Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Procurar emprego: Qual é a melhor e a pior época do ano?

Procurar emprego: Qual é a melhor e a pior época do ano?

Olá, leitor!

Na hora de procurar emprego, surgem muitas dúvidas nos candidatos. Uma das mais frequentes é sobre qual é o melhor momento para começar a busca. Estar no lugar certo, na hora certa, pode fazer toda a diferença.

É comum encontrar nas pessoas a crença de que dezembro é um bom momento para procurar um emprego. Realmente, setores como varejo apresentam alta nas necessidades de recursos humanos nessa época. No entanto, esses são frequentemente trabalhos temporários com poucas chances de efetivação.

A realidade é que em dezembro, a maioria das empresas estão muito ocupadas para contratar novos funcionários. O setor de recursos humanos e financeiro precisa se preocupar com o fechamento do ano, com o feedback dos funcionários e com o manejo dos dias de folga nas datas comemorativas

Até mesmo preocupações em como organizar festas de fim de ano para os colaboradores, podem tomar tempo precioso. Dificilmente você encontrará uma empresa disposta a iniciar um processo seletivo nessa época.

Se quer aprender como identificar as melhores oportunidades de emprego, leia este outro artigo.

Nesse artigo, você vai encontrar tudo o que precisa saber para determinar qual é a melhor época do ano – e a pior – para procurar emprego. É só continuar lendo para descobrir!

Conhecer o seu setor de atuação

procurar_emprego

Para responder definitivamente a questão sobre, qual a melhor época do ano para procurar um emprego, é necessário conhecer a sua área. Entender as dinâmicas do seu setor e saber que tipo de emprego você está procurando, é fundamental para entender quando procurar.

Por exemplo, no setor público, a quantidade de vagas tende a diminuir no final do ano fiscal. Isso acontece porque a verba destinada para o ano está chegando ao fim. No entanto, na área de contabilidade, a demanda aumenta. Afinal, existem muitos balanços a serem feitos e números anuais a serem analisados.

Observamos também a tendência de alta em vagas para trainee e programas de estágio no final do calendário escolar. Isso é, os meses de janeiro e junho. Mas fique atento: a concorrência para essas vagas também aumenta nesses períodos. O ideal é começar a procurar emprego antes do período de pico.

Se você é professor, deve saber que no início do ano letivo as grades escolares já precisam estar prontas. Por isso, o ideal é começar a procurar emprego bem antes. A maioria das contratações na área de educação acontecem em outubro, antes das provas finais.

Esses são apenas alguns exemplos. Assim, você pode perceber que o mês ideal para procurar emprego pode variar de área para área. Cada setor tem suas baixas e altas durante o ano e reage de forma diferente aos eventos e feriados. É necessário portanto, pesquisar sobre o ciclo anual da sua área.

Conversar com profissionais mais experientes pode ajudar muito na hora de coletar esses dados. Se tiver a oportunidade, converse também com alguém que trabalhe em uma agência de recursos humanos. Esses profissionais possuem um vasto conhecimento sobre a oferta e demanda do mercado e podem te ajudar a otimizar o seu tempo.

+ Conheça o “Curso Emprego pela Internet” e aumente em 70% suas chances de ser contratado. Neste curso, você vai aprender como usar a internet para conquistar um emprego.

Ano novo, emprego novo

Promessas de ano novo à parte, parece que o começo do ano é mesmo um momento ótimo para procurar emprego. Segundo uma pesquisa realizada pelo site de empregos Catho, as vagas aumentam até 11% no primeiro trimestre do ano.

O fenômeno acontece porque muitas empresas iniciam o ano com novas metas e planos. Consequentemente, é necessário encontrar profissionais que ajudem a cumprir essas metas. Começar a procurar por vagas em Janeiro é uma ótima opção se você ainda não tem certeza de como funciona o seu setor. O aumento de oportunidades é observado em áreas diferentes.

É comum cair na armadilha de pensar que as empresas só iniciarão os processos seletivos após o carnaval. Na verdade, um processo completo leva muitos meses, então é provável que os currículos enviados em Janeiro tenham mais chances de seren considerados. Não deixe para depois!

Esse aumento de oportunidades no primeiro trimestre aparece principalmente nas grandes empresas. Essas organizações apresentam um ciclo contábil mais rígido, e grandes projetos e contratações normalmente são reservados para o início do ano.

A competição também aumenta

O número de pessoas que escolhem procurar emprego no início do ano também aumenta muito. A primeira segunda-feira útil de Janeiro, historicamente, é quando os sites de emprego registram a maior alta em visitantes.

Com um maior número de candidatos, é importantíssimo entender como se destacar para conseguir marcar uma entrevista. Um passo importantíssimo é definir bem no currículo o seu objetivo profissional e encontrar vagas que sejam condizentes com o seu perfil.

Outra dica importantíssima é aproveitar os meses de baixa no mercado para aprimorar as suas habilidades com cursos de atualização. Existem muitas opções online, inclusive gratuitas, que emitem certificado. Isso enriquece o seu currículo e ainda deixa claro o seu interesse e dedicação à área.

Meses tranquilos significam maior probabilidade de processo seletivo

É claro, não é necessário esperar o próximo ano se você perdeu as oportunidades do primeiro trimestre. Alguns meses mais tranquilos para empresas, significam que haverá tempo para processos seletivos.

Procurar emprego nos meses de Fevereiro, Março, Setembro e Outubro, também costumam apresentar ótimos resultados. Isso porque, esses são meses onde nada de grande costuma acontecer nas empresas. E o melhor, a concorrência não é tão grande quanto em Janeiro.

Os especialistas no assunto dizem também, que muitas vezes enviar o currículo mesmo que a empresa não tenha vagas em aberto, pode surtir resultados a médio e longo prazo. Hoje, o perfil valorizado pelas organizações é o profissional que sabe o que busca e que mostra proatividade.

Não descarte as outras possibilidades

Os meses indicados nesse artigo são os momentos de maior número de oportunidades. No entanto, vale lembrar que é necessário estar atento o ano todo. Especialmente se está procurando uma oportunidade específica, o ideal é verificar sempre.

A seguir, confira algumas dicas para garantir que, quando a vaga dos seus sonhos aparecer, você estará apto para consegui-la:

Dedique tempo à elaboração de um bom currículo

É importantíssimo que a informação esteja disposta de forma limpa e resumida. O ideal é que já na primeira página o empregador consiga encontrar todas as vantagens em te contratar. Se está com dúvidas para criar esse documento, pode encontrar modelos de currículo na internet para começar.

Defina bem o seu objetivo profissional

Currículos com o objetivo profissional vago ou diferente do requerido pela vaga, certamente serão descartados. Por isso, se você está procurando emprego em mais de uma vaga, o ideal é elaborar um currículo diferente para cada uma.

Quando conseguir a entrevista, se prepare com atenção

É importantíssimo pesquisar sobre a empresa contratante para não ser pego de surpresa com perguntas sobre o mercado, concorrentes ou o histórico da organização.

Atualize-se sempre

Você nunca deve parar de aprender. As empresas, hoje, buscam profissionais capazes de manter-se atualizados em todas as mudanças do mercado e avanços tecnológicos da área. Além dos cursos relacionados com a sua profissão, não esqueça de aprender sobre informática e idiomas. Esses são dois temas essenciais para qualquer setor.

Entenda o que as empresas procuram

Entenda o perfil das pessoas que são contratadas na sua área e como funcionam os processos de seleção. Isso é essencial para mostrar-se como um profissional preparado e competente.

Conclusão

Procurar emprego é uma tarefa para o ano todo. No entanto, o maior número de oportunidades poderá ser encontrado no primeiro trimestre. Janeiro, Fevereiro e Março são meses em que as grandes empresas iniciam o ano fiscal. Portanto, estão cheias de projetos e metas, precisando de profissionais para concretizar os planos.

Apesar da alta no número de vagas, a concorrência também aumenta consideravelmente. Por isso, o ideal é usar os outros meses para se aprimorar e preparar. Além disso, comece cedo para ter certeza de que estará incluído no maior número de processos seletivos possível.

Não esqueça de definir bem o seu objetivo profissional em cada currículo enviado e sempre se atualizar.

Falando no seu conhecimento, tenha em mente, que o melhor jeito de definir qual o momento ideal para procurar emprego, é entendendo o ciclo anual do seu setor. Áreas diferentes apresentam padrões de contratação distintos, por isso, sempre converse com profissionais mais experientes se tiver dúvidas.

A internet também é uma ótima ferramenta para te ajudar a entender os hábitos de processo seletivo no seu setor.

Agora que você tem todas as informações que precisa, basta colocar a mão na massa e sair atrás da oportunidade dos seus sonhos. Seja persistente, atencioso e dinâmico. Dessa forma, você certamente vai encontrar o emprego que tanto quer. Boa sorte!

Se quer mais dicas sobre como preparar o seu currículo para se destacar, dê uma olhada nesses outros conteúdos do Canal do Ensino:

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de deixar sua opinião? Comente no final da página!

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo