Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Início ano letivo: como organizar e preparar as aulas

Início ano letivo: como organizar e preparar as aulas

Olá, leitor!

Mais um ano se inicia e a necessidade de se organizar e preparar as aulas também. Mas como fazer isso da melhor forma sem se estressar antes de começar efetivamente o trabalho?

Vamos conversar sobre isso nesse artigo, onde trazemos sugestões que poderão ser usadas o quanto antes. Confira!

Pontos a serem considerados antes de começar

inicio-ano-letivo-como-organizar-e-preparar-as-aulas

  • Qual o ano escolar? Educação infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior?
  • Qual o conteúdo a ser trabalhado? De acordo com o programa de ensino e sua disciplina.
  • Qual o material didático disponível? O que tem em casa ou na escola. O que terá que adquirir?
  • Qual sua proposta de trabalho? Seus fundamentos como ser humano, seu trabalho pedagógico.

Definidos esses pontos, fica mais fácil organizar seu material de acordo com sua rotina diária e seu espaço. Vamos trabalhar essas questões primeiramente então.

Qual ano escolar?

De acordo com a série, você saberá se irá desenvolver seu trabalho com crianças pequenas, crianças maiores, adolescentes ou adultos. Cada fase de vida tem sua peculiaridade.

Com crianças pequenas, você terá que ter uma disposição física maior. Procure pensar nisso ao planejar sua agenda. Reserve um tempo para se exercitar, fazer alongamento, meditação, cuidar de sua saúde física e mental.

Nosso artigo sobre, 10 dicas que o professor da creche precisa saber, poderá servir de consulta nessa fase de sua preparação.

Além disso, lembre-se de que crianças na primeira fase de vida ainda sofrem por estarem longe de sua mãe. Precisará de uma dose a mais de carinho e atenção.

Crianças maiores já estão mais acostumadas com a rotina escolar, mas costumam ser mais desafiadoras, gostam de testar os professores com perguntas difíceis ou entrando em outro assunto.

Aproveite isso a seu favor. Pense nisso ao criar suas aulas. Lembre-se de incluir atividades mais dinâmicas em seu planejamento. Atividades fora da sala de aula, visitas à outras localidades.

Sugestões de livros: Portal do Professor

Adolescentes precisam de atenção diferenciada, lembre-se que querem mostrar que cresceram e não costuma responder bem às atitudes autoritárias. Procure agir com autoridade, mas sem autoritarismo.

Se for a primeira vez que trabalhará com essa idade, interessante ler material que lhe auxilie na forma de lidar com essa faixa etária.

Cursos e autores sobre o assunto são encontrados facilmente na internet. Tire um dia para fazer uma pesquisa sobre o assunto.

Sugestão de livros:

Nascidos na era digital - entendendo a primeira geração de nativos digitais.  John Paulfrey

Para entender o adolescente - Dr Ronald Pagnocelli.

Adolescentes, quem ama educa – Içami Tiba

Sugestão de curso online: Como fazer com que seus filhos cooperem.

Qual o conteúdo a ser trabalhado?

Sendo escola pública ou particular, já existe uma programação de conteúdo que é feita em algum momento no planejamento pedagógico da escola.

Fora isso, existe a BNCC (A Base Nacional Comum Curricular) que define o que deve ser ensinado aos alunos segundo a legislação.

Na formação de professor tem-se um embasamento de conteúdo adequado à cada série. Mas com o passar do tempo surgem novidades que precisam ser inseridas no ano letivo. Esteja atento ao mundo faça parte da vida do professor.

Nas férias você pode ter se desligado das notícias, então, antes do ano letivo começar, inteire-se sobre o que há de novo no mundo do ensino e da educação e nos assuntos gerais.

Sugestões de sites:

Últimas notícias – Ministério da Educação

Veja Educação

Novidades sobre educação – TecMundo

G1- Últimas notícias de Educação

Qual o material didático disponível?

Já estando por dentro do conteúdo, verifique o material que dispõe em casa e na escola. Livros, cadernos, revistas, sites, vídeos e material de papelaria.

Procure adquirir o que irá utilizar durante o ano, se possível ainda antes de começar, por questão de tempo e praticidade mesmo, pois, durante o ano estará envolvido com outras coisas e provavelmente não terá tempo.

Existem comunidades, grupos em redes sociais e blogs que disponibilizam algum material que poderá ser útil a você professor. Pesquise esses grupos e compartilhe desse material. Verifique com colegas que tenha contato também.

Se possível visite feiras, bazares, lojas de artesanato, além das papelarias que já conhece, pois, muita coisa poderá ser adquirida por um preço melhor e você poderá disponibilizar recursos para outras ferramentas de trabalho.

Veja também o que há disponível no mercado tecnológico e digital. Tem surgido muito material realmente útil para professores de toda a educação básica e ensino superior. Vale a pena dar uma olhada.

Procure inserir esse material em suas aulas, se possível. Lembre-se que as crianças e os jovens estão sempre conectados quando o assunto é informática.

Qual sua proposta de trabalho?

Sua visão de mundo, seus valores, seu entendimento de ensino e aprendizagem demonstram o profissional que você é. Além do conteúdo programado, o professor poderá trabalhar temas complementares que ajudam na formação do indivíduo.

Questões sobre ética, sustentabilidade, responsabilidade com o planeta, cidadania são assuntos que poderão ser levados aos alunos para torná-los responsáveis pelo seu futuro.

Provavelmente esses temas já estão inclusos nas propostas da escola, procure apenas como trabalhar da melhor forma esses assuntos enriquecendo o seu fazer pedagógico.

Mais uma vez, a leitura de revistas e sites especializados será importante.

Avaliados esses pontos, organize-se

Nesse artigo, 7 dicas para ter motivação no trabalho explicamos dentre outros pontos, como organizar-se . Pode ser útil a você.

Separe seu material didático

De preferência tenha um armário, uma estante, uma caixa grande ou um baú, para separar seu material do restante de sua casa.

Se tiver filhos ou crianças em casa, esse cuidado ajudará a manter seu material durante o período calculado para usá-lo, sem desperdício nem necessidade de comprá-lo novamente.

Tenha uma agenda para usar em casa, além do diário de classe

Diário de Classe, ou registro pedagógico servem para anotar o acompanhamento do processo educacional de cada aluno, seu comportamento, suas dificuldades, sua habilidades, atividades, testes e pesquisas.

Na agenda ficam suas anotações pessoais, seu roteiro de trabalho, lembretes, enfim, um material extra. Procure mantê-la organizada e segui-la para não se perder depois. Questões como pesquisas, lugares para visitação, telefonemas – essas são suas principais utilidades.

Tenha à mão um kit de sobrevivência

Pode parecer exagero, mas os professores experientes sabem o quanto é útil, principalmente para trabalhar com crianças pequenas, ou em escolas públicas que tenham recursos reduzidos.

O kit sobrevivência do professor pode conter:

  • Canetas esferográficas, lápis e borrachas extras;
  • Fita adesiva, cola bastão, pincel atômico, canetas hidrográficas, lenço umedecido ou uma toalhinha;
  • Tesoura sem ponta, clipes e barbantes também serão bem vindos;
  • Etiquetas, elásticos, revistas;
  • Álcool em gel, trena (ou fita métrica), grampeador.

Você como professor vai escolher o que terá em seu kit, de acordo com sua necessidade e seu trabalho.

Tenha sempre à mão, carregue junto com seu diário de classe, sua agenda, seu material de trabalho. Mais cedo ou mais tarde precisará dele.

Prepare-se emocionalmente

Essa sugestão serve não só para professores, mas para todos profissionais que lidam diretamente com equipes, grupos de crianças ou adultos.

Como seres humanos, encontraremos pessoas com atitudes e caracteres diferentes. Uns carinhosos, outros nem tanto. Uns compreensivos outros rebeldes. Uns tristes outros alegres.

  • Esteja preparado para lidar com essa diversidade emocional. Inclusive a sua. Se for possível, leia artigos, consulte profissionais da área psicológica.
  • Encontre uma maneira de se equilibrar diante das dificuldades que seu trabalho lhe proporciona. Atividades físicas ao ar livre, ioga, terapia. Tudo que favorece seu equilíbrio psicológico e emocional.
  • Profissionais da área garantem que, se todos conseguissem autocontrole antes de começar o ano letivo, não terminariam tão esgotados.
  • É claro que algumas questões como a infraestrutura do local de trabalho, a equipe da escola e questões salariais, fogem de sua competência, mas seu comportamento diante a essas questões, não.
  • Separe um lugar em sua vida para descansar, relaxar, evitando assim descontar nos colegas de trabalho, nos alunos e na própria família as consequências de seus aborrecimentos ou frustrações.
  • Pode ser em casa ou num parque, em uma praça ou na própria instituição de ensino. Crie seu lugar de descanso.
  • Espalhe almofadas ou um tapete, coloque uma música suave, leia revistas ou livros de romance, poesia ou outra leitura mais leve.
  • Tenha a mão água fresca, chás calmantes ou suco de frutas. Assim poderá repor suas energias para manter a qualidade de vida.
  • Quando os problema surgirem, converse sobre eles a fim de resolver ou aprender a lidar com eles. Que não seja para reclamar somente. Tente fazer o melhor que lhe for possível.

Com todas essas sugestões, esperamos lhe ajudar a organizar-se e fazer um roteiro satisfatório para seu trabalho.

Até breve!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo