Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Ciências Exatas » USP oferece curso on-line gratuito de astronomia para meninas

USP oferece curso on-line gratuito de astronomia para meninas

Olá, leitor(a)!

As áreas científicas possuem várias possibilidades e muitas aplicações na vida cotidiana. Apesar disso, as áreas são ocupadas, predominantemente, por homens, devido à falta de oportunidade e incentivo para mulheres fazerem carreira na ciência.

Pensando em modificar esse cenário, o projeto Astrominas, idealizado pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP), está com 400 vagas abertas, destinadas a meninas, para o próximo curso on-line gratuito. As inscrições podem ser feitas até 29 de maio de 2022 e o projeto emite certificado de participação.

USP oferece curso on-line gratuito de astronomia

Fonte: Reprodução

Astrominas 2022

A terceira edição do Astrominas acontecerá entre os dias 2 e 22 julho de 2022 e conta com o acompanhamento de mais de 150 cientistas, todas mulheres, ao longo do evento. Cada “fada madrinha”, como as cientistas são chamadas, vai ser responsável por auxiliar um grupo de meninas durante as atividades.

O material é composto por palestras, rodas de conversa e experimentos no formato de vídeos gravados e ao vivo (estas ficam disponíveis na plataforma para assistir posteriormente). Com isso, as meninas podem consumir os conteúdos no próprio ritmo de estudo e a qualquer hora.

As aulas vão abordar os seguintes temas da ciência:

  • Astronomia;
  • Ciências Atmosféricas;
  • Geofísica;
  • Geociências;
  • Física;
  • Oceanografia;
  • Astrobiologia;
  • Matemática;
  • Ciências Humanas.

O curso possui carga horária de 45 horas e o Instituto recomenda que as meninas separem de 3 a 4 horas do dia para realizar as atividades e acompanhar os vídeos. O cronograma com as palestras, rodas de conversa e experimentos será divulgado após aprovação da inscrição.

Inscrição, seleção e certificado

Para se inscrever no curso, é necessário cumprir alguns pré-requisitos:

  • Ter entre 14 e 17 anos completos até 30 junho de 2022;
  • Se identificar com o gênero feminino (cis ou trans);
  • Estar matriculada em uma escola de educação básica.

A inscrição deve ser feita por meio deste formulário, basta informar os dados solicitados e enviar para o Instituto. Após o período de inscrições, a seleção das candidatas será realizada por sorteio, com a distribuição das 400 vagas da seguinte maneira:

  • 20% das vagas serão sorteadas entre estudantes do grupo PPI (pretos, pardos e indígenas);
  • 60% das vagas serão sorteadas entre estudantes de escolas públicas;
  • 20% das vagas serão sorteadas entre estudantes de escolas particulares.

A primeira chamada ocorrerá no dia 3 de junho de 2022, por e-mail. Para conseguir o certificado, a aluna deve realizar todas as atividades obrigatórias, com supervisão da fada madrinha. Ele tem prazo de emissão de 30 dias após o fim das atividades.

Astrominas e IAG

O Astrominas foi lançado em 2020 com o objetivo de incentivar meninas a ingressarem nas áreas científicas, visto que a maioria é composta por homens. Nas edições de 2020 e 2021, o projeto teve mais de 24 mil inscrições e 1260 meninas tiveram a oportunidade de acessar conteúdos científicos, revelando que há demanda e interesse do público feminino pela ciência. Clique aqui para saber mais sobre o Astrominas.

O projeto é coordenado pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, um dos principais centros de pesquisa do Brasil na área de ciências exatas e da Terra. Criado em 1886 e anexado à USP em 1946, o IAG oferece cursos de graduação e pós-graduação em astronomia, geofísica e ciências atmosféricas (meteorologia, por exemplo). Clique aqui para saber mais sobre o Instituto.

Vamos ajudar a mudar o cenário das áreas científicas e abrir mais oportunidades para mulheres? Então compartilhe este texto com meninas interessadas em astronomia e física!

No Canal do Ensino, leia também:

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo