Você está aqui:Home » Cursos Grátis » Concursos Públicos » Existem concursos públicos sem questões de múltipla escolha?

Existem concursos públicos sem questões de múltipla escolha?

Olá, leitores!

Uma das reclamações dos concurseiros é que as provas objetivas não são tão precisas para avaliarem os melhores candidatos

A grande maioria das pessoas que procuram prestar provas para ingressar na carreira pública são motivadas por três razões: salários maiores e condições mais atrativas, benefícios corporativos ou simplesmente estabilidade profissional.

São diversas as vagas no setor público, em segmentos diferentes do mercado de trabalho, que são disponibilizadas através de editais. Por isso o número de candidatos por vaga nessas provas pode aumentar e torná-las disputadas.

Tornar-se funcionário público é o sonho de muitos trabalhadores, mas muitos encontram dificuldades ao prestarem as provas e as questões de múltipla escolha sempre estão entre as reclamações dos concurseiros.

Isso se deve ao fato de que provas objetivas (provas com questões de múltipla escolha) não consigam medir de verdade os conhecimentos dos candidatos da forma correta, pois o certo seriam provas discursivas onde as respostas deveriam ser escritas em vez de assinaladas.

Contudo, tal assunto ficará para um post futuro, pois temos que responder a dúvida de muitos concurseiros: existe alguma prova de concurso público com exames que não fossem de questões de múltipla escolha? Vamos lá!

Tipos de provas em concursos públicos

As provas dos concursos públicos podem variar o tipo, a depender da área escolhida para a vaga de emprego. Podemos encontrar provas dos seguintes tipos:

  • Prova objetivaquestoes-de-multipla-escolha

A prova objetiva, como já falamos antes, refere-se a famosa prova de múltipla escolha, ou seja, os candidatos escolhem uma alternativa, geralmente, entre cinco outras, para responder uma pergunta. Assim, esse tipo de prova, avalia cada candidato baseado no número de erros de acertos de suas respostas.

  • Prova discursiva

A prova discursiva se caracteriza na elaboração da dissertação, mas, também, pode se apresentar em alguns casos como concursos voltados para áreas mais específicas que necessitam cursos superiores ou outros tipos de formação. Então seria uma avaliação sobre temas referentes a área de atuação profissional e suas questões se apresentam como perguntas que demandam respostas escritas através do discurso dos conhecimentos dos candidatos.

  • Prova oral

A prova oral ocorre em casos muitos específicos, como em alguns concursos jurídicos, por exemplo. Nelas, uma banca de professores ou profissionais especialistas na área farão perguntas para testar os conhecimentos dos candidatos voltados sempre a assuntos sobre o cargo almejado ou aspectos gerais do trabalho em questão.

  • Prova prática

A prova prática depende muito do tipo de concurso específico, são mais voltados para aqueles que necessitam da comprovação de que o candidato saiba exercer a função determinado pelo concurso.

  • Prova psicológica

Esse tipo de prova é de caráter eliminatório e aplica-se a partir de técnicas de avaliação psicológica com o intuito de analisar a adequação do candidato ao cargo. Os pontos analisados nesse tipo de prova são as condições de raciocínio, capacidade de concentração, atenção, controle emocional, memória e características prejudiciais que não possibilitariam a pessoa a ser apta ao cargo.

  • Prova física

A prova física também é de caráter eliminatório assim como a avaliação psicológica, e visa analisar e avaliar a capacidade física do candidato a determinada vaga que necessite esforço e um bom desempenho físico. Um exemplo disso são as provas para se entrar na polícia.

Agora que analisamos os tipos de provas, podemos concluir e responder a grande dúvida dos concurseiros: existe sim provas diferentes da objetiva nos concursos públicos, porém, todas elas são avaliações adicionais ou etapas do processo de admissão dos candidatos às vagas de emprego disponíveis.

Portanto, não existe um concurso que não tenha uma prova objetiva como o seu processo de seleção, todos eles se apresentam comumente com provas de múltipla escolha e redação e, caso seja uma área de atuação específica, alguma outra avaliação complementar. Contudo, a prova objetiva é a forma de avaliação principal de todos os concursos públicos.

Esperamos tê-lo ajudado.

Até a próxima!

Sobre o autor

Número de entradas : 159

Deixe um comentário

© 2011 Powered By Wordpress, Goodnews Theme By Momizat Team

Voltar para o topo