Você está aqui:Home » Livros Grátis » Literatura Nacional » Livro de Mário de Andrade sobre a língua portuguesa está disponível on-line gratuitamente

Livro de Mário de Andrade sobre a língua portuguesa está disponível on-line gratuitamente

Olá, leitor(a)! 

Considerado um dos mais ilustres autores brasileiros, Mário de Andrade produziu diversas obras que marcaram a literatura do país. Por fazer parte da 1ª fase do movimento modernista, sua expressão literária era caracterizada pela aproximação entre a fala e a escrita. Nesse modelo, erros gramaticais e termos regionalistas eram partes fundamentais da chamada “língua brasileira” — um dos aspectos da tão almeja identidade que se queria construir do Brasil.

Sob esse viés, o manuscrito do livro A gramatiquinha da fala brasileira, de autoria do escritor, foi recentemente resgatado e editado por um conjunto de profissionais da área de literatura. A nova publicação, que presta homenagem ao Bicentenário da Independência, está disponível on-line e gratuitamente para todos(as) que desejam conhecer mais sobre as distintas “línguas portuguesas” existentes no país. 

E-book A gramatiquinha da fala brasileira

A edição comemorativa A gramatiquinha da fala brasileira (2022) é uma iniciativa do Itamaraty (órgão governamental responsável pelas relações exteriores), com apoio da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG) e do Instituto Guimarães Rosa. Na obra, Mário de Andrade realiza um estudo sobre as variantes do português a partir de aspectos linguísticos, psicológicos e poéticos. 

O livro foi organizado pela professora Aline Novais de Almeida, bacharel e licenciada em Letras pela FFLCH-USP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo), onde também defendeu sua tese de mestrado sobre o autor modernista. Para a preparação do atual volume, Aline teve como base o manuscrito da obra, localizado no arquivo de Mário de Andrade, no Instituto de Estudos Brasileiros da USP. 

Livro de Mário de Andrade sobre a língua portuguesa está disponível on-line gratuitamente

Fonte: Reprodução

A publicação também conta com a colaboração de pesquisadores como Ligia Rivello Baranda Kimori, que auxiliou no estabelecimento do texto e notas de pesquisa, e Ataliba Teixeira de Castilho, que escreveu o prefácio. Lígia é especializada em língua francesa pela FFLCH-USP e possui mestrado e doutorado sobre Mário de Andrade, já Ataliba é doutor em linguística e professor emérito da USP.  

Ficou curioso(a) para saber como o escritor modernista aborda a gramática? Então clique aqui para acessar o livro.

Mário de Andrade 

Nascido em São Paulo, no dia 9 de outubro de 1893, Mário Raul de Moraes Andrade morou quase a vida toda com os pais. Durante a infância, era adepto ao piano e chegou a ser matriculado no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. Seu primeiro livro de poemas, intitulado Há uma gota de sangue em cada poema, foi publicado em 1917. 

Além de poesia, o repertório de Mário de Andrade conta com inúmeras obras de prosa, tendo como criação mais notória Macunaíma (1928). Trata-se de um romance modernista sobre um índio nascido na Floresta Amazônica e as aventuras que o levam até São Paulo para recuperar seu muiraquitã, um pequeno amuleto popular na cultura indígena. 

O escritor foi um dos nomes mais importantes na construção do modernismo brasileiro. Ele participou da Semana de Arte Moderna de 1922 ao lado de artistas como Oswald de Andrade, Menotti del Picchia e Anita Malfatti — que, inclusive, pertenciam ao Grupo dos Cinco, com Tarsila do Amaral. As produções de Mário de Andrade têm como principais características a busca pela identidade nacional, a liberdade formal e a valorização da linguagem coloquial.

FUNAG e o Instituto Guimarães Rosa 

A FUNAG foi criada há mais de 50 anos, com base na Lei nº 5.717, de 26 de outubro de 1971, e está associada ao Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty). Ela realiza ações como a promoção de atividades de cunho cultural e pedagógico no campo de relações internacionais e a divulgação da política externa brasileira. Para mais informações, clique aqui. 

Também parte do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o Instituto Guimarães Rosa tem o lançamento oficial previsto para este mês, em virtude do Bicentenário da Independência. Com o nome designado em homenagem ao célebre escritor brasileiro, a missão da instituição é propagar a língua portuguesa e a cultura brasileira ao redor do mundo. Para mais informações, clique aqui. 

Esse material é muito importante para aprendermos mais sobre a nossa cultura, concorda? Então compartilhe nosso artigo com os(as) amigos(as) e inicie a leitura com eles(as)! 

No Canal do Ensino, leia também: 

Boa leitura e até o próximo texto! 

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo