Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Me formei e agora? 7 dicas para ingressar no mercado de trabalho

Me formei e agora? 7 dicas para ingressar no mercado de trabalho

Olá, leitor!

Você completou o curso e recebeu seu diploma – mas você está realmente pronto para ingressar no mercado de trabalho?

Primeiro Emprego! Para qualquer universitário ou recém-formado pode parecer uma tarefa difícil conquistar a tão sonhada vaga.

Encontrar uma vaga de emprego já é difícil, mas quando você não tem nenhuma experiência, nunca passou por uma entrevista e não sabe por onde começar seu currículo, esse desafio parece ainda mais difícil.

Embora difícil, não é impossível. Se você se planejar e colocar em prática um passo de cada vez, em breve você será contratado.

Para te ajudar preparamos este guia rápido com dicas práticas para ingressar no mercado de trabalho. Confira!

veja 7 dicas para ingressar no mercado de trabalho!

 

ingressar no mercado de trabalho

Fonte: Reprodução

1 – Organize suas informações

Antes de elaborar seu currículo e sair por aí se candidatando para vagas de emprego, é preciso reunir algumas informações.

Para fazer seu primeiro currículo organize e lista as seguintes informações:

  • Informações e datas do seu histórico educacional, que inclui: a faculdade, cursos feitos durante faculdade e cursos online;
  • Informações sobre experiências acadêmicas: participação em feiras e congressos, publicações de artigos científicos, premiações como “melhor aluno/destaque”, participação e premiação em feiras científicas ou olimpíadas do conhecimento;
  • Informações sobre suas habilidades como nível de fluência em idiomas, informática, etc;
  • Experiências de trabalho que inclui: trabalho voluntário, trabalhos informais que você tenha tido como, por exemplo, freelancer, estágio não remunerado ou remunerado, etc.

2 – Faça o seu primeiro currículo

A maioria dos jovens recém-formados que procuram ingressar no mercado não valorizam a elaboração do currículo ou pensam: “mas eu não tenho experiências, como vou fazer um currículo?”.

É um erro pensar assim, já que ter um currículo bem organizado é um instrumento para que o potencial empregador possa avaliar o seu perfil e ter seus dados de contato.

Não valorizar a preparação do seu currículo poderá reduzir e muito suas chances de ser convocado para uma entrevista de emprego.

Mesmo que não tenha experiências formais de trabalho, você irá compartilhar uma ideia de quem você é e quais são seus pontos fortes.

Valorize o seu perfil mesmo sem ter tido experiências de trabalho

Tenha em mente que todo trabalho que desenvolveu e suas atividades acadêmicas são relevantes e irão contribuir para você destacar o seu currículo.

Por exemplo, se você está enviando seu currículo a uma vaga de emprego anunciada, a sua experiência como líder de equipe quando você trabalhou como voluntário durante suas férias em uma comunidade, pode e deve ser considerada uma experiência de trabalho relevante.

O segredo é sempre valorizar o seu perfil compartilhando experiências relevantes que teve ao longo da sua formação acadêmica e que irão contribuir para a sua profissão.

Personalize cada currículo

Para cada vaga que concorrer é importante adaptar seu currículo. Se você quer aumentar suas chances de ingressar no mercado de trabalho é importante que personalize seu objetivo profissional e apresentação de sua experiência de trabalho, adaptando e incluindo experiências e habilidades relevantes de acordo com a vaga pretendida.

Por exemplo, você pode estar se candidatando a uma vaga de analista de projetos para 3 empresas diferentes, mas a empresa “A” pode estar procurando alguém com base técnica e experiência em desenho instrumental.

Já a empresa “B” está mais interessada na habilidade de informática e AutoCAD, enquanto a empresa “C” busca um perfil comportamental de liderança, pois pretende formar o analista para assumir um outro cargo futuramente.

Entendeu? É importante que você apresente sua experiência de trabalho relevante e que consiga transmitir a informação do responsável pelo recrutamento e seleção.

E você só irá conseguir fazer isso se adaptar o seu currículo para cada vaga que pretende concorrer.

Neste sentido há dois tópicos do currículo que precisam ser revisados para o personalizar para cada vaga:

  • Campo do objetivo profissional: revise o objetivo incluindo o título da vaga que está concorrendo ou a função;
  • Campo de resumo de qualificações: revise incluindo um resumo que destaque as experiências que são relevantes para a vaga que está se candidatando.

Como elaborar um currículo para o primeiro emprego

Confira dicas que já compartilhamos aqui no Canal do Ensino para você fazer um currículo bem estruturado e também uma carta de apresentação para ingressar no mercado de trabalho.

Estas dicas também são úteis para você criar um modelo de e-mail para enviar currículos aos recrutadores e também enviar seu currículo para vagas divulgadas no LinkedIn.  

3 – Se inscreva no LinkedIn e faça seu currículo online

Uma dica importante e fundamental é fazer uma conta na rede social LinkedIn, que é focada nos profissionais.

Por que é importante ter um perfil no LinkedIn? Alguns bons motivos:

  • Por meio desse canal você pode encontrar vagas;
  • Fazer contatos com empresas;
  • Fazer contatos com profissionais de RH responsáveis por recrutamento e seleção;
  • Fazer contatos com headhunter (caçador de talento);
  • Fazer contato com jobhunter (recrutador/selecionador para vagas de empregos);
  • Manter contato com ex-colegas de faculdade, trabalho, empresas;
  • Conhecer profissionais da sua área de formação e trocar experiências;
  • Receber recomendações e referências no seu perfil;
  • Receber notificações de vagas de acordo com o perfil que está procurando;
  • Manter informações do seu currículo atualizadas e online, além de incluir o link no seu currículo de papel;
  • Ler e acessar informações relevantes sobre o mercado de trabalho, economia, finanças, comportamento no trabalho;
  • Manter um portfólio online como amostra de serviços e trabalhos;

Confira aqui algumas dicas de como destacar o seu perfil do LinkedIn.

4 – Cuide da sua aparência

Se você está interessado em ingressar no mercado de trabalho é importante cuidar da aparência e também do seu guarda-roupa.

Veja o perfil da empresa que tem interesse e se prepare para o momento da entrevista, considere o que vestir até mesmo antes de entregar seu currículo, principalmente se irá entregar pessoalmente.

Você não precisa usar um terno e gravata para se candidatar a uma vaga de emprego, apenas certifique-se de estar apresentável e ter certeza do código de vestimenta da empresa e se é exigido um tipo específico de vestimenta.

Vale conferir pessoalmente como seus potenciais colegas se vestem para não correr o risco.

Confira aqui dicas do que vestir e como se comportar na entrevista de emprego.

5 – Faça uma lista de agências, sites de emprego e locais que anunciam vagas e empresas

Aqui a regra é se organizar, até mesmo para acompanhar os anúncios de vagas e a resposta dos recrutadores.

Você pode criar uma lista de lugares que anunciam vagas na internet e também de agências de emprego locais na sua cidade ou locais que pretenda trabalhar.

Há diversos sites que anunciam vagas e a grande maioria irá pedir para que você preencha um perfil com seu currículo. Por isso a etapa de elaboração do seu currículo e perfil no LinkedIn é importante.

Inclua na sua lista de sites e locais de anúncios de vagas um campo para anotar seu login de acesso, sua senha e as vagas a que está concorrendo, e um campo para colocar o status da sua candidatura.

É importante também incluir empresas do seu segmento e relacionadas ao seu perfil profissional, neste caso inclua o endereço, site da empresa, telefone de contato e o campo para informações atualizadas, por exemplo.

6 – Acompanhe sua participação nos processos seletivos de emprego

Depois de se candidatar para uma vaga, acompanhe a evolução. Se você foi convocado para entrevista e fez a entrevista, é preciso também acompanhar o andamento do processo seletivo.

Seja proativo e pergunte na entrevista quais serão os próximos passos, como e quando você receberá a resposta do processo de seleção para ingressar na empresa.

Envie uma nota de agradecimento para o recrutador após cada entrevista que participar, procure fazer isso dentro de 48 horas, isso demonstra que está interessado e mostra o seu nível de educação.

Caso tenha vencido o prazo e você não teve nenhuma resposta, tome a iniciativa e entre em contato com o responsável pelo anúncio da vaga preferencialmente por telefone, se não conseguir o telefone, faça por e-mail.

Independente da resposta envie uma nota de agradecimento. Sempre demonstre gentileza e educação.

7 – Invista em você e em conhecimento

Infelizmente, a grande maioria das universidades e faculdades não oferecem cursos que te ajudam a ter um comportamento assertivo, como por exemplo, habilidades de liderança, como lidar com pessoas difíceis e como se comportar no ambiente de trabalho.

Mesmo que tenha cursado a melhor faculdade, o mundo real está cheio de surpresas que você não descobrirá até chegar lá, quando ingressar no mercado de trabalho.

Por isso é importante que invista na sua formação e tenha habilidades que proporcionam sucesso não só profissional, mas também pessoal.

Neste caso é importante você procurar respostas para as seguintes questões:

Um conselho final para quem realmente está interessado em ingressar no mercado de trabalho e começar com o pé direito: prepare-se para ouvir os nãos!

Se você realmente quer conquistar seu primeiro emprego, você precisará ser persistente! Não se entregue ou desanime quando receber um não, procure entrar em contato e peça um retorno e feedback para o recrutador.

É importante você entender o motivo para não ter sido escolhido, pode ser que o concorrente tem um currículo melhor, ou pode ser que você não soube se comportar na entrevista, ou até que precise de um curso específico. Como melhorar se você não souber o motivo?

Baseado no feedback é possível que faça também, uma avaliação e planeje os próximos passos para melhorar seu perfil com cursos ou desenvolva novas habilidades.

Até logo!

comentários (2)

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo