Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Por que indicar Platão em sala de aula?

Por que indicar Platão em sala de aula?

Olá, leitores!

Vamos falar de um dos pilares da filosofia, Platão e seus ensinamentos e qual a sua importância para a educação atual.

Quem foi Platão?

Platão foi um filósofo grego, também considerado muitas vezes um racionalista, nascido de família rica formada por aristocratas da antiga Grécia. Platão, ainda na juventude, se uniu a Sócrates, que foi seu mestre durante oito anos de sua vida. Platão dedicou aprender não só sobre seu mestre, mas também sobre os grandes pensadores pré-socratistas.

Ele foi o filósofo das ideias, portanto, ele não pensava sobre o utilitarismo, do convencionalismo, do relativismo. Para Platão, o homem é corpo e alma, um ser dualista.

Platão também tinha uma filosofia dividida entre o mundo das ideias e o mundo tangível. Segundo suas ideias, tudo que existia no mundo tangível, era uma vaga e pálida lembrança do mundo das ideias, onde tudo tem uma imagem perfeita e correta.

Ele foi um dos filósofos mais conscientes sobre como a filosofia deveria ser concebida, também sobre quais ambições deveriam inspirar um filósofo. Ele pode ser considerado o inventor do tema da filosofia, tornando essa área em um rigoroso exame para assuntos que envolvem ética, política, metafísica e epistemologia.

A importância de Platão

escultura-de-platao-em-bronze

Diferente de seu mestre, Platão se interessava por política e tentava aplicar seus conceitos sempre que surgia a oportunidade. Seu objetivo era criar uma sociedade utópica, suas ações na política e filosofia o fizeram responsável pela criação da Filosofia Política Ocidental, a partir da sua obra “A República”.

Ele também foi responsável pela introdução de conceitos filosóficos através de diálogos, onde personagens discutiam sobre um assunto relevante tanto na vida privada, como na vida pública.

Entre os assuntos mais encontrados estão: política, arte, religião, justiça, medicina, vício e virtude, crime e castigo, sofrimento e prazer, sexualidade e a natureza humana e amor e sabedoria.

Platão também tem grande influência na ciência, tanto que, segundo o filósofo Stephen Körner, a adesão das ideias de Platão por parte de matemáticos é uma questão natural e inevitável.

Outro grande feito de Platão é a sua grande relevância para a filosofia e racionalização da fé cristã. Essa influência se deu através de Agostinho, mais importante teólogo da história da cristandade, que foi fortemente inspirado pelo grande filosofo grego.

Por que indicar Platão em sala de aula?

Muito além do conceito histórico de Platão e de suas conquistas para a área da filosofia e ciência, entender as ideias de Platão é também importante para construir novos pensadores e ensinar os alunos a como encarar certas características da sociedade enquanto tentam ser pessoas melhores.

Apresentar Platão para seus alunos é importante, principalmente nas primeiras séries que tem contato com filosofia, pois o filósofo fala muito sobre a libertação das ideias, sobre como viver preso a conceitos ou a medos e predefinições pode ser prejudicial, além de também ensinar como lidar com o mundo uma vez que o encaramos diretamente pela primeira vez.

Uma ótima recomendação para introduzir Platão aos alunos é no texto Alegoria da Caverna, contido na sua obra “República”.

E para vocês, professores, acham que os alunos podem se beneficiar desses conhecimentos alunos podem se beneficiar desses conhecimentos? Para vocês, qual o aspecto mais importante do filósofo?

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo