Você está aqui:Home » Dicas » Arte e Cultura » Musical “Se Essa Lua Fosse Minha” está disponível on-line e de graça

Musical “Se Essa Lua Fosse Minha” está disponível on-line e de graça

Olá, leitor(a)! 

Um povo que parte em busca de um novo lugar para morar. Uma terra já ocupada. Um conflito de crenças e costumes. Um amor que desafia essa divisão. Os elementos são de uma história muitas vezes contada e recontada, mas que ganha contornos originais e bem brasileiros na peça Se Essa Lua Fosse Minha. 

O musical de Vitor Rocha e Elton Towersey, que foi sucesso de público e de crítica em 2019, seu ano de estreia, agora pode ser apreciado de modo on-line e gratuito. Como parte da iniciativa Teatro Sérgio Cardoso Digital, que visa a democratizar o acesso à arte e à cultura, a obra ficará disponível na plataforma #CulturaEmCasa até o dia 20 de dezembro de 2022. 

Peça Se Essa Lua Fosse Minha 

A peça Se Essa Lua Fosse Minha faz uso de personagens com um toque de Romeu e Julieta, de cantigas, lendas, expressões populares brasileiras e até mesmo do poema Ismália, do escritor simbolista Alphonsus de Guimaraens, para abordar um tema que integra inúmeras culturas.  

A trama começa quando os habitantes da província de Terrarrosa, na Espanha, partem em busca de um lugar para recomeçar suas vidas. Ao aportarem na ilha de Porto Leste, entretanto, eles descobrem que já há outra comunidade bastante diferente vivendo ali. Na iminência de uma guerra, a terra é separada, até que a nativa Leila e o espanhol Iago se apaixonam e iniciam um romance proibido. 

Musical “Se Essa Lua Fosse Minha” está disponível on-line e de graça

Fonte: Reprodução

O enredo, que versa sobre o amor, o preconceito e a liberdade, é conduzido de forma leve e sensível pelas letras de Vitor Rocha. O dramaturgo e ator mineiro, que já vira sua obra Cargas d’ Água – Um Musical de Bolso ser encenada em Nova York e em Londres, e fora nomeado pela Forbes um dos jovens mais bem-sucedidos do país, recebeu, por Se Essa Lua Fosse Minha, o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Música e Letra em Musical. 

Aos poucos, os arranjos e canções, interpretados por um elenco estelar, fazem com que o público se identifique com os dramas expostos em cena e descubra uma nova versão para a origem de seres folclóricos e literários, como o Curupira, a Mãe de Ouro e até mesmo a personagem simbolista Ismália. Com cerca de 2 horas e 15 minutos, a peça é indicada para pessoas com mais de 12 anos. Clique aqui e assista ao musical. 

Plataforma #CulturaEmCasa e Teatro Sérgio Cardoso 

Localizado na cidade de São Paulo, no bairro do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso (TSC) foi fundado no fim da década de 1950, com o nome de Teatro Bela Vista. Após passar por diversas reformas, foi rebatizado com o nome atual e reinaugurado em 1980. Em 2004, passou a ser administrado pela organização social Amigos da Arte e, desde 2020, por meio do projeto TSC Digital, oferece espetáculos que podem ser vistos on-line gratuitamente.  

As obras disponibilizadas nesse formato são abrigadas na plataforma #CulturaEmCasa. Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, a iniciativa procura fomentar o acesso à cultura. Observando a qualidade e a diversidade de seus conteúdos, a plataforma traz materiais de inúmeras instituições, incluindo a OSESP, o Museu do Futebol e a São Paulo Companhia de Dança. Para mais informações sobre a #CulturaEmCasa, clique aqui. Já para conhecer mais detalhes sobre o Teatro Sérgio Cardoso, acesse aqui. 

E então? Que tal rir, chorar e se surpreender com Se Essa Lua Fosse Minha, uma obra tão delicada e tão original? Compartilhe o texto com os(as) amigos(as) e assista com eles(as)!  

No Canal do Ensino, leia também: 

Bom musical! 

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo