Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Farmácia: guia completo da carreira e curso

Farmácia: guia completo da carreira e curso

Olá, leitor!

O mercado farmacêutico está crescendo e avançando mesmo em meio a crise, de acordo com dados da GlobalData, a expectativa é que até 2020, a indústria farmacêutica tenha no Brasil um valor de mercado de US$48 bilhões. Em 2017 a indústria farmacêutica fechou faturamento com aumento de aproximadamente 13% comparado aos anos anteriores.

São ótimas notícias para quem está pensando em fazer um curso na área. Com esta perspectiva positiva, o mercado de trabalho na área de farmácia demanda profissionais para atuar nas áreas de pesquisa, desenvolvimento, teste e distribuição.

Preparamos este guia explicando como você pode se tornar um farmacêutico, dados sobre salários, onde estudar e quais os primeiros passos na carreira de Farmácia. Confira mais informações a seguir!

Carreiras de Farmácia e mercado de trabalho

farmacia-guia-completo-da-carreira-e-curso_Prancheta 1

A grande maioria dos profissionais de farmácia, trabalha como farmacêuticos em grandes cadeias de varejo ou farmácias independentes, mas existem outras opções de trabalho disponíveis no meio acadêmico, como professores universitários e pesquisadores, diversos cargos em órgãos reguladores (cargos públicos) e também na indústria farmacêutica.

Principais setores de atuação do farmacêutico

O profissional pode seguir carreira acadêmica em universidades que oferecem cursos de graduação em Farmácia. Além da carreira acadêmica há muitas oportunidades, o profissional farmacêutico pode atuar em:

  • Farmácias e drogarias privadas;
  • Farmácias com manipulação e homeopatia;
  • Farmácias hospitalares;
  • Farmácia pública;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Indústrias farmacêuticas;
  • Distribuidoras de medicamentos ;
  • Importadoras de medicamentos.

Funções da profissão de farmácia

  • Farmacêutico industrial;
  • Farmacêutico hospitalar;
  • Pesquisador científico em Centros de Pesquisa Clínica;
  • Professor de ensino superior ou de curso técnico profissionalizante;
  • Representante de vendas (medicamentos, cosméticos e perfumaria, instrumentos e equipamentos de análises);
  • Farmacologista;
  • Farmacêutico de desenvolvimento de produtos/processos;
  • Analista de Assuntos Regulatórios de indústrias farmacêuticas;
  • Fiscal de vigilância sanitária;
  • Responsável técnico (farmácias na rede de varejo, em laboratórios e também em indústrias farmacêuticas);
  • Toxicologista;
  • Atendente de farmácia;
  • Farmacêutico bioquímico (análises clínicas).

Salário

O Piso Salarial do profissional farmacêutico (técnico e bacharel), é definido pelo sindicato dos farmacêuticos de cada estado e sendo assim, cada estado tem um piso salarial diferente.

Para exemplificar como isso pode impactar, no interior do estado de São Paulo, o piso salarial referente ao biênio 2016/2017 para farmacêuticos que atuam em Farmácias e Drogarias, foi de R$2.945,00, já para os que atuam na indústria o piso estipulado foi de R$8.300,00.

O salário médio nacional para um farmacêutico em 2017, foi de R$2.700,00 o que não é muito pensando na formação exigida e responsabilidade que o profissional precisa ter.

Conselho Federal de Farmácia – CFF

Para atuar como profissional, os farmacêuticos (bacharéis ou técnicos) precisam ter a licença e registro no Conselho Federal de Farmácia, os profissionais fazem seu registro num escritório regional (CRF – Conselho Regional de Farmácia)

Os conselhos têm a função de habilitar o profissional para exercer legalmente a profissão de farmácia, fazendo seu registro e também oferecendo esclarecimentos quanto a atuação.

Há algumas funções que competem somente ao profissional de farmácia e cabe ao CRF garantir que as atividades e áreas exclusivas de farmácia, sejam exercidas por profissionais legalmente habilitados.

Confira a lista com endereços e contato dos Conselhos Regionais de Farmácia.

Como é o curso de técnico em farmácia?

Os cursos técnicos de farmácia como, por exemplo, o oferecido pela rede pública nas ETECs, têm um programa de formação de dois anos.

Os estudantes precisam fazer estágio supervisionado nos últimos semestres do curso, para obterem a certificação e após, precisam obter a licença no conselho da categoria como técnico de farmácia.

As aulas incluem tópicos teóricos das disciplinas de farmácia, desde biologia até economia, aulas que incluem química, bioquímica e fisiopatologia, manipulação de fórmulas, laboratório, boas práticas, segurança, atendimento e etc.

Como é o curso de Bacharel em Farmácia?

Segundo dados do Conselho Federal de Farmácia, o Brasil tem 529 cursos de farmácia.

Matérias

O curso de graduação para formação de Bacharel em Farmácia, abrange disciplinas de ciências biológicas, microbiologia, genética, informação científica, farmácia e os aspectos da profissão farmacêutica, biossegurança, primeiros socorros, praticas de laboratório, gestão e supervisão de laboratórios, assuntos regulatórios, farmacopeias, Física para Farmácia, noções de Estatística e cálculos, cálculo para Ciências Biológicas, e diversas disciplinas de química.

Duração do curso de Farmácia e estágio

O curso de graduação em Farmácia tem duração média de 5 anos (10 semestres) e exigem estágio supervisionado.

Onde estudar Farmácia

Veja algumas universidades públicas que oferecem o curso de graduação em farmácia gratuito:

Pós graduação na área de Farmácia

Além dos cursos de bacharelado, os farmacêuticos também podem optar fazer uma pós-graduação e obter um certificado avançado em diversas áreas de especialização.

Há várias opções de cursos de especialização, mestrado e doutorado. Para obter os certificados, que normalmente podem ser concluídos em dois anos (Mestrado) a quatro anos (Doutorado), estão disponíveis em áreas que vão desde economia farmacêutica e saúde pública até doenças infecciosas.

Se você esta pensando em prestar um vestibular para curso de farmácia, procure além de estudar para o ENEM, desenvolver outras habilidades que farão você se tornar um profissional de sucesso nessa área. Algumas habilidades que são requisitadas pelos empregadores incluem:

  • Habilidades de desenvolver comunicação assertiva (trabalhar em equipe e empatia);
  • Habilidade com cálculos;
  • Habilidade com informática;
  • Habilidades de resolução de problemas e a capacidade de pensar de forma clara e metódica;
  • Gerenciamento de tempo e habilidades organizacionais;
  • Ética e valores requeridos pela profissão de farmacêutico.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo