Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » O que é estágio curricular e sua importância

O que é estágio curricular e sua importância

Olá, leitor!

Você já deve ter ouvido falar que o estágio é muito importante para a carreira de qualquer profissional. Com o estágio é possível promover oportunidades de vivenciar na prática conteúdos acadêmicos, propiciando desta forma uma experiência na vida do estudante.

Existem vários tipos de estágio, desde aqueles que são um treinamento para um cargo, até aqueles que são chamados de estágio curricular e que fazem parte do programa de disciplina e ensino de um curso em uma universidade.

O que é estágio?

o_que_e_estagio_curricular_universidade_estudante_profissao

Podemos afirmar que o estágio é a porta de entrada para a sua carreira profissional. Mais do que ganhar experiência, os estudantes adquirem conhecimento. Logo, o objetivo é proporcionar experiência profissional, e assim é possível desenvolver as competências e uma relação prática da teoria vista em sala de aula.

Através do estágio, o estudante ou jovem que inicia a sua carreira no mercado de trabalho pode começar a conviver com profissionais experientes e aprender sobre determinada função e suas atividades dentro da empresa.

No estágio curricular, as oportunidades que surgirem são fundamentais para a transição da vida acadêmica para a profissional, mas para isso o estagiário precisa estar disposto a aprender e a trocar experiências com seus colegas de trabalho.

O que é estágio curricular

É de suma importância para um estudante de uma universidade a realização do estágio curricular. Ele é sim a porta de entrada para o mercado de trabalho, e o estágio é considerada uma parte importante da graduação.

Isso porque é a oportunidade de colocar em prática aquilo que se aprendeu durante a sala de aula. No estágio, o aluno poderá encontrar o conteúdo teórico que aprendeu na faculdade, aplicado na prática.

O estudante poderá também com o estágio comparar o planejamento e a execução de tarefas, procedimentos, reuniões, convenções, processos de produção etc. A realização do estágio alia conhecimento acadêmico com a experiência vivencial do ambiente de trabalho.

Lembrando que no estágio curricular, cada tipo de empresa poderá ofertar uma série de novas experiências para os alunos. Logo, o estudante pode obter melhor o conhecimento sobre a profissão escolhida, através da experiência durante o programa de estágio.

Lei do estágio curricular

É por meio da Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, vigente no Brasil que o estágio visa ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional e à contextualização curricular, objetivando o desenvolvimento do educando para a vida cidadã e para o trabalho. Art. 2 o. O estágio poderá ser obrigatório ou não obrigatório, conforme determinação das diretrizes.

Qual a importância do estágio curricular?

O estágio funciona como um verdadeiro complemento ao aprendizado da sala de aula. Imagine, você estudar e aprender sobre as questões teóricas que são importantes para a compreensão de determinado assuntos ou áreas. Só que não adianta dominar a teoria e não saber a prática!

Sendo assim, com o estágio o estudante coloca em prática aquilo que aprendeu em sala de aula. E isso consequentemente acaba lhe proporcionando uma nova abordagem de conhecimentos. O principal objetivo do estágio é proporcionar para os alunos os instrumentos de preparação para a introdução e inserção no mercado de trabalho

Todo aquele ensinamento que foi passado pelo professor através de provas, trabalhos, seminários pode de alguma forma ser posto em prática. Sendo assim, o estágio permite o intercâmbio a e troca de novos conceitos e estratégias apreendidos pelo aluno através da vivência diária.

Como já falam muitos professores: “é na prática que se consegue ver o que foi aprendido na teoria”. É muito comum ao estagiário lembrar em sala de aula daquilo que realiza no estágio e vice-versa. Podem ser muitos desafios durante o estágio curricular, mas todos são importantes para o desenvolvimento da carreira.

A duração do estágio depende muito do curso e da universidade. É claro que profissionais da área da saúde como médicos e enfermeiros acabam tendo muito mais estágios, do que, por exemplo, um estudante do curso de secretario executivo.

Logo, a quantidade de estágios e sua duração dependem do programa de graduação. Sempre haverá um estágio obrigatório e outros que podem ser optativos. Mas se puder focar nos estágios, com certeza você terá muitos aprendizados.

O que posso aprender com o estágio?

Além do contato com a prática, o estagiário pode ter experiências valiosas que irão contribuir com a sua área de atuação. Através dos estágios é possível saber tomar uma decisão de carreira, ou seja, saber identificar qual carreira você deve seguir.

Ás vezes na teoria parece complexa, mas quando vivenciamos na prática, talvez percebemos que este segmento da área não é que queremos. Então é possível escolher outras áreas de atuação dentro deste mesmo campo.

Com o estágio curricular, é possível aprender a ter algumas habilidades práticas. Com a teoria se aprende muito, mas na prática os desafios também ensinam. E mais, é possível adquirir uma experiência profissional que pode lhe auxiliar na sua futura carreira. Sem contar que no estágio poderá fazer novos contatos.

Durante o estágio curricular o estudante pode experimentar diversas áreas abordadas por um curso de graduação. É um momento de explorar mais sobre uma área que tem mais interesse. Por isso, é bom tirar as dúvidas com os professores a respeito das oportunidades em casa área.

Realizando um estágio curricular é possível explorar as diversas possibilidades dentro da graduação. Com ele o aluno pode decidir e ter as condições de dizer se deseja ou não seguir nesse caminho dentro da profissão.

Dicas para realizar um bom estágio curricular

  • Escolha um empresa que possa acrescentar no seu estágio: evite locais e empresas onde o estagiário é utilizado apenas para realizar atividades operacionais;
  • Não saia achando que é o novo profissional da empresa. Por isso, antes de começar a querer aplicar tudo que aprendeu na faculdade, situe-se no novo ambiente. Entenda bem quais são as regras e o código de conduta. Nem sempre você vai conseguir aplicar na prática o que aprendeu na sala de aula.
  • Mostre boa vontade, tenha iniciativa e se dedique às tarefas com responsabilidade. Desta forma, trabalhe duro, mostre que você está se esforçando e vestido para o trabalho que você deseja, em vez de o estágio que você tem.
  • Peça feedback sobre o seu trabalho ali na empresa. E também se sentir a vontade e ver que o espaço é aberto pode dar boas ideias. Elas sempre são sempre bem vindas. Seja confiante, construa ideias sobre o que você ouve, e seja usado.

Estágio: a porta para um novo emprego

Uma dica que todos os professores dão aos seus alunos quando vão realizar um estágio curricular é de dedicar a ele. Pode até não ser o estágio que você gostaria, mas lembre-se que de alguma forma ele será importante.

 Mesmo que não seja o estágio que você gostaria é importante o estagiário cumprir todas as tarefas. Certamente ao final do estágio você será um profissional muito mais bem preparado para o mercado de trabalho, com grandes chances de ter sucesso na carreira.

Sem dúvida alguma, aproveite todas as chances de estágio que surgirem durante toda sua experiência acadêmica. Isso porque para o estudante a dedicação e a disciplina adquiridas durante o período de estágio agregam valor e conhecimento a sua carreira. 

Após ter feito estágio, você sairá da faculdade com experiência suficiente para entrar no mercado de trabalho de forma mais madura e consciente. E mais, com o estágio você poderá ter um novo olhar para o futuro, através da construção de um novo projeto de vida e carreira profissional. 

Logo, terá conhecimento suficiente para investir na área que mais despertou seu interesse e construir uma carreira sólida e completa. Aposte nessa ideia. Sem contar que com o estágio você pode conseguir aquela oportunidade e mais contatos. Muitos estagiários que obtiverem bons resultados entrem na empresa como empregados tradicionais. 

Não desvalorize a importância de um estágio curricular. Com ele você adquire experiência, conhece novos profissionais, vivencia situações de trabalho de sua futura profissão. Pode até fazer novos amigos. Dependendo do esforço de muitos estudantes e até das oportunidades que surgem dentro da empresa, talvez seja possível conseguir seu primeiro emprego na profissão em que escolheu.

Acontece de muitos estagiários serem efetivados em suas funções antes mesmo do fim da faculdade. Isso já é muito empolgante não acha?  E uma dica, se existe uma determinada área da empresa ou do tema que você gostaria de saber mais sobre, pergunte o que você pode fazer como um estagiário para ajudar.

E mesmo que pareça algo impossível, quando os superiores da empresa gostarem muito do trabalho do estagiário, é claro que eles não medirão esforços para contratar este profissional. Por isso, a dica principal é sempre se esforçar independente das oportunidades que vão surgir.

 E mesmo que você após o estágio curricular você não tenha sido efetivado, não desanime. Todas as experiências são válidas.

Aproveite as oportunidades disponíveis para se desenvolver como profissional. Mas não desperdice este tempo para aprender e se tornar um profissional qualificado.

Essa é a primeira tentativa como profissional. Se esforce, seja comprometido! Boa sorte!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo