Você está aqui:Home » Dicas » Pais e Filhos » Qual a real importância da reunião de pais para ambos os lados?

Qual a real importância da reunião de pais para ambos os lados?

Olá, leitor!

A reunião de pais e mestres é uma tradição comum em todas as escolas do Brasil e em muitos lugares do mundo. Este tipo de reunião é muitas vezes feita no começo do ano e no final de todos os bimestres.

Essas reuniões têm sempre um objetivo em comum: tentar trazer os pais para mais perto do ambiente escolar e ajudar que eles fiquem mais envolvidos no desenvolvimento acadêmico dos filhos.

Porém, com um cotidiano cada vez mais corrido, os pais encontram muitas dificuldades para encaixar estas reuniões em suas rotinas. Com a tecnologia atual e a fácil comunicação através da internet, muitos ficam na dúvida: “Reuniões de pais ainda são necessárias nos dias de hoje?”

É preciso compreender a importância da reunião de pais e a diferença que ela faz na vida escolar de um estudante, principalmente nos anos inicias da vida acadêmica da criança.

A escola e os pais são duas entidades distintas e ambas devem colaborar para que a criança e adolescente tenham uma educação acadêmica e social adequadas. Porém, se um lado não está em sintonia com o outro, nem sempre é possível garantir um resultado positivo.

Os pais precisam ter contato direto com a vida escolar dos filhos.

Este envolvimento na vida escolar é essencial para que a criança tenha um bom desenvolvimento, além de ajudar a escola a entender os problemas e outras dificuldades da criança.

Mesmo com o avanço da tecnologia e com muitos casos de escolas que decidem entregar o boletim por e-mail ou plataforma online ao invés da reunião, este tipo de encontro entre pais e mestres é um evento necessário para o bom andamento da rotina escolar.

As reuniões de pais também trazem um importante aspecto: Ajudar a entender elementos essenciais para o funcionamento das aulas e o plano de educação que a escola seguirá.

Afinal, é importante que os pais saibam o que seus filhos aprenderão durante o ano letivo.

Através da reunião de pais é possível conhecer boa parte do trabalho da escola, além de:

  • Antecipar aspectos do trabalho que será desenvolvido pela escola;
  • Conhecer mais sobre o conteúdo e material que será passado para os estudantes durante todo o ano letivo;
  • Aumentar a confiança e o relacionamento entre os pais e a instituição de ensino, criando uma ligação importante para o desenvolvimento de cada criança.

A importância da reunião de pais para a escola

reuniao-de-pais

A escola também tem muito a se beneficiar com a reunião de pais. O primeiro benefício é que os educadores vão conhecer pessoalmente um pouco sobre o ambiente familiar que a criança convive.

Isso pode ajudar a identificar e corrigir alguns problemas educacionais ou comportamentais que possam estar acontecendo.

Além disso, tendo um contato direto com os pais é possível falar de forma mais ampla sobre o comportamento do estudante e quais problemas ele pode estar tendo.

Por exemplo, é possível auxiliar os pais a tratarem de algum problema psicológico que foi identificado durante as aulas, ou até mesmo físico (não é incomum saber de crianças que tiveram problemas com miopia, daltonismo, déficit de atenção, dislexia, entre outras, e tiveram ajuda direta de um professor para identificar tais problemas).

Através destas reuniões a escola também consegue passar de forma clara e objetiva quais são os seus planos para o ano letivo, incluindo o uso de matérias escolares ou valores e mensalidades (no caso das escolas particulares).

Isso evita confusões e dúvidas por parte dos pais, facilitando a continuidade da relação entre a família e a instituição de ensino.

O maior benefício que os dois lados podem ter de uma reunião de pais é a troca de informações e orientações que podem ser passadas, sempre com o objetivo de melhorar a participação da criança na escola.

O que fazer na reunião de pais

A parte mais importante que deve ser compreendida pelas duas partes é que a reunião de pais não é um encontro para falar apenas dos alunos, principalmente em relação a comportamento e notas.

É importante que seja abordado todo tipo de assunto, incluindo os itens citados acima. Também haverá a hora de falar sobre o currículo, melhorias no ambiente escolar, novas ideias e propostas para melhorar o ensino da Instituição.

Já para os pais, é importante entender que a reunião não é um momento de apenas ouvir, mas também falar.

O pai ou a mãe de um aluno pode falar, sugerir, questionar e argumentar dentro da reunião, tentando buscar respostas ou oferecer soluções para alguns problemas.

Este tipo de discussão é importante para melhorar a escola como um todo, e é a única maneira de garantir uma educação de qualidade dentro e fora da sala de aula.

Se gostou deste conteúdo, compartilhe!

Até breve!

 

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo