Você está aqui:Home » Dicas » Bolsa de Estudo » Segredos de como conseguir uma bolsa de estudo no Canadá

Segredos de como conseguir uma bolsa de estudo no Canadá

Olá, leitor!

Muitos estudantes quando pretendem estudar fora do país, o que acaba os motivando é conseguir uma bolsa de estudo. Para países como Canadá, onde os gastos durante o curso costumam aumentar, existe maior necessidade de uma bolsa ou opções de financiamento.

Se este é seu objetivo, você deve estar se perguntando como conseguir bolsa de estudo no Canadá? Saiba que isso é possível, porque o país oferece diversas oportunidades para estudantes estrangeiros. Confira!

Como estudar com bolsa no Canadá?

como_vonseguir_uma_bolsa_de_estudo_no_Canada_estudar

Dependendo da universidade são oferecidas bolsas de estudo desde cursos de graduação (os undergraduate courses) a pós-graduação como mestrado, MBA e programas de doutorado.

Sem dúvida alguma, a Universidade da Columbia Britânica (UBC, na sigla original) figura nos principais rankings que medem o nível da educação no mundo. Mas há também outras opções como: Capilano University e Centre for Digital Media (CDM).

E para quem não sabe, todos os anos a UBC seleciona jovens do mundo inteiro para estudarem no Canadá, seja no campus de Vancouver ou em Okanagan. Há diferentes modalidades de bolsas de graduação oferecidas a alunos de destaque.

4 segredos de como conseguir uma bolsa de estudos no Canadá

1 – Fique de olho nas parcerias entre Brasil e Canadá

Não adianta você ter boas notas, falar o idioma se não conseguir encontrar as oportunidades, e principalmente, concorrer a uma bolsa de estudo. Somente as boas qualificações não ajudam. Por isso, torna-se tão importante ficar por dentro das parcerias entre Brasil e Canadá.

Você sabia que algumas delas são encontradas por meio de iniciativas dos governos Canadense e/ou Brasileiro? Como a parceria entre a CICan e Conif que prevê scholarships para alunos da rede Federal, organizações internacionais como a MITACS, por exemplo, e outros órgãos, enquanto outras são oferecidas diretamente por instituições de ensino?

As bolsas oferecidas são tanto para graduação quanto para pós, incluindo aí especializações, mestrado e doutorado. Para ficar por dentro das vagas e abertura de editais, acesse frequentemente o site da Fundação Capes, você tem mais informações e também conhecerá projetos com inscrições abertas.

2 – Faça uma excelente carta de motivação

Você já deve ter ouvido falar da temida carta de motivação! Então, ela é sim uma parte muito importante para quem participa de uma seleção para bolsas de estudo. Você precisa convencer seu leitor de que merece ter uma bolsa de estudos no Canadá, e passar confiança ao ler a sua carta e avaliar de forma genuína.

Com a carta de motivação, o estudante pode mostrar um lado mais pessoal, além do que está escrito no currículo. É fundamental ao escrevê-la, ter cuidado com erros de gramática e ortografia.

3 – Se prepare muito bem para a entrevista

Além de ter um bom currículo e ter caprichado na carta de motivação, é preciso se preparar para a entrevista. Nesta entrevista presencial serão avaliados o nível de inglês do candidato (ou francês, caso queira estudar na província de Quebec) e seu comprometimento. É o momento de tentar convencer os entrevistados sobre o porque você merece conseguir uma bolsa de estudos na universidade.

4 – Atenção com o visto

Muitos estudantes não conseguem visto a tempo. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de separar os documentos para tirar o visto. Caso contrário, seu sonho de uma bolsa de estudos no Canadá pode ser adiado.

Ao contrário de alguns países, tirar visto para o Canadá não é tão complicado assim. Mas certifique-se com antecedência que tenha todos os documentos em mãos.

Diferenciais para conseguir uma bolsa de estudo

As exigências para conseguir uma bolsa de estudo variam muito de cada programa e universidade. Sem dúvida alguma, ter um bom currículo na universidade ajuda, como também falar e escrever muito bem o idioma.

Os requisitos para seleção variam de ambos os programas, mas é exigido que o candidato tenha um excelente desempenho intelectual. Isso se traduz em notas altas nas mais variadas disciplinas, principalmente nas ciências exatas. Porém, essa não é uma regra geral. Cada curso de graduação ou pós prioriza diferentes habilidades.

Vale destacar que cada instituição conta com suas próprias regras nesse sentido. Geralmente as bolsas são divididas em categorias, e o aluno internacional deve sempre confirmar se existem categorias definidas apenas para alunos internacionais.

É importante deixar claro algumas questões. As universidade do Canadá solicitam um visto de estudante. O site oficial do governo canadense ensina como é o processo. É bom verificar com antecedência para depois você não ficar procurando isso.

Agora, as noções de língua inglesa podem ser comprovadas por diferentes meios – entre eles, pelo resultado do TOEFL ou do IELTS. Infelizmente é pouco provável que tenha chances se não estiver falando e escrevendo inglês fluente.

Então a dica é: estude muito bem a língua estrangeira para a universidade que você pretende se inscrever e assim tentar conseguir uma bolsa de estudo.

Desta forma, verifique os pré-requisitos da instituição, e junte toda a documentação necessária, de forma organizada, para mostrar quem é, e porque se qualificaria para uma bolsa.

O perfil do aluno que consegue uma bolsa, geralmente é aquele aluno que teve excelentes notas no ensino médio, se destacou academicamente e/ou no mercado de trabalho e/ou esportes, etc, e que se preparou o suficiente para entregar uma aplicação de matrícula bem completa e organizada.

Documentos importantes

  • Certificado de Ensino Médio (original);
  • Resultado de algum exame de ingresso no Ensino Superior, como ENEM, vestibular ou SAT (prova de aptidão escolar dos Estados Unidos);
  • Média final (calculada com base no histórico do Ensino Médio e na nota do ENEM ou teste equivalente).

Vale lembrar que o ano letivo canadense começa em setembro. Você pode também tentar uma bolsa em uma ou mais universidades quantas vezes desejar.

Antes de se inscrever para concorrer a uma bolsa é importante saber como são os tipos de bolsas. A maioria das bolsas oferecidas pelas instituições são parciais, mas isso varia muito de cada instituição.

Neste sentido, é muito importante que o aluno se planeje financeiramente e tenha reservas para fazer esse processo. Pode sim haver gastos morando fora do país. Muitos estudantes, inclusive, acabam trabalhando para custear a estadia e o estudo.

Porém, independentemente de conseguir uma bolsa de estudos ou não, já que ele terá que pagar o restante do curso e se manter durante o mesmo, faça um bom planejamento financeiro.

Dicas gerais

Tentar uma bolsa de estudo pode mudar totalmente a visão de seu mundo. Mas é uma escolha que deve ser feita com cautela. Dessa forma, conheça muito bem a Universidade onde vai tentar conseguir a bolsa de estudo.

Não vá apenas porque a universidade está oferecendo a bolsa de estudos. Neste sentido, primeiro você tem que decidir qual é a universidade que deseja estudar e o que vai querer. Depois, entrar no site deles e preencher os formulários de inscrição.

Não passei e agora?

Mesmo que você tenha tentado, mas não foi selecionado, não desanime. Essa é uma seleção muito acirrada. Mesmo quando seu visto for negado ou seu pedido na universidade, não desista.

Antes tentar participar da seleção, realmente reflita se este é o seu objetivo e o que pretende depois. Estudar fora do país em termos profissionais é vantajoso e agrega positivamente para o currículo, principalmente para quem pretende seguir uma carreira acadêmica.

Siga as dicas e coloque todo o seu esforço se o seu sonho é estudar no Canadá.

Até logo!

 

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo