Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Idiomas e Línguas » Por que e como aprender idiomas africanos?

Por que e como aprender idiomas africanos?

Ao todo, mais de 1000 línguas são faladas no continente africano

Olá, leitores!

Você sabia que o português falado no Brasil tem diversas palavras com origem africana? Além do latim e do indígena, nossa língua foi altamente influenciada pelos africanos, aumentando ainda mais a nossa tão falada diversidade.

Essa mistura no idioma começou na época da escravidão. Vindos de diversas partes da África, os negros trazidos para cá nunca deixaram suas raízes para trás e, por isso, grande parte da nossa cultura foi influenciada por eles. Mas, além das danças e comidas, eles contribuíram diretamente para a formação do nosso dialeto atual e é por isso, inclusive, que podemos perceber que muitas palavras existentes aqui são usadas em Angola, mas não em Portugal.

Dentre os exemplos mais comuns utilizados no nosso dia a dia estão palavras como abadá, caçamba, cachaça, cachimbo, caçula, canga, carimbo, cochilar, dengo, fubá, gibi, macaco, macumba, marimbondo, miçanga, moleque, quitanda, xingar, banguela, babaca e muvuca.

Atualmente, muitos brasileiros tem buscado aprender os idiomas africanos. Isso porque, além da questão cultural e histórica, nos últimos anos o número de imigrantes no Brasil aumentou consideravelmente, sendo os nigerianos um dos povos que mais solicita refúgio no país. Além deles, população de outros países africanos também tem chegado aqui.

Aprendizado de um novo idioma

continente-africano

Para atender a essa demanda e, claro, entender um pouco mais sobre a cultura que tanto influenciou o nosso país, muitas pessoas procuram as Organizações Não Governamentais (ONGs), que dão apoio aos imigrantes, para uma troca de favores: nós ensinamos o português e eles a língua deles. A troca de experiência é válida para ambos os lados, já que é possível ajudá-los a entrar no mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, aprender novos idiomas.

Aprender idiomas porque estima-se que existam mais de 1.000 línguas africanas, atualmente divididas em: línguas afro-asiáticas, línguas khoisan, línguas nigero-congolesas e línguas nilo-saarianas. Só na Africa do Sul, o país mais conhecido do continente, 11 línguas são faladas em todo o território, inclusive o inglês.

Se olharmos por esse lado, a oportunidade de aprender o idioma também é válida para relações comerciais. Apesar de conter países muito pobres, a África conta com algumas oportunidades de negócios que podem interessar diversas empresas. A região também é rica em safáris e o turismo local e em alguns lugares é a maior fonte de renda.

Além disso, o Brasil conta com diversas ONGs que ajudam populações do mundo todo. Com países pobres e em situações precárias, o continente africano é o destino certo de muitas pessoas, que além de empoderar a população, buscam ajudar com alimentos, saúde e, principalmente, educação. Neste contexto, aprender algum idioma africano é uma ótima oportunidade para quem deseja trabalhar com essas ONGs, brasileiras ou não. Poucas pessoas falam a língua oficial dos países em que trabalham e isso, infelizmente, dificulta as ações.

Gostaram das dicas?

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo