Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Onde achar livros sobre educação especial para baixar grátis

Onde achar livros sobre educação especial para baixar grátis

Olá, leitor!

Há alguns anos atrás era praticamente impossível encontrar crianças com algum tipo de necessidade especial nas salas de aula de ensino regular, mas esse quadro tem sofrido alteração ao longo dos últimos anos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que cerca de 10% da população global possui algum tipo de deficiência, porém em países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil, esse número pode ser ainda maior.

Dados obtidos a partir do Censo realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) entre 2005 e 2015, mostrou que o número de crianças com algum tipo de necessidade especial em sala de aula de ensino regular, aumentou em cerca de 6,5 vezes nesse período.

Em número reais, a quantidade de crianças com necessidades especiais que foram incluídas em sala de aula de ensino regular, passou de 114.834 para 750.983. Esses números mostram o quão significativo está sendo o processo de inclusão de crianças em sala de aula.

É exatamente por esse número ser cada vez mais crescente que a necessidade não apenas de inclusão, mas da elaboração de livros sobre educação especial é maior, já que é preciso entender esse universo para saber lidar, conviver e ensinar essas crianças. Confira!

O que é a educação especial?

livros_sobre_educacao_especial_para_baixar_gratis

Segundo o art. 58 da Lei de diretrizes e bases da educação nacional, nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996; “entende-se por educação especial, para os efeitos desta Lei, a modalidade de Educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais.

Sendo assim, a educação especial é um “braço” da educação básica que tem como objetivo central atender crianças com deficiência ou algum tipo de necessidade especial de forma que, ela possa ser inserida na sociedade ativamente, ou seja, como parte dela.

A educação especial, além de ensinar o aluno com deficiência também auxilia para que ele seja inserido na sociedade, fazendo com que ele se sinta e faça parte do mundo ao seu redor. Por essa razão, na maioria das vezes, a educação especial é realizada em escolas de educação regular.

A educação especial é desenvolvida em torno da igualdade de oportunidade de desenvolvimento da criança com deficiência, atendendo as necessidades de cada um desses alunos individualmente por meio do processo de adaptação do sistema educativo das instituições de ensino.

Apesar do alto número de crianças especiais matriculadas em escolas regulares, a verdade é que estas ainda não estão devidamente preparadas para receber esses alunos.

Os esforços e dedicação são grandes, mas ainda há muito o que se fazer para mudar esse cenário, deixando as escolas de ensino regular tão bem preparadas quanto as escolas de ensino especializado.

E esse é mais um motivo para que sejam desenvolvidos e divulgados livros sobre educação especial.

As categorias de educação especial

Desde que a educação especial foi criada em um sistema no qual o processo de educação das crianças com deficiência é separado do ensino regular, ele tem como objetivo atender essas crianças suprindo todas as suas necessidades de aprendizado.

Esse sistema foi subdividido em três categorias de necessidades, para que assim todos os perfis pudessem ser atendidos, são elas:

Dependentes

São aquelas crianças que recebem atendimento apenas em clínicas, uma vez que esse serviço é fundamental para a sua sobrevivência. Esses alunos necessitam de atendimento 24 horas por dia, ou seja, ele precisa de ajuda para que suas necessidades sejam supridas.

Treináveis

São alunos que frequentam escolas especiais, que tem autonomia para realizar suas atividades, que sabem se defender, dividir e respeitar os seus colegas de classe. Essas crianças conseguiram desenvolver os hábitos de higiene, por exemplo.

Esse grupo só requer ajuda em uma ou outra situação. As crianças que fazem parte desse grupo, tem o diagnóstico de sua deficiência nos primeiros anos de vida.

Educáveis 

São os alunos que frequentam classes especiais. Elas possuem um vocabulário um pouco mais amplo, que é considerado suficiente para suas atividades diárias, como por exemplo, a socialização. O perfil dessas crianças é do tipo que possuem idade mental entre sete e doze anos de idade em sua fase adulta.

Como ocorre a inclusão da educação especial em escola de ensino regular?

A Lei de Diretrizes e Bases Nacionais da Educação (9.394/96), de 1996, assegura o direito constitucional de educação pública e gratuita a crianças com necessidades especiais, entretanto, o número de crianças com necessidades especiais que não tem acesso ao ensino ainda é alto.

Isso porque muitas escolas regulares ainda não estão devidamente preparadas para receber esse público, e assim cada vez mais são inauguradas escolas voltadas especificamente para crianças com necessidades especiais.

O Brasil, desde 2008, possui a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, que tem como objetivo incluir muito mais do que crianças com deficiência. Esse projeto inclui as políticas públicas para educação de qualidade para todas as crianças.

Para que a inclusão de crianças especiais aconteça em todas as escolas, sejam elas regulares, inclusivas ou específica de educação especial, é preciso:

  • Profissionais devidamente qualificados – não apenas professores, mas toda equipe da instituição de ensino – para atuar na educação especial, sendo todos eles qualificados para auxiliar no desenvolvimento cognitivo da criança;
  • A implantação de tecnologias que aproximem cada vez mais as crianças com necessidades especiais da realidade da sociedade, e é claro, tecnologias que nos permita compreender a realidade, o que se passa na mente de cada uma dessas crianças;
  • Livros sobre educação especial, para que não apenas os professores, mas toda a sociedade possa saber o que são essas necessidade especiais, e assim, essas crianças possam ser aceitas sem discriminação por essa sociedade.
  • Principalmente, que as escolas sejam realmente inclusivas, pois, existem sim instituições de ensino tanto particulares quanto públicas que afirmam serem inclusivas, mas na verdade elas aceitam essas crianças apenas para aumentar os números, e não oferecem qualquer tipo de atendimento especializado para esse público.

Quando uma escola começa a se preparar para receber crianças com necessidades especiais, implantando assim a educação especial em seu plano pedagógico é preciso que sejam adotadas novas ferramentas pedagógicas para a correta implantação desses sistemas.

Por essa razão, é fundamental que todo o corpo docente também se adeque a esse novo momento na escola que desempenha sua função como educador, assim, o estudo e a leitura de livros sobre educação especial ainda é a principal chave no processo de inclusão.

Não é por isso que a escola precisa se adaptar e ficar totalmente destinada a educação especial – a não ser que seja esse seu foco, o objetivo central é incluir as crianças com necessidades especiais na sociedade, fazendo com que elas se sintam pertencentes desse mundo.

Livros sobre educação especial online gratuitos

Agora que temos um conhecimento básico sobre a educação especial, é hora de adquirir mais conhecimentos, para que assim possamos lidar e compreender as crianças especiais, incluindo-as em nossa sociedade.

Veja agora a seleção de livros que preparamos para você:

No site do instituto Itard, existe uma série de livros sobre educação especial que você pode baixar gratuitamente.

O site Educação Inclusiva em foco também disponibiliza livros sobre educação especial para baixar gratuitamente.

O site Planeta Educação também disponibiliza livros sobre educação especial para baixar gratuitamente.

Agora que você tem acesso a esse acervo digital, é hora de escolher qual o livro sobre educação especial você vai ler primeiro.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo