Você está aqui:Home » Dicas » Música » Sala São Paulo oferece visita e concertos on-line gratuitos

Sala São Paulo oferece visita e concertos on-line gratuitos

Olá, leitor(a)!  

A música, como outras expressões artísticas, tem a incrível capacidade de nos fazer suportar o peso que a realidade nos impõe em alguns momentos. Quantas vezes durante uma viagem de trem, em horário de pico, escutar sua playlist favorita fez o tempo correr mais rápido e as dores e desconfortos passarem despercebidos?  

Isso acontece porque imergimos naquele universo musical, desfrutando de algo belo ou divertido, quase como em uma meditação. Nesse sentido, e com a proposta de compartilhar música clássica para um público maior e diverso, a Sala São Paulo disponibiliza vários concertos gratuitos e uma visita virtual pelo espaço 

Visita e concertos on-line da Sala São Paulo 

Sala São Paulo oferece visita e concertos on-line gratuitos

Fonte: Reprodução

Entendendo o ambiente virtual como um lugar que recebe muitas pessoas, portanto, mais acessível, a Sala São Paulo passou a produzir e compartilhar conteúdos em suas plataformas digitais, como Facebook e Instagram. Além disso, disponibiliza uma pequena visita on-line pela Sala onde as peças musicais são apresentadas, aumentando, assim, a experiência do(a) visitante nesse espaço que integra o patrimônio histórico de São Paulo.  

Com a necessidade de isolamento social, devido à pandemia de Covid-19, a Sala iniciou uma programação on-line, inclusive com algumas transmissões ao vivo, que podem ser acompanhadas nos canais YouTube Sala São Paulo e YouTube Osesp. A maioria dos concertos são realizados pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), destacamos alguns deles para você sentir o gostinho:  

Orfeu no Inferno: Abertura 

Essa peça musical é considerada a mais célebre criação do compositor alemão Jacques Offenbach, que chegou a produzir mais de 100 obras ao longo da vida. No concerto disponível on-line, regido pelo diretor musical Giancarlo Guerrero, escutamos a famosa abertura dela — que chama a atenção do público por se tratar de um cancan, famosa dança francesa que mistura polca com quadrilha. A apresentação foi gravada em 2019 e tem duração de mais de 10 minutos. Para assistir, basta clicar aqui.  

Todos juntos – uma ode global à alegria 

Com regência da estadunidense Marin Alsop, violinista e diretora musical, esse concerto é uma adaptação brasileira da Sinfonia nº 9 de Beethoven. Na obra disponível digitalmente, acompanhamos uma festa musical que cria diálogo entre os sons do país tropical e os da Alemanha. A apresentação foi gravada em 2019 e tem duração de 1 hora e 21 minutos. Para assistir, clique aqui.  

Orquestra Sinfônica Jovem de Taubaté 

Como indica o próprio título, esse concerto foi realizado pela Orquestra Sinfônica Jovem de Taubaté (Osita), que tem como objetivo auxiliar na profissionalização de jovens artistas musicais. A peça faz parte da série Matinais On-line, concertos gratuitos da Osesp em parceria com outras orquestras. A apresentação, regida por César Pimenta, foi gravada em 2021 e tem duração de 1 hora e 2 minutos. Para assistir, clique aqui.  

Osesp, Kirill Karabits (regente) e Alexander Melnikov (piano) 

Diferentemente das apresentações anteriores, este concerto será transmitido hoje, 3 de junho de 2022, ao vivo, às 20h30. Nele, o regente ucraniano Kirill Karabits dividirá o palco com o pianista russo Alexander Melnikov. Para ter a oportunidade de aproveitar o evento em tempo real, entre aqui e ative as notificações, clicando no sininho que aparece no canto esquerdo da tela.  

¡Viva España! – Osesp, Manuel Hernández-Silva (regente) e solistas 

Parte do projeto ¡Viva España!, que celebra a cultura espanhola por meio de três concertos realizados principalmente por musicistas do país de Dom Quixote de la Mancha, esta peça é regida por Manuel Hernández-Silva, maestro que por muito tempo exerceu docência na música. A apresentação foi realizada em maio de 2022 e tem duração de 2 horas e 32 minutos, clique aqui para assisti-la.  

Osesp, Carlos Miguel Prieto (regente) e Pacho Flores (trompete) 

Mais um concerto da temporada de 2022, apresentado nos meses de março e abril, neste, a Osesp foi regida pelo mexicano Carlos Miguel Prieto. Na Abertura, inspirada em um livro do consagrado filósofo Voltaire, escutamos uma pequena ópera composta por Leonard Bernstein. Aproveite todos os outros movimentos da apresentação, com duração de 2 horas e 21 minutos, clicando aqui. 

Osesp, David Robertson (regente) e Anthony McGill (clarinete) 

O diretor musical David Robertson, premiado com dois Grammys, e o Anthony McGill, primeiro clarinetista negro a ocupar posição principal na Filarmônica de Nova York, estiveram no palco da Sala para apresentar um concerto que mescla as peças de Arnold Schoenberg, Aaron Copland e John Adams. A performance foi realizada em 2022 e tem duração de 2 horas e 5 minutos. Para assistir, clique aqui.  

Sala São Paulo e Osesp 

Fazendo parte de um projeto arquitetônico ambicioso, que teve como referência construções norte-americanas e europeias, a Sala São Paulo, antes uma estação ferroviária, abriu as portas pela primeira vez em 9 de julho de 1999. O empreendimento, cujo responsável foi o arquiteto Nelson Dupré, chegou a receber o prêmio de honra do United States Institute for Theatre Technology (USITT) em 2000.  

O espaço dispõe de uma qualidade acústica que impressiona especialistas do mundo todo e é sede do corpo artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Administrada pela Fundação Osesp, organização sem fins lucrativos cujo propósito é difundir educação e cultura por meio da música, a Orquestra abrilhanta a Sala São Paulo com diferentes tipos de concertos. Para consultar a programação, clique aqui 

Ainda que assistir a um concerto na Sala não exija um vestuário específico, fazer isso usando seu pijama favorito e no conforto do seu sofá é uma ótima pedida, certo? Compartilhe este texto com os(as) amigos(as) para que eles(as) também aproveitem essa mordomia!  

No Canal do Ensino, leia também:  

Boa fruição e até breve!  

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo