Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Idiomas e Línguas » Governo oferece curso de libras totalmente gratuito

Governo oferece curso de libras totalmente gratuito

Olá, leitor!

O Governo Federal, por meio do INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos), está oferecendo gratuitamente o curso de LIBRAS. A iniciativa é válida para qualquer pessoa que tem interesse em aprender, professores em formação, e favorece principalmente famílias de crianças surdas.

Confira abaixo mais informações sobre o curso, a Instituição responsável e a importância do curso de libras para a sociedade.

Sobre o INES

O INES é responsável por garantir educação de qualidade do ensino fundamental até o ensino médio para surdos, além de oferecer também ensino profissionalizante para inserir o surdo no mercado de trabalho.

O INES tem feito esse trabalho desde 1855, quando foi implantada no Brasil a ideia de educação à comunidade surda. A partir dessa iniciativa, o projeto foi se tornando reconhecido mundialmente e consagrada como a maior Instituição de formação, educação, profissionalização e socialização de surdos.

Ainda está em fase de oficialização e legalização, a proposta de educação bilíngue para surdos. O Instituto busca capacitar e qualificar pessoas surdas para que consigam obter maiores oportunidades no mercado de trabalho e melhores condições de socialização no mundo globalizado.

A importância da língua de sinais para a inclusão social

A LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais) é uma forma de linguagem natural que contém uma estrutura gramatical própria e regras gramaticais que são obtidas por meio de sinais, expressões faciais e corporais.

Diante da necessidade de comunicação e inserção na sociedade, estudiosos se dedicaram a criar uma nova forma de comunicação, a LIBRAS. Vale ressaltar que a linguagem de sinais é distinta em cada país, o que leva em conta fatores regionais e culturais.

A linguagem de sinais foi reconhecida no ano de 2005 como uma das línguas oficiais do Brasil. A partir desse reconhecimento, Universidades que oferecem cursos de letras, formação de professores e fonoaudiologia são obrigadas a incluírem na grade curricular a disciplina de LIBRAS.

Esse avanço possibilitou a valorização da linguagem de sinais, que consequentemente proporcionou aos brasileiros com essa condição, maiores chances de inclusão na sociedade.

O conhecimento na linguagem de sinais é valioso aqui no Brasil. Quem já possui um aprendizado sobre LIBRAS pode além de trabalhar como intérprete, pode auxiliar, interagir e ensinar os surdos.

Sobre o curso

O curso de LIBRAS é ofertado a cada semestre, tendo início no primeiro semestre de 2018. São 5 módulos completos e gratuitos para toda a comunidade. Quem já possui um certo conhecimento na linguagem de sinais, deverá passar por um teste de nivelamento para saber em qual nível começar as aulas.

O objetivo dessa oferta gratuita de curso de LIBRAS é difundir o uso da linguagem de sinais por toda a comunidade brasileira. A duração do curso é de aproximadamente 2 anos e meio, tendo como base a relação abaixo:

  • Nível 1: Duração de 4 meses com carga horária de 50 horas
  • Nível 2: Duração de 4 meses com carga horária de 50 horas
  • Nível 3: Duração de 4 meses com carga horária de 50 horas
  • Nível 4: Duração de 4 meses com carga horária de 50 horas
  • Nível 5: Duração de 4 meses com carga horária de 50 horas

As aulas são de caráter presencial e com frequência de 1 vez por semana. A duração das aulas é de aproximadamente 3 horas com intervalo de 10 minutos. Em relação aos turnos, serão disponíveis turnos na parte da manhã, tarde e noite, sem possibilidades de aulas aos sábados.

Para realizar a inscrição, basta entrar em contato por e-mail: dfcrh@ines.gov.br telefone: (21) 3826-2139 ou ir até o INES no endereço: Rua das Laranjeiras, 232 – sala 308 – Laranjeiras, Rio de Janeiro. Para mais informações, baixe o informativo do curso de LIBRAS disponível para download. Acesse também o site do INES para saber mais sobre a Instituição e sobre a oferta do curso.

Até logo!

 

comentários (3)

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo