Você está aqui:Home » Enem » Sociologia e Filosofia: Enem e Vestibulares

Sociologia e Filosofia: Enem e Vestibulares

Olá, leitores!

Para conseguir bons resultados nas questões de filosofia e sociologia no Enem e nos grandes vestibulares, é preciso ser capaz de analisar os conceitos de política, ética e moralidades, além de compreender o que está sendo pedido no enunciado. Vale lembrar que elas ainda não possuem um perfil definido, mas se destacam pelo vínculo com as atualidades e o conhecimento do aluno em determinados autores tradicionais.

Alguns temas importantes são mais cobrados no Enem e nos vestibulares são:

Escola de Frankfurt

A crítica ao consumismo da indústria cultural, o consumo pelo consumo, onde tudo se torna um desejo, pode fazer relação com a sociedade contemporânea: midiatizada, alienada e mercantilizada.

A ação social no conceito de Max Weber

O conceito de ação social que tenta enxergar na sociedade as influências das relações sociais. Apresentando que as maiores dificuldades de uma vida em conjunto são ocasionadas por ações emotivas. As situações podem estar relacionadas nas ações: racional relativa a fins, ação racional relativa a valores, efetiva e tradicional.

Sócrates, Platão e Aristóteles

São a base do conhecimento sobre política, ética e moralidade. Apontavam soluções para sociedade, conciliando a ética na esfera política. Sendo Aristóteles ligado mais à ética e Platão à política.

Hobbes, Locke e Rousseau

É o estado de natureza, contrato social e estado de sociedade. Hobbes acredita que o homem nasce egoísta, por causa do medo da morte violenta. Já Rousseau acredita que o estado de natureza é bom, mas a partir da propriedade privada, o egoísmo vai aparecendo. Nos três tem a ideia das leis comandarem um Estado.

Karl Marx

Conceitos de valor, alienação do indivíduo e materialismo histórico. Debate a história como sendo uma luta de classes, apenas para a sobrevivência.

Émile Durkheim

O conceito defendido por ele é que é preciso entender os problemas sociais, como sendo coisas ou fatos sociais.

Jürgen Habermas

Distingue esfera pública, da esfera privada e da atuação do indivíduo, através das relações de poder e política do estado.

Bons estudos e até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo