Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Guia detalhado mostra como fazer doutorado na USP

Guia detalhado mostra como fazer doutorado na USP

Olá, leitor!

Fazer um doutorado na Universidade de São Paulo (USP) é o sonho de muitos brasileiros. Não é para menos, a universidade é uma das mais conceituadas do país e tem formado grandes profissionais desde sua fundação.

Escolher o local onde irá estudar é fundamental para quem está preocupado em ter o melhor ensino e vencer na carreira acadêmica.

A USP com certeza é uma das universidades mais procuradas do país. Infelizmente, o processo seletivo pode ser um pouco difícil.

Para ajudar você a realizar este sonho, selecionamos algumas dicas que podem auxiliar o interessado em obter um diploma de doutorado por esta universidade.

Entenda como funciona a seleção e o que você pode fazer para ter a alegria de ver seu nome na lista de aprovados. Saber como fazer doutorado na USP pode ser o primeiro passo para alavancar sua carreira acadêmica. Confira!

Continuar os estudos com um doutorado pode ser o melhor para sua carreira

fazer_doutorado_na_USP_doutorado_USP_

Conhecimento é sua principal ferramenta para fazer a sua e a vida de muita gente melhor. Optar por continuar os estudos pode ser não só a melhor decisão para você, mas também uma maneira de tornar seu entorno um local mais justo e saudável.

Em épocas de recessão econômica, é comum ouvirmos pessoas afirmando que um doutorado pode ser uma escolha arriscada.

Também é comum escutarmos que o mercado de trabalho está saturado e não precisa de mais doutores. Você precisa confiar no conhecimento adquirido para seguir em frente.

O estudo acadêmico e a busca pela profissionalização podem fazer toda a diferença não só na sua vida financeira, mas também em todos os outros aspectos.

USP: instituição tradicional que preza pela qualidade e ensino

A Universidade de São Paulo é estadual e mantida pelo governo de São Paulo. É considerada a maior universidade pública brasileira e a mais importante do país.

São 42 unidades de ensino e pesquisa, distribuídos em dez unidades. A capital São Paulo conta com 3 campos.

O restante da universidade está distribuído em Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Santos e São Carlos.

A USP possui um total de 246 cursos de graduação e 229 cursos de pós-graduação. A universidade foi criada em 1934 e diversas figuras importantes da história do Brasil já estudaram nesta instituição.

Para se ter uma ideia, treze dos quarenta e três presidentes do país são egressos desta universidade. Saiba como estudar na USP e faça parte desta instituição histórica.

Como funciona o programa de Pós-graduação e Doutorado da Universidade?

Fazer um doutorado não é algo simples. Desta maneira, você precisa entender exatamente como funciona o programa de pós-graduação na universidade de sua escolha.

No caso da USP, a universidade oferece dois tipos de cursos de pós- graduação. Você pode cursar tanto a  pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) quanto a lato sensu (especialização e MBA).

Para se inscrever, você precisa entrar em contato com o programa de pós-graduação escolhido, o que pode ser feito diretamente no site do programa de pesquisa, que terá todas as informações necessárias.

Como é uma universidade pública, você não terá de pagar mensalidade caso seja selecionado, porém, pode haver um custo para a inscrição do processo seletivo.

Este custo é tabelado e, de acordo com normas da própria USP, não pode passar de 200 reais.

A universidade tem diversas parcerias com instituições estrangeiras e pode haver possibilidades de doutorado sanduíche e de cursos no exterior. Verifique diretamente com o programa de pesquisa escolhido.

O doutorado dura cerca de de 36 a 60 meses. No entanto, o Doutorado Direto pode ser concluído em até 72 meses, dependendo do programa.

A obtenção do diploma dependerá do cumprimento das exigências do curso, incluindo a defesa da Dissertação ou da Tese. Cada programa tem seus próprios regulamentos, porém, todos são ditados pelo Regimento de Pós-graduação da USP.

Passo a passo para realizar o sonho de doutorado na USP

Primeiramente, o interessado em estudar na Universidade de São Paulo no programa de pós-graduação, deve saber que cada área e que cada curso tem suas peculiaridades.

Pesquise e conheça as necessidades e as exigências do local onde quer estudar.

Tanto o processo de seleção do mestrado como o de doutorado, leva tempo e exige muita preparação e dedicação do candidato.

Como a USP é uma das universidades mais concorridas e com um processo seletivo bastante exigente, esta preparação deve ser levada mais a sério ainda.

Fazer um doutorado na USP pode parecer um sonho distante e difícil de ser alcançado. No entanto, não é impossível. Preparamos algumas dicas que podem ajudar você a se preparar melhor para este processo.

Descubra como estudar na USP e vença mais uma etapa da sua carreira acadêmica!

1 – Tenha em mente aquilo que quer estudar

Antes de começar a pensar no doutorado e em sua pesquisa, tenha em mente aquilo que pretende estudar e o que gosta de fazer.

Concluir um grau acadêmico é uma tarefa muitas vezes complicada, assim, você precisa pesquisar aquilo que ama para não se sentir desmotivado.

Será mais fácil conhecer o assunto, o que está sendo produzido e a quem você deve recorrer na hora da pesquisa se tiver domínio sobre o tema.

2 – Foque no lattes

Para passar em qualquer seleção, seja de doutorado ou mestrado, é preciso que o candidato foque em deixar seu lattes mais completo.

O currículo lattes é uma ferramenta essencial para o pesquisador e deve ser sempre mantida atualizada.

Para isso, é importante que o candidato participe de simpósios, publicações, eventos de todos os gêneros e esteja envolvido totalmente com a vida acadêmica.

O lattes é um dos quesitos que mais pesa na seleção. Aproveite para fazer cursos, participar de programas de extensões na própria USP.

Esteja em contato com grupos de estudo e não pare sua pesquisa. Isto poderá abrir inúmeras portas para o candidato.  

3 – Coloque em prática um bom projeto de pesquisa

O projeto de pesquisa é importantíssimo na hora da seleção. Defina bem o tema que quer pesquisar, comece a verificar bibliografias e quais são os melhores autores para utilizar. Veja o que já foi pesquisado sobre o assunto.

Montar um projeto de pesquisa bem embasado é 70% do caminho para a aprovação na seleção de doutorado. Lembre-se que o tema deve ser algo pelo qual você seja apaixonado.

4 – Verifique os possíveis orientadores e comece o contato

Outra dica importante para quem quer passar na seleção de doutorado da USP é começar a conhecer seus possíveis professores.

O bom é você se matricular como aluno especial. Nesta modalidade, você assiste uma disciplina do doutorado sem vínculo com a instituição.

Aproveite para fazer uma disciplina como aluno PEC, conhecer os professores e seu possível orientador.

Ao entrar em contato com o seu orientador, poderá verificar a disponibilidade e o interesse dele para sua orientação e conversar sobre os melhores caminhos a serem seguidos para aprovação.

Aproveite para aprender com ele. A visibilidade do seu projeto de pesquisa é o que te levará longe.

5 – Estude para a prova de seleção com o máximo de antecedência possível

A maioria dos programas de pós-graduação realiza uma prova para a seleção dos alunos. Esta não é uma prova fácil, por isso é importante que você tenha conhecimento da bibliografia e comece a estudar bem antes para a aprovação.

O ideal é que num prazo de um ano e meio antes, você dê uma olhada nos editais de anos passados e verifique a bibliografia exigida, e as regras da seleção. A partir desse momento é que deve começar seus estudos de verdade.

Isto fará com que você se sinta mais preparado. Lembre-se que este é um processo extremamente concorrido. Além disso, é bom dar uma olhada no inglês e espanhol, já que são exigências para a aprovação.

Não fui aprovado. E agora?

Se você não estava preparado o suficiente para ser aprovado, não desanime. A concorrência tem aumentado muito e não são todos os processos seletivos que são totalmente justos. Mas saiba que o preparo é muito importante.

Se possível, converse com o seu orientador a possibilidade de conduzir trabalhos para melhorar o seu currículo, dando atenção aos pontos fracos do mesmo, para que no processo seletivo do ano seguinte, você esteja em melhores condições de disputar a vaga.

Por isso, prepare-se muito bem. Talvez seja interessante conhecer a respeito do orientador, não que seja fundamental.

Verifique bem a linha de pesquisa que quer trabalhar e se enquadre no programa. É importante aguçar a autocrítica e perceber se este perfil de egresso é compatível com suas aspirações.

É interessante também ler muitos artigos científicos para visualizar pesquisas já feitas, pois é sempre recomendado inovar. É bom ter bastante leitura, porque na entrevista isso é perguntado!

Fazer doutorado na USP é um sonho possível. O diploma espera por você!

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo