Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Por que nunca te chamam para entrevistas de emprego?

Por que nunca te chamam para entrevistas de emprego?

Olá, leitor!

A crise no mercado de trabalho brasileiro persiste e muitas empresas estão começando a demitir colaboradores. E para as vagas anunciadas se formam pilhas de currículos e uma fila enorme de candidatos para entrevistas de emprego.

E você, está enviando currículos todo dia está ficando cada vez mais inseguro sobre o amanhã? Ansioso para ser chamado para uma entrevista de emprego? Ansioso para receber uma resposta pelo menos? 🙁

Colocou em prática várias dicas para conquistar sua vaga de emprego e mesmo assim não recebeu nenhuma ligação, nem um e-mail, nenhuma resposta e nunca te chamam para entrevistas de emprego?

Será que você tomou todos os cuidados ao se candidatar para a vaga? Quais são os motivos que as empresas nunca te chamam para entrevistas de emprego? Confira agora os 9 principais motivos e mude essa situação agora mesmo!

9 motivos que impedem você ser chamado para entrevistas de emprego

sem-entrevistas-de-emprego-01

1- Envio de currículo para endereço errado

Antes de submeter sua inscrição num processo seletivo para vaga de emprego, certifique-se que possui os dados atualizados e corretos da empresa e departamento responsável pelo recrutamento e seleção.

Antes de enviar seu currículo anexo ao e-mail, confirme o preenchimento dos campos de destinatário, se não há erros de digitação e se o destinatário está correto. Há erros comuns ao se digitar um e-mail, por exemplo, o e-mail tem a extensão “.com” e é digitado “.com.br”.

2- Currículo fora do perfil anunciado na vaga

Antes de enviar seu currículo ou preencher uma ficha de inscrição de algum processo seletivo para vaga de emprego, faça uma autoanalise. Verifique se o seu perfil está alinhado com o que a vaga oferecida está solicitando.

Muitos candidatos não são chamados para entrevistas de emprego, pois cadastram seus currículos sem fazer essa reflexão. Na descrição da vaga estão os requisitos mínimos que são exigidos.

Antes de se inscrever para a vaga anunciada responda para si mesmo:

  • Quais são meus objetivos profissionais neste momento? Esta vaga está alinhada aos meus objetivos profissionais?
  • Tenho as competências técnicas e qualificação para esta posição que está sendo anunciada na vaga de emprego?
  • Meu currículo está atualizado e deixa claro que possuo as qualificações de acordo com esta vaga específica?

+ Conheça o “Curso Emprego pela Internet” e aumente em 70% suas chances de ser contratado. Neste curso, você vai aprender como usar a internet para conquistar um emprego.

3- Currículo com objetivo diferente do anunciado na vaga

Quem busca uma vaga de emprego num cenário de crise e cada vez mais competitivo deve ter duas palavras em mente: foco e objetivo.

Na formatação do Currículo deve-se deixar um campo para você descrever claramente seu “Objetivo Profissional”. Deixe claro o cargo e área pretendidos e que você possui qualificação e competências para assumir e desempenhar.

Os recrutadores e responsáveis pelo recebimento de currículos precisam verificar centenas de currículos e a chance de descartar o seu por esse motivo pode ser grande.

Às vezes a vaga está alinhada ao seu perfil, porém você não deixou claro seu objetivo no currículo. O recrutador precisará ler o currículo inteiro para descobrir o que você quer e identificar se você tem o perfil para então decidir se irá te chamar para entrevista. E as possibilidades do seu currículo ser descartado aumentam.

Colocando o objetivo profissional no currículo

O objetivo é a função que você deseja atuar e área de interesse. Uma dica é não colocar mais de uma área, isso demonstra falta de foco. Se tiver pleiteando cargos diferentes, faça dois currículos com objetivos diferentes, uma para cada área específica.

4- Erros digitação, ortografia e gramática

Sim, o seu currículo pode ter sido descartado por esse motivo. Erros de digitação, ortografia e erros gramaticais são comuns e causam uma péssima imagem profissional.

Tenha o cuidado de revisar seu currículo e também a mensagem no corpo do e-mail, caso opte por enviar dessa forma.

Caso necessário, peça uma revisão para alguém habilitado. Não esqueça de habilitar o corretor ortográfico do seu editor de texto.

5- Inscrição realizada fora do prazo

Os processos de recrutamento e seleção de candidatos para vagas de emprego possuem etapas bem definidas.

A fase inicial é a de recrutamento e anúncio da vaga, recebimento e triagem dos currículos ou fichas de inscrição. Depois segue-se para fase de entrevistas e testes. E finaliza-se com a seleção do candidato com o perfil desejado e feedback aos demais que participaram do processo e não foram selecionados.

E para cada uma destas fases o profissional de RH tem um prazo para cumprir. Por isso, fique atento ao anúncio da vaga, quanto ao prazo para submeter seu currículo para análise.

Se você se cadastrou fora do prazo pode ser este o motivo para não ter sido chamado para a etapa de entrevistas.

6- Pretensão salarial fora da realidade do mercado e da vaga anunciada

Só informe a pretensão salarial se o anunciante da vaga solicitar. Se o anunciante não colocar o salário na descrição da vaga, pesquise antes o valor de referência no mercado.

Há sites que indicam o valor médio do salário para diversas funções e áreas de atuação. Vale a pena pesquisar antes nesse site.

7- Currículos dos concorrentes são melhores que o seu

Dependendo da vaga anunciada, a concorrência é grande. Os recrutadores recebem muitos currículos e naturalmente irão selecionar os melhores. E sai na frente àqueles currículos que apresentam algum diferencial, além de estarem alinhados com o perfil da vaga é claro!

Dedique esse tempo fora do mercado de trabalho para adquirir novas habilidades, conhecimento e competências. Sejam elas técnicas ou comportamentais, para que possa colocar seu currículo em destaque.

As chances para ser convocado para participar dos processos seletivos e ser aprovado nas entrevistas de emprego irão aumentar muito se você tiver proatividade e investir em sua carreira.

  • Quais cursos você fez no último ano?
  • Quais livros sobre a sua área de atuação você leu nos últimos meses?

A resposta para essas perguntas pode indicar alguns motivos pelos quais você não está conseguindo os resultados que deseja para sua carreira.

8- Dados de contato errados

Telefone que não existe ou não atende, porque o número foi digitado errado, por exemplo. Isso dificultará que o recrutador entre em contato, o que pode descartar uma oportunidade de emprego. Outro erro é o e-mail do remetente que nunca é acessado pelo candidato.

Atualize seu número de telefone no seu currículo e acesse seu e-mail diariamente. A empresa poderá entrar em contato com você a qualquer instante e você poderá perder alguma fase importante do processo seletivo.

Dica para enviar e-mail para anúncios de vagas

Há muitos candidatos que utilizam e-mails com apelidos, com Nicks que utilizam em redes sociais e isso passa uma imagem negativa do seu perfil profissional.

Crie um e-mail formal para enviar seu currículo para empresas e também receber respostas e informações dos processos que está participando.

Escreva no campo “assunto” o código e/ou título da vaga. Enviar currículo anexo ao e-mail sem escrever nada no campo ”assunto” pode ser identificado como spam pelo antivírus de e-mail e ir parar na lixeira automaticamente.

No corpo do e-mail faça uma breve apresentação e especifique o nome da pessoa ou empresa, que será o destinatário do e-mail.

9- Departamento de Recursos Humanos despreparado

Existem bons e maus profissionais em qualquer área ou profissão e no RH não é diferente. Também há falta de profissionalismo no setor de recrutamento e seleção e isso não está atrelado ao porte da empresa, as grandes empresas também podem cometer erros.

E esses erros se devem muitas vezes à cultura organizacional e também a falta de capacidade de realizar um processo seletivo humanizado do começo ao fim.

Há candidatos que possuem o perfil adequado para a vaga, seu currículo é bem formatado e descreve suas qualificações de acordo com o enunciado da vaga e nem ao menos são selecionados para a fase de entrevistas, pois o recrutador opta por selecionar só um número específico para entrevista e o excedente fica sem chance de ser avaliado.

E o candidato? Fica sem resposta! 🙁

Infelizmente é comum se ouvir reclamações de candidatos que seguiram todos os passos corretos para se inscrever, cadastraram e submeteram seu currículo para análise e nem ao menos receberam uma resposta padrão e automática no e-mail.

O que fazer diante de uma situação assim?

Certifique-se de que você seguiu todas as regras e prazos do processo seletivo. Feito isso, pesquise o número de telefone e entre em contato com a área responsável para solicitar informações sobre a sua candidatura.

Com certeza se você seguir estas dicas irá evitar que seu currículo seja descartado. Se tiver dúvidas de como formatar e elaborar um currículo que destaque suas qualificações confira esses artigos aqui do Canal do Ensino:

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo