Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Guia completo sobre educação virtual

Guia completo sobre educação virtual

Olá, leitor!

O módulo de educação virtual tem sido um assunto bem falado ultimamente, dentro do tema educação a distância (Ead) e devido aos avanços tecnológicos que vem proporcionando um leque maior de possibilidades de estudo. Para entender de uma vez por todas essa perspectiva de ensino, trouxemos o guia completo sobre educação virtual, para você que está interessado no tema, seja como estudante ou profissional da área de ensino.

Saiba seu significado, sua importância e sua aplicabilidade. Boa leitura!

O que é educação virtual?

Educação virtual

Fonte: Reprodução

Educação virtual é a modalidade de ensino que é realizada normalmente a distância com o auxílio de ferramentas tecnológicas como o computador, o celular, o tablet e a televisão. Pode ser ainda um recurso aliado à educação presencial como complemento ao trabalho do professor regente.

Esse tipo de educação oferece vantagens e desvantagens durante o processo, de acordo com as necessidades dos alunos ou o objetivo dos professores. Mais a frente falaremos sobre isso.

Presencial

A educação virtual poderá se dar no modo presencial ou semi-presencial. Em caso de cursos Ead pode ocorrer tanto totalmente à distância quanto semi-presencial.

Em cursos regulares, onde existe a presença física de professores, a educação virtual ocupa uma parte do cronograma de estudos, seja em disciplina de informática ou de recursos áudio-visuais, ou como ferramentas de pesquisa e construção do conhecimento nas diversas disciplinas.

Em termos práticos, em um curso presencial o professor poderá trabalhar com os alunos temas específicos utilizando plataformas digitais voltadas à educação.

Estas plataformas oferecem recursos de vídeo-aulas ou documentários, material pedagógico em pdf, áudios e até mesmo games para exercitar o aprendizado. Normalmente oferecem instruções específicas tanto para professores quanto para alunos.

Educação à distância

Quando o curso Ead é semi-presencial, em termos gerais é realizado a maior parte no ambiente virtual, porém com encontros presenciais agendados durante o curso.

Como é realizado em sua maioria à distância, o estudante precisa ter acesso à internet. Sendo assim, é necessário que o internauta tenha a mão um computador com memória boa, placa de vídeo adequada e internet não tão lenta. Essas configurações costumam ser solicitadas e feita sua verificação antes mesmo da inscrição.

Existem projetos não governamentais, de cooperativas, entidades filantrópicas ou mesmo de instituições públicas que oferecem esse tipo de curso. Costuma-se usar salas virtuais na própria instituição e assim o estudante que não tenha computador ou internet possa realizar seus estudos nesse ambiente.

Em caso de curso totalmente à distância tudo é realizado online, seja em datas específicas agendadas previamente ou de acordo com a disponibilidade do internauta – nesse caso, o curso costuma ter um período de validade para ser concluído que pode ser em horas ou meses. A certificação, caso haja, também é obtida pelo próprio aluno, pela internet.

Professores poderão dar aulas pelas plataformas de estudo. Para isso devem estar cadastrados em alguma instituição ou site voltado a esse objetivo. É preciso verificar se está de acordo com especificações de ensino conforme a legislação vigente.

Leia também: Personalização na educação 

Qual a importância do ensino virtual?

Diante dessa oferta atrativa de cursos virtuais precisamos estar atentos não só a facilidade ou comodidade dos estudos. É interessante observar a sua importância para crescimento do conhecimento seja entre crianças, jovens ou adultos.  

O ensino por intermédio da tecnologia por si só já atrai interesse por parte de jovens, adolescentes e crianças: elas gostam muito de novidades e essa área está sempre surpreendendo. Esse é o primeiro ponto: maior interesse dos estudantes.

A educação virtual muitas vezes facilita a construção do saber espacial com os softwares adequados. Conteúdos de matemática, física e ciências por exemplo, poderão ser melhor observados no computador com programas que mostram figuras tridimensionais, a representação de volumes, medidas, o corpo humano por dentro, o cosmos e muito mais.

Em relação a aquisição do conteúdo a importância está no acesso a uma variedade imensa de bibliotecas virtuais de domínio público ou das próprias instituições. Vale a pena seguir sugestões de professores e fontes bibliográficas atestando a qualidade do material.

Outro ponto importante é a possibilidade de criar grupos de estudos, interagir com internautas de diversas regiões do planeta e assim desenvolver projetos e formar parcerias com outras instituições, professores e estudantes do mundo todo.

Desse modo há um desenvolvimento na comunicação social promovendo a sociabilidade em prol de soluções de interesse mundial.

O ensino virtual é uma realidade e não há porque fugir disso. Tanto estudantes quanto professores precisam acompanhar essa vertente e procurar se aprimorar em relação a isso. É preciso ler tudo que surgir de novo sobre o assunto e procurar praticar a medida do possível, conforme sua realidade.

A seguir falaremos um pouco mais sobre as vantagens e também as desvantagens deste tipo de ensino.

Talvez goste também: 19 projetos de aprendizagem criativa para usar em sala de aula.

Vantagens e desvantagens de um ensino virtual

Uma das maiores vantagens é a possibilidade de se estudar a distância. Muitos estudantes moram em regiões distantes de uma instituição de ensino, impossibilitados até mesmo de se dirigir ao local de estudo mais próximo por questões de  localidade de difícil acesso.

Se existir internet em um local próximo, mesmo que seja em uma associação ou estabelecimento comercial, já favorece ao estudante acesso ao curso de seu interesse.

A questão financeira é outro ponto bem considerável. Grande parte dos cursos Ead são gratuitos ou são de preços acessíveis e ainda oferecem formas de pagamento bem variadas.

É preciso antes de mais nada verificar se o curso está de acordo com as exigências do Ministério da Educação a fim de ser validado seu certificado, caso haja.

Outro ponto importante é o acesso a materiais exclusivos como: gráficos, vídeos, documentários, material didático para download, entre outros, cuja disponibilidade não seria possível a quem não tem oportunidade de adquirir tais materiais ou ter acesso à fonte original.

No entanto é preciso considerar algumas desvantagens no caso dos cursos totalmente à distância, como o fato de a interação entre outros estudantes e mesmo os professores ser apenas virtual.

Essa questão desfavorece a socialização principalmente dos jovens e adolescentes. Nesse caso é interessante que haja algum evento para reunir os estudantes em momento de confraternização.

Um fator que se enquadra como desvantagem é a desmotivação, o desinteresse que pode ocorrer em estudantes em algum período do curso ocorrendo a desistência do estudante.

Quem entra em um curso por conta própria precisa ter foco e disciplina para continuar e concluir o curso com excelência. Até mesmo os mais experientes podem passar por isso.

A questão do comportamento social: trabalhar ações como saber ouvir, cooperar com os outros indivíduos, a solidariedade, a visão do outro, são imprescindíveis para o crescimento saudável dos indivíduos e tendem a ser melhores desenvolvidas entre eles fisicamente.

Fica o lembrete: assim como os livros sempre terão seu espaço nas estantes de quem gosta de ler, as salas de aulas reais terão sempre seu papel na educação.

Saiba mais: Como você pode se tornar um professor interativo

Para ampliar seu conhecimento prático sobre a educação virtual, seguem algumas sugestões de artigos aqui publicados: 

Até breve!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo