Você está aqui:Home » Dicas » Música » Site gratuito reúne todas as músicas de Marília Mendonça

Site gratuito reúne todas as músicas de Marília Mendonça

Olá, leitor(a)!  

Se você já viveu alguma desilusão amorosa, a probabilidade de ter escutado repetidamente uma ou várias das canções da Marília Mendonça é muito grande. A cantora e compositora sertaneja reuniu exércitos de fãs e misturou os mais diversos públicos, do pagode ao rock, tornando-se uma das maiores artistas musicais brasileiras da história 

Por essa razão, o site G1 prestou homenagem à cantora – que nos deixou tão precocemente no ano de 2021 – e organizou uma biblioteca digital com todas as composições e interpretações, gravadas e não gravadas, da artista. Mariliateca, nome dado ao acervo, conta com 441 músicas para escutar gratuitamente. 

Mariliateca 

Em 5 de novembro de 2021, o Brasil lamentou a trágica morte de Marília Mendonça, vítima de um acidente aéreo, em Minas Gerais. A cantora e mais quatro pessoas – produtor, assessor, piloto e copiloto – não resistiram à queda de um avião de pequeno porte, que se dirigia para uma das cidades onde seria realizado um show da artista. O acontecimento mobilizou todo o país e durante dias foram prestadas inúmeras homenagens a ela.  

Nesse sentido, e propondo uma imersão no cancioneiro de Marília Mendonça, o G1 organizou a Mariliateca, um catálogo digital gratuito para abrigar a obra completa da cantora. A sertaneja chegou a escrever mais de 300 canções, gravadas por ela ou outros(as) artistas, e interpretou quase 200, próprias e de outros(as) autores(as). Ainda, foram encontradas 98 composições engavetadas, mas já registradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). 

Com pretensões de ser alimentada cada vez mais, caso saiam trabalhos inéditos da cantora e compositora, a Mariliateca já disponibiliza 441 músicas da artista, divididas nas seguintes abas:  

  • Todas; 
  • Fez e cantou;  
  • Interpretou;  
  • Fez e cantaram;  
  • Fez e ninguém cantou;  
  • Está para sair.  

O site propõe uma busca por ordem alfabética crescente, de A até Z, e decrescente, de Z até A; por tempo, “antiga” e “atual”; e por emoticon de explosão, fazendo alusão ao sucesso comercial. Além disso, é possível realizar a consulta por meio de filtros secundários, como “Megahit”, “Raridade”, “Tem bar ou bebida”, entre outros.  

Na biblioteca, ainda é possível conferir um episódio especial, intitulado Um mergulho na obra de Marília Mendonça, do podcast “G1 Ouviu”. Para acessar todo o conteúdo, basta clicar neste link.   

Marília Mendonça e o sertanejo

Site gratuito reúne todas as músicas de Marília Mendonça

Fonte: Reprodução

Marília Dias Mendonça – nome completo da cantora sertaneja – nasceu no dia 22 de julho de 1995, em Goiás. A artista já dava sinais de seu talento desde a infância, por meio de composições feitas quando tinha apenas 12 anos de idade. Entretanto, durante boa parte de sua juventude, ela se dedicou a fazer com que suas canções fossem gravadas, principalmente, por outros(as) artistas.  

Foi apenas em 2015 que Marília se lançou efetivamente como cantora, mas o êxito só veio mesmo em 2017, quando já estava consolidada a parceria com o compositor Juliano Tchula, coautor de várias das composições da artista. As canções dos dois foram gravadas não só por artistas sertanejos(as), como Luan Santana, Gustavo Lima e Israel e Rodolffo, mas também por artistas do pop e do forró, como Cláudia Leitte e Wesley Safadão. 

Conhecida por seu talento, carisma e engajamento, Marília Mendonça mudou a cena musical brasileira, principalmente no que diz respeito ao sertanejo – estilo musical predominantemente masculino. A cantora ficou conhecida como uma das precursoras do “Feminejo”, visto que suas canções trouxeram para o cenário sertanejo a perspectiva feminina e, muitas vezes, com mensagens empoderadoras.   

Marília bateu muitos recordes, como o de ocupar o 1º lugar no ranking de live mais assistida da história do YouTube, com mais de 3 milhões de acessos simultâneos, segundo artigo da Veja. Durante anos, suas canções lideraram o topo de vários stremings de música, no Brasil, além de reunir audiências gigantescas em seus shows. “De Quem é a Culpa?”, “Infiel”, “Todo Mundo Vai Sofrer” são algumas das inúmeras músicas que não saem da cabeça e do coração dos(as) milhares de fãs que ela conquistou.  

Marília Mendonça nos deixou muitas saudades, mas também um enorme e lindo trabalho, não é mesmo? Compartilhe este texto com os(as) amigos(as) e aproveite os sucessos da “Rainha da Sofrência” juntos!   

No Canal do Ensino, leia também:  

Curta muito as canções e até logo!  

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo