma opção será se empregar em uma multinacional aqui mesmo e tentar conseguir transferência no país de origem da empresa. Nesse caso, você provavelmente será do ramo empresarial, industrial, ou fará parte da diretoria e alto executivo. Pode tentar conseguir também com a embaixada do país instalada no Brasil.
  • Pretende viver em outro país para conhecer outra cultura, outros povos ou juntar algum dinheiro? Defina quanto tempo pretende viver lá, faça pelo menos um plano de um tempo mínimo, pois, se as coisas não estiverem dando certo, você poderá voltar sem culpa e definir novas estratégias. Nesse caso, poderá pensar em algo temporário, não necessariamente em sua área, até que ganhe um pouco de experiência para poder escolher em que trabalhar.

Definir isso será bom pra sua organização pessoal, de seus objetivos e metas. Lembre-se que viver longe do seu país, sua família e seus amigos em um local que tenha outros costumes, outro clima, pode ser mais difícil do que se imagina. Por isso você tem que estar decidido sobre o que pretende fazer em outro país.

Faça o currículo ideal

Definidos seus objetivos – o país e o tempo que pretende viver lá – chegou a hora de arrumar seu currículo. Lembre-se que precisa impressionar, mas antes de mais nada, seja honesto. Se entende que com seu currículo atual será difícil encontrar quem lhe empregue lá fora, prepare-se melhor. Adie um pouco esse sonho. Faça cursos, cresça profissionalmente, entre em contato com pessoas que moram lá e possam lhe ajudar. Não desista, mas não se desespere.

  • Intercâmbio: uma das maneiras mais interessantes de encontrar emprego no exterior é por meio de intercâmbios, nesse caso seu interesse principal está nos estudos. Mas fora disso, existem outras maneiras como já citamos. Antes de explicar melhor essas maneiras é importante destacar a necessidade de preparar seu currículo de acordo com o que procura.
  • Nível de estudo: Dependendo do país pode ser mais importante ter um nível de estudo avançado ou estar estudando. É o caso de países da Europa. Já em outros, carta de referência e serviços voluntários poderão contar muitos pontos como nos Estados Unidos. Pesquise currículos de profissionais da área do seu interesse, veja anúncios de emprego e adapte seu currículo conforme a linguagem usada.
  • Fluência no Inglês: Tenha o melhor conhecimento possível de inglês e caso essa não seja a língua nativa do país em que deseja trabalhar, saber pelo menos o básico deste idioma poderá fazer toda a diferença – inclusive para obter visto. Cursos de conversação, instrumental, online e gratuitos poderão ajudar como algumas sugestões que publicamos aqui.
  • Vale recordar sempre: seja sincero. Não diga que seu entendimento da língua é avançado se assim não for. Fale a verdade e procure dar destaque a outros pontos relevantes, conforme a vaga almejada. Inclusive em relação à experiência profissional, aos locais de trabalho. Esses tópicos serão verificados. Se mentir tirará até mesmo sua chance de trabalhar em outro local.
  • Um currículo limpo, sem enrolação, respondendo ao que a empresa busca é o ideal. O tipo de visto é necessário colocar nos dados, para estudante ou para trabalho. Verifique o consulado do país e anote o que precisa fazer para obter o visto. Nos Estados Unidos, por exemplo, existem vários tipos: intercâmbio, trabalhador rural sazonal, trabalhador temporário, Green card.

Conheça bem o país

Se você pretende se mudar para determinado país é imprescindível que conheça o quanto puder de sua cultura e costumes, da situação econômica e política, do clima e das estações. Se não conhece pessoalmente ou se durante sua estadia não teve tempo para conhecer melhor o país, pesquise, veja sites de turismo, leia notícias do local, veja vídeos.

Saber da história do país e de como sua sociedade se comporta é uma questão não só de respeito em relação ao local que pretende viver, mas também uma questão de sobrevivência pois alguns países tem situações bem diferentes das nossas. Precisa tomar conhecimento para se preparar e aproveitar ao máximo enquanto morar lá.

Como conseguir emprego?

Estudo, estágio, temporário:

Pra você trabalhar em situação de estudante, como estagiário ou conseguindo serviços temporários, a seguir algumas opções:

Work & Travel: Estados Unidos. Ofertas de trabalho temporário em Hotéis, Resorts, restaurantes no inverno durante a temporada de esqui. Aos universitários (18 aos 28 anos de idade) que dominem o inglês intermediário, para trabalhar de 3 a 4 meses.

Além dos EUA, países como AustráliaCanadá, Nova Zelândia e outros. Acesse os sites das Universidades ou instituições de ensino pesquise sobre intercâmbio. Os tipos de emprego que provavelmente encontrará serão os de serviços como: garçom/garçonete, babá, baristas, auxiliar de limpeza, entregador de pizza, atendentes, caixa, vendedores, repositores e ajudantes de obra.

Porém pode estar associado ao seu campo de trabalho ou sua área de interesse

  • Em alguns países, profissões como e-commerce, marketing, T.I. e outras profissões relacionadas à tecnologia, oferecem mais vagas, como é o caso de Portugal;
  • Gerentes, diretores, administradores, designer de UX (User Experience), terapeuta ocupacional, são algumas das áreas que estão sendo mais cotadas nos EUA;
  • Já as profissões relacionadas à saúde, tecnologia da informação, engenharia estão em alta no Canadá.

Você pode procurar se informar no consulado do país ou se cadastrar em alguma agência de trabalho como:

 Outras dicas também importantes

Definidos seus objetivos, o tempo que pretende ficar, o país que deseja trabalhar, conhecido mais esse país, currículo revisado e se cadastrado em alguma instituição de ensino ou de trabalho, cabe tomar nota de algumas providências:

  • Moradia: como é a moradia nesse país? Questão de aluguel, hospedagem, valores, se a localidade é favorável ao seu serviço;
  • Valores: quanto custa viver nesse país? É possível morar em uma localidade não tão próxima do local de trabalho, mas que tenha condições favoráveis de locomoção. Que seja seguro pra você como estrangeiro, se é de uma comunidade amigável;
  • Serviços: questões como comércio (mercearia, padaria, farmácia, bancos e hospitais); como é a questão da saúde pública (aqui temos o SUS, mas em outros países poderão ter apenas serviços privados); sinal de telefone, internet e ônibus, trem, ou táxi;
  • Relatos: procure conhecer histórias de pessoas que fizeram trajetórias como a que você pretende. Veja depoimentos, converse com pessoas que estiveram na mesma situação. Tenha contatos confiáveis nesse país.
  • A representatividade do Brasil: tome conhecimento da Embaixada e do consulado do Brasil no país. Esteja sempre em condições de legalidade no país, para não correr o risco de perder seus direitos e ser até deportado.

Todos esses pontos e ainda outros deverão ser analisados calmamente se você pretender trabalhar, independente de intercâmbio ou bolsa. Veja quais são os documentos que deve ter e no mais, aproveite cada instante que estiver vivendo seu sonho.

Até breve!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo