Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Planejamento de estudo: 5 dicas para um plano eficiente

Planejamento de estudo: 5 dicas para um plano eficiente

Olá, leitor!

Um planejamento de estudo eficiente é essencial para ter sucesso em provas e concursos. A montagem de um cronograma organizado e eficaz, é um dos assuntos que mais causa dúvidas em estudantes e concurseiros.

Quando estudar e quanto tempo dedicar a cada matéria, e como manter a disciplina ao estudar, são algumas das preocupações mais comuns. Alguns estudantes acabam evitando o planejamento de estudo como um todo devido a essas questões. Isso, no entanto, é um grande erro. Planejar-se corretamente é o primeiro passo para ter sucesso em qualquer situação, e isso não muda com provas.

Outro problema comum é manter o planejamento de estudo condizente com a realidade. Muitas pessoas exageram no tempo que poderão passar estudando, além de quanto conteúdo conseguem cobrir em um dia. Isso acaba gerando desmotivação e frustração que atrapalham no processo de aprendizagem.

A seguir, você encontrará informações indispensáveis para o preparo do seu planejamento de estudo. Com elas, você aprenderá a fazer um plano eficiente e realista para garantir seu sucesso nos estudos. É só continuar lendo para conferir!

Qual a importância do planejamento de estudo

planejamento-de-estudo-5-dicas-para-um-plano-eficiente

Tudo que é bem planejado acaba sendo mais bem feito. Isso não é diferente com os seus estudos. Seja ao se preparar para um prova, reforçar o aprendizado de um curso ou na sua graduação, um bom planejamento de estudo é essencial.

Em todas essas situações, você tem muito conteúdo para revisar, normalmente pertinente a diferentes matérias. Isso pode sobrecarregar qualquer um. Muitas vezes, apenas olhar para a quantidade e variedade de conteúdo a cobrir pode fazer alguém desistir.

Por isso, o planejamento de estudo é importante. Quando você faz o plano de maneira eficiente e realista, consegue fracionar e organizar suas tarefas. Não se sobrecarregar com informação já é meio caminho andado para melhorar o aprendizado.

Outra característica importante do planejamento de estudo é a capacidade de organização. Quando você faz um plano, garante que não deixará de lado nenhum dos conteúdos a serem estudados. Além disso, organiza-se para revisar tudo em uma ordem que faça sentido.

Com a ajuda de um bom planejamento de estudo e disciplina, fica muito mais fácil ir bem naquela prova tão importante. Seja o Enem, uma prova de concurso ou suas provas finais na faculdade, um cronograma bem definido ajuda muito.

Passos para montar o planejamento de estudo

Antes de falar sobre as dicas para deixar o seu planejamento de estudo mais eficiente, vamos falar sobre como montar um. Afinal, muitas pessoas têm dúvidas em relação aos aspectos mais básicos do planejamento de estudo.

Se quiser um artigo mais detalhado sobre a montagem de um planejamento de estudo, leia também esse artigo do Canal do Ensino.

A seguir, você confere um passo a passo simples, que auxiliará na montagem do planejamento. Confira:

Entender sua rotina diária

Nessa primeira fase de preparação, é essencial compreender como é a sua rotina. Dessa forma, é possível definir quais serão os horários dedicados para estudo.

Prepare em uma planilha a agenda, de segunda a domingo. Registre o horário que você normalmente acorda, todas as suas atividades diárias e quando vai dormir. Não esqueça de registrar atividades como refeições, banho e tempo de locomoção. Afinal, são tarefas que tomam tempo. Deixar de levá-las em consideração pode te levar a identificar tempo livre onde ele não existe.

Com essa planilha pronta, é possível identificar quais são os horários disponíveis no seu dia para estudar. Leve em consideração o quão cansativas são as tarefas anteriores ao horário disponível e se você terá energia naquele momento do seu dia para estudar.

Separar momentos para o lazer e respeitar pausas, também é muito importante para que o planejamento de estudo seja eficiente.

Definir os horários de estudo

Agora que você já tem a sua rotina organizada, verifique quantas horas por dia conseguirá dedicar aos estudos. Esse passo do planejamento de estudo é importante para distribuir o conteúdo que você precisará abordar.

Ao contrário do que muitos acreditam, não é necessário apenas separar grandes blocos de horas para os estudos. Você pode aproveitar até mesmo cinco minutos de tempo livre para estudar. Portanto, identifique momentos de pequenas pausas que podem ser usados para resolver exercícios. Os conteúdos mais complexos, no entanto, devem ser deixados para os blocos maiores de tempo disponível.

Não esqueça de deixar horários livres para lazer, socialização e sono. Falaremos mais sobre isso a seguir, mas essas pausas são importantíssimas para garantir a qualidade do estudo. Pensar apenas em quantidade de horas talvez seja um dos erros mais comuns no planejamento de estudo.

Definir quais conteúdos devem ser abordados

Agora que você já definiu quantas horas por dia tem para estudar e quando revisará conceitos e fará exercícios, é hora de distribuir a matéria. Usando sua planilha como guia, faça essa separação. Existem muitos jeitos de dividir as matérias e conteúdos, e cada pessoa tem a sua preferência.

Por exemplo, alguns estudantes separam um dia da semana para cada matéria. A vantagem dessa técnica é que ela garante que você se concentre melhor, já que não precisa lidar com diferentes assuntos em um momento.

É fundamental não exagerar na quantidade de conteúdo revisado por dia. Prefira separar a matéria por temas e dedicar um ou dois dias de estudo para cada um. Outra dica importante é atentar-se aos conteúdos que são progressivos. Por exemplo, ao estudar matemática, é preciso revisar alguns conceitos antes de outros. Leve isso em consideração na hora de preparar o planejamento de estudo.

Criar horários de estudos

Nesse momento, você já deve ter todo o conteúdo que precisa estudar separado em temas e matérias. Então, basta criar o cronograma de estudos em si. Em uma planilha, escreva como título o seu objetivo. Por exemplo: “passar no concurso X” ou “média X no Enem”. Isso é importante para te ajudar a manter o foco e a motivação.

Copie os horários que você separou para os estudos nessa planilha e defina qual matéria será vista em cada um deles. O planejamento de estudo por tema pode ser feito separadamente, em uma lista, para ajudar na organização.

5 dicas para montar um planejamento de estudo eficiente

Agora que você já sabe o básico sobre como organizar seu planejamento de estudo, vamos falar sobre algumas formas de garantir que ele seja eficiente. É preciso mais do que apenas distribuir as matérias. Confira:

1 – Respeite pausas e momentos de lazer

Um erro muito comum no planejamento de estudo de muitas pessoas é exagerar na carga horária. Se você se planejar, por exemplo, para estudar durante 12h por dia, certamente terá problemas. Primeiramente, esse é um plano muito difícil de manter.

Quando você perceber que não consegue acompanhar o ritmo planejado, certamente sua motivação sofrerá. Mas o maior problema é que, mesmo que você consiga manter essa rotina, ela não será eficiente.

Para absorver conhecimento, seu cérebro precisa de pausas. O lazer e a socialização também são importantes para garantir a qualidade do estudo. Portanto, planeje pausas, descansos, diversão e socialização. Além disso, não deixe de alocar pelo menos 8h diárias de sono.

Nosso cérebro armazena e organiza informações na fase REM do sono. Se você dormir pouco, todas as horas extras de estudo serão desperdiçadas. Você terá problemas para fixar o conteúdo, e sua atenção e raciocínio lógico também começarão a sofrer. Portanto, descanse bem durante a noite e faça pausas constantes.

2 – Não se sobrecarregue

Evite no planejamento de estudo incluir muitas temáticas em um só dia. Faça a separação por matéria e fracione cada assunto em temáticas diferentes. Tentar estudar todo o conteúdo de uma vez causará problemas de fixação. Além disso, é muito mais provável que você confunda conceitos.

Planeje também uma boa dose de exercícios para cada temática. A fixação através da prática é muito mais eficiente para a maioria das pessoas. Certifique-se também de pesquisar sobre métodos de aprendizagem e encontrar aquele que mais se adequa a você. Cada pessoa tem um ritmo diferente ao estudar, portanto, respeite o seu.

3 – Estabeleça desafios e metas

Não se sobrecarregar não significa não se desafiar. É importante estabelecer suas metas e seguir o planejamento de estudo à risca para alcançá-las. Respeitar os seus momentos de descanso não significa parar ao menor sinal de dificuldade ou preguiça.

O estabelecimento de desafios ajuda muito na motivação. Por exemplo, se em um horário planejado de 15 minutos você consegue resolver 5 exercícios, desafie-se a resolver 6 na oportunidade seguinte. Crie desafios realistas e atingíveis para se motivar.

4 – Mantenha a disciplina

Aderir ao planejamento de estudo pode ser muito difícil, principalmente no começo. No entanto, uma vez que o cronograma está inserido em sua rotina, as coisas ficam muito mais fáceis. Até lá, mantenha e disciplina e procure seguir à risca o seu planejamento de estudo.

É claro, conte com imprevistos e exceções. Às vezes não é possível manter o plano, mas isso deve ser uma situação rara. Não mude o plano de estudo para sair com amigos e descansar, por exemplo. Lembre-se que você separou horários para isso. Se é uma situação especial, como o aniversário de um de seus amigos ou familiares, escolha um momento reservado para socialização para “trocar” com esse momento de estudo perdido.

Mas não faça disso um hábito. É importante saber medir quando a troca é necessária e quando você deve abdicar de algo para estudar.

5 – Aprender leva tempo

Não espere cobrir toda a matéria que você tem para estudar em apenas uma semana ou duas. Aprender leva tempo, e um bom planejamento de estudo é um cronograma de organização para o ano inteiro. Não adianta, por exemplo, tentar estudar a matéria referente a um semestre na semana antes das provas finais.

Se o planejamento de estudo não fizer parte da sua rotina, você não conseguirá seguir a grande maioria das dicas e regras deste artigo. Por exemplo, não conseguirá espaçar a matéria em temas e nem limitar a quantidade de horas para estudo por dia, conciliando lazer e descanso.

Se organize para não precisar estudar uma quantidade gigante de conteúdo na última hora. Dessa forma você garante a melhor fixação do conteúdo e usa o seu tempo de maneira eficiente.

Conclusão

Elaborar o planejamento de estudo exige organização, disciplina e realismo. Mas quando você consegue integrar esse cronograma na sua rotina, o aprendizado fica mais simples. É possível cobrir todo o conteúdo necessário sem abdicar de lazer e socialização.

Não esqueça de se manter motivado, descansar bem e cuidar da alimentação para garantir a eficiência máxima do seu planejamento de estudo!

Quer mais dicas sobre como estudar melhor? Leia também esses outros artigos do Canal do Ensino:

E você? Que técnicas utiliza para fazer o seu planejamento de estudo?

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo