Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Transforme seu currículo em um instrumento de marketing pessoal

Transforme seu currículo em um instrumento de marketing pessoal

Olá, leitor!

Você conhece aquele ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica?” Quando começamos a desenvolver nosso currículo profissional, é exatamente nesse ditado que precisamos pensar, pois no momento em que o avaliador analisa  seu currículo, ele vai te chamar, ou não, para entrevista, a partir dessa avaliação inicial.

Por isso, é tão importante que durante a elaboração do seu currículo, você tenha atenção e cuidado. Pense da seguinte maneira: você precisa vender um produto (no caso, o seu trabalho) e para que isso aconteça, você precisa convencer o comprador desse produto (no caso, a empresa) de que seu produto é o melhor do mercado, ou seja, você precisa usar o seu currículo como um instrumento de marketing pessoal.

Mas afinal, o que é o marketing pessoal?

Marketing pessoal

instrumento_de_marketing_pessoal_

De maneira simplificada, o marketing pessoal é o uso de estratégias bem planejadas, que as pessoas utilizam com o objetivo de promover a sua imagem de forma positiva e valorizada, para o mercado de trabalho.

No passado, bastava apenas um diploma para conquistar uma vaga no mercado de trabalho, mas como esse setor tem se tornado cada vez mais disputado, foi necessário que novas estratégias fossem desenvolvidas para que assim, a empresa possa ter mais critérios de avaliação de candidatos.

É por meio do currículo profissional que você vai mostrar suas qualidades e do que é capaz, mas lembre-se, que o seu currículo precisa ser seu instrumento de marketing pessoal, por isso, tome cuidado para não parecer uma pessoa egocêntrica e arrogante, esse tipo de atitude pode fazer com que você perca a oportunidade de um bom emprego.

Desenvolva seu currículo com equilíbrio! Você precisa se valorizar sim, mostrar que é bom no que faz, mas se fizer isso com excesso pode se prejudicar, pois, o avaliador considera que suas atitudes são arrogantes demais para ser convidado para uma entrevista de emprego.

Você deve estar pensado: “Como sei que estou fazendo o meu currículo corretamente, sem exageros, e transformando ele em um instrumento de marketing pessoal?” Continue lendo esse post que preparei algumas dicas de marketing pessoal para você usar na elaboração do seu currículo.

Dica 1: seja você mesmo

Quando você se comporta de forma natural, você não permite que sua mente crie um personagem que não existe. Se você é uma pessoa alegre, demostre isso, se é mais reservada você também pode deixar claro, mas lembre-se, sem exageros.

Tenha sempre em mente que mesmo que ainda esteja no processo de seleção, isso é a busca por emprego e não um Happy Hour com os amigos.

Dica 2: mantenha-se atualizado

Muitas pessoas estão desempregadas há um tempo considerável, principalmente devido a crise que o país vive, mas ficar desempregado não significa que você não pode estudar, fazer curso, manter seu currículo atualizado.

Não adianta vir com a história de que é caro estudar, porque na internet existem centenas de cursos gratuitos.

Dica 3: saiba o que está acontecendo no mundo

Essa dica pode parecer que é para quando você for fazer a entrevista, e não para elaborar um currículo transformando-o em um instrumento de marketing pessoal, mas a verdade é que você pode usar conhecimentos gerais na elaboração do seu currículo.

Quer um exemplo? Como estão seus conhecimentos sobre as novas regras de ortografia?

Dica 4:  não seja arrogante

Quando você for elaborar o seu currículo ou fazer uma carta de apresentação, evite usar o pronome “eu”, o seu uso demonstra arrogância.

Então frases como “Eu acho, “Eu prefiro” ou “Eu faço” devem ser excluídas do seu vocabulário durante esse processo.

Cuidado com os erros de português

Quando você estiver escrevendo o seu currículo, não confie plenamente no corretor ortográfico do Word, muitas vezes ele deixa passar alguma coisa, e o que parece pequeno pode se tornar extremamente desagradável.

Imagine só o entrevistador perguntar: por que você não colocou a acentuação correta em alguma palavra?

Por isso, leia e releia o seu currículo, se tiver alguma dúvida sobre como se escreve alguma palavra, faça uma pesquisa em um buscador na internet ou use um dicionário.

Para garantir que o seu currículo tenha uma escrita impecável, peça para uma pessoa que que escreva corretamente para revisar.

Durante a elaboração do seu currículo é importante evitar o uso de termos técnicos e palavras “rebuscadas.” Você pode achar que está mostrando para o avaliador que você é alguém inteligente, mas ele pode achar que você é uma pessoa metida e arrogante que usa termos mais complexos para se exibir.

Lembre-se sempre que o seu currículo é o seu instrumento de marketing pessoal, um currículo mal escrito é o mesmo que alguém ir para uma entrevista de emprego todo sujo e com a roupa amassada.

Seja direto

O currículo é um documento que deve ser redigido de forma clara, mas sem ficar enrolando muito, “sem rodeios”. Entenda que o seu currículo é apenas uma primeira apresentação, deixe as apresentações mais elaboradas para o dia da entrevista de emprego.

Mesmo sendo “apenas” uma primeira apresentação, cuide para que ele fique impecável, tenha em mente sempre que a primeira impressão que estará passando para a empresa, é por meio do currículo e não por meio da entrevista.

Portanto, seja direto, claro e preciso enquanto estiver elaborado esse que será o seu instrumento de marketing pessoal.

Se você estiver com problemas para ser claro durante a elaboração do seu currículo, faça as descrições por ordem de importância.

Por exemplo, você está falando de suas experiências em empregos anteriores, comece pela principal função dentro da empresa, mas sem descrever. Veja o exemplo?

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Empresa: XXYY

Cargo: Coordenador pedagógico

Período: De xx até xx

Atribuições:

  • Garantir a realização semanal do horário de trabalho pedagógico coletivo;
  • Organizar encontros de docentes por área e por série;
  • Dar atendimento individual aos professores;
  • Fornecer base teórica para nortear a reflexão sobre as práticas pedagógicas;
  • Conhecer o desempenho da escola em avaliações externa.

Percebeu que ao descrever as atribuições do profissional, a escrita foi clara e sucinta, sem passar arrogância e nem rebaixando o candidato.

Além disso, descrevi com precisão e clareza, sem deixar nenhuma dúvida sobre as funções que já foram desempenhadas.

Enviando seu currículo por e-mail

Se você for enviar seu currículo por e-mail, preste atenção nessa dica: insira no corpo do e-mail uma carta de apresentação explicando para aquele que irá receber o arquivo, o porquê do seu interesse naquela empresa e na vaga que está procurando.

Esse detalhe parece insignificante, mas mostra para o interlocutor o seu interesse e os cuidados que tomou ao enviar aquele e-mail.

Com isso, sabe qual a primeira impressão que está passando? Que você é um profissional capacitado, organizado e dedicado. Essas características aumentam suas chances de ser chamado para uma entrevista de emprego.

Erros que podem prejudicar seu currículo

Já conversamos sobre o principal erro que se pode cometer na elaboração de um currículo, que é demonstrar arrogância, mas esse não é o único erro. Para que seu currículo se torne um verdadeiro instrumento de marketing pessoal você ainda deve:

  • Currículo incompleto: pode ter certeza de que se você enviar para a empresa um currículo incompleto, as suas chances de ser chamado para entrevista reduzem drasticamente;
  • Se candidatar a vaga que não está relacionada ao seu perfil: o avaliador vai considerar que você é uma pessoa desorganizada e sem foco, essa atitude pode acabar com sua reputação no mercado de trabalho;
  • Mentir: imagine se você coloca em seu currículo que você tem uma formação X e na hora da sua contratação eles pedem um documento comprobatório mas ele não existe. Seria uma situação bastante constrangedora, pense bem nisso antes de mentir em seu currículo, ou mesmo em uma entrevista;
  • Currículo muito longo: seja sempre sucinto ao elaborar o seu currículo, lembre-se que você não é o único candidato que será avaliado. Se o avaliador vê um currículo muito longo ele dificilmente irá analisar;
  • Não informar projetos e trabalhos voluntários: hoje em dia, as empresas consideram muito para a contratação pessoas que fazem trabalhos voluntários. Isso mostra que você é uma pessoa humanitária, que pensa no bem do próximo;
  • Exagero na formatação do currículo: use fonte e formatação padrão para o desenvolvimento do seu currículo. Não tente usar a estratégia de chamar a atenção do avaliador dessa forma, porque isso só vai assustá-lo, e suas chances de contratação serão reduzidas.
  • Usar e-mail corporativo: se existe um comportamento anti-ético de um profissional ao procurar um novo emprego é colocar o e-mail e o número do telefone corporativo em seu currículo. Crie uma conta de e-mail pessoal gratuito, e se não tiver telefone fixo em sua casa, coloque apenas o número do seu celular.

Se você seguir essas dicas para elaborar o seu currículo, com certeza as suas chances de conseguir ser chamado para uma entrevista de emprego vão aumentar de forma significativa.

O que você achou dessas dicas para tornar seu currículo um instrumento de marketing pessoal? Dê sua opinião.

Até logo!

comentários (1)

  • João

    Parabéns pelo artigo, realmente foi muito útil. Apenas uma observação, no item “Não informar projetos e trabalhos voluntários” as considerações feitas demonstram que é importante informar os trabalhos voluntários e não conforme está descrito no artigo ” não informar”. Contudo, o artigo está preciso com dicas e informações.

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo