Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » FMP/Fase realiza projeto de incentivo à leitura

FMP/Fase realiza projeto de incentivo à leitura

Olá leitores do Canal do Ensino!

Artigo sugerido pela leitora Fernanda Oliveira

A Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase) deu início a ação inédita de incentivo à leitura e à educação em Petrópolis. Trata-se do projeto “Livro Solto”, que consiste em espalhar livros de vários gêneros em diferentes locais da faculdade. A atividade, que já é sucesso em outros países, pode ganhar as ruas de Petrópolis, incentivando a população a participar dessa grande rede literária.

A ideia é fugir dos padrões de uma biblioteca convencional. Desta forma, os livros doados são distribuídos em diferentes áreas da faculdade, permitindo que qualquer pessoa que visite o campus possa ler e até mesmo levá-lo para casa, tendo apenas o compromisso de passá-lo para outra pessoa ou colocá-lo em qualquer lugar na instituição.

Na primeira semana do projeto foram recebidos 37 livros, entre os quais Crônica de um amor louco, de Charles Bukowski, Elogio da Loucura, de Erasmo de Rotterdam e Memorial de Aires, de Machado de Assis, Stupid White Men, de  Michael Moore, e Passageiro para Frankfurt e Aventura em Bagdá, de Agatha Christie.

A ação foi apresentada pela ex-aluna Ruana Rueda, graduada em Medicina que, com base em projetos já existentes, como o Book Crossing (Estados Unidos), propôs a iniciativa. “Ao recebermos os livros, apenas colocamos a etiqueta com as informações da instituição e o nome da pessoa que o doou e, logo, o exemplar é solto em algum local do campus. Assim, contribuímos com o conceito de que a arte, a cultura e o conhecimento devem estar disponíveis em qualquer lugar”, comenta Ricardo Tammela, coordenador de Projetos Especiais da FMP/Fase.

A campanha, criada em comemoração aos cinco anos do Centro Cultural da instituição, também é uma forma de contribuição para os alunos que possuem pouco tempo para participar de cursos, eventos e demais projetos que contabilizam como atividade complementar, algo obrigatório para a formação dos estudantes. “Para incentivar os alunos, a instituição concederá uma hora de atividade complementar a cada cinco livros doados para a campanha. Já as demais pessoas ganharão um adesivo com a mensagem: Eu soltei um livro, que comprova a contribuição com o projeto”, completa o coordenador.

Dependendo do número de exemplares doados, a intenção é que, futuramente, o projeto ultrapasse os muros da instituição e seja praticado em parques, lanchonetes, cafés e demais locais públicos da cidade, sempre visando a vida útil do livro, assim como o número de pessoas impactadas com ação.

Qualquer pessoa pode colaborar com a campanha, basta doar qualquer livro, que não seja técnico.  Os exemplares podem ser entregues no Centro Cultural da FMP/Fase (Av. Barão do Rio Branco, 1003). Caso não possa comparecer ao espaço, entre em contato por email: cpe@fmpfase.edu.br

O projeto que está sendo realizado na instituição, futuramente pode ganhar as ruas da cidade

Que ótimo seria se tivessemos mais iniciativas como esta.

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo