Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Entenda o que é paragrafação 

Entenda o que é paragrafação 

Olá,

Quando escrevemos um texto, além de preocuparmos com a concordância, a regência, a pontuação ou com a acentuação das palavras, devemos também prestar atenção na sua estrutura. Um elemento importante e que não pode ser deixado de lado é a paragrafação do texto. Confira abaixo o que é paragrafação, parágrafo e como paragrafar seu texto.

Paragrafação

A paragrafação consiste em paragrafar um texto, ou seja, dividir um texto em parágrafos. Para que consigamos fazê-la de forma satisfatória, é necessário sabermos o que é um parágrafo e sua estrutura. Abaixo, explicaremos o que é um parágrafo e como ele deve ser estruturado.

Parágrafo

paragrafação

Fonte: Reprodução

O parágrafo é um conjunto de frases que possuem uma relação maior entre si do que com o restante do texto. O parágrafo deve conter uma ideia núcleo acompanhada de ideias secundárias que a complementam. A paragrafação indica ao leitor que as frases de um parágrafo contêm uma ideia central, que formam com o restante do texto um todo coeso e coerente.

O que marca a divisão de parágrafos em um texto escrito é a mudança de linha. A primeira linha dos parágrafos deve ficar mais afastada da margem esquerda do que as demais linhas. Ou seja, ao encerrarmos a explanação da ideia ou do pensamento contidos em um parágrafo, saltamos para a linha de baixo, iniciando a primeira linha do parágrafo seguinte mais para dentro do texto.

É conveniente que o parágrafo seja bem estruturado e que não seja muito longo. Um parágrafo longo pode se tornar confuso e cansativo para o leitor.

Estrutura do parágrafo

O parágrafo não possui necessariamente uma estrutura padrão, que deve sempre ser seguida, pois sua estrutura pode variar de acordo com o tipo ou gênero do texto. Portanto, é necessário ter bom senso para perceber se o parágrafo está bom ou não, e isso adquirimos praticando a escrita e lendo bons livros.

Em um texto literário, por exemplo, o escritor tem maior liberdade, tanto na paragrafação quanto no restante do texto. Porém, quando escrevemos um texto não literário (dissertativo-argumentativo, textos acadêmicos, reportagens, etc.), há uma estrutura que pode ser seguida e pode lhe ajudar bastante.

Neste caso, por encerrar em si uma ideia núcleo, o parágrafo deve conter uma introdução, um desenvolvimento e uma conclusão.

  • Introdução: a introdução do parágrafo deve conter o tópico frasal, que é a apresentação da ideia central que será trabalhada no parágrafo.
  • Desenvolvimento: o desenvolvimento do parágrafo deve apresentar as ideias secundárias, as quais reforçam o tópico frasal. Nessa parte, devemos explicar o tópico frasal ou apresentar argumentos que reforcem a opinião nele contida.
  • Conclusão: na conclusão de um parágrafo, devemos retomar a ideia principal, resumindo o que foi dito ou apresentando uma solução.

Apesar de essa estrutura ser considerada ideal, é comum que muitos parágrafos não apresentem uma conclusão. Por mais que contenha uma ideia núcleo, o parágrafo dialoga com o restante do texto, o que muitas vezes permite que se dispense a conclusão. No entanto, o autor do texto deve se atentar ao texto que redige, e, se perceber que é necessário, deve concluí-lo.

Confira a seguir um exemplo de parágrafo:

“O escorpião pode ser degustado com segurança de três maneiras. Uma delas é tirando o último segmento da cauda, o telson. É nessa ponta onde ficam as duas glândulas que produzem e armazenam o veneno.”

Fonte: Veja, como os chineses comem escorpiões e sobrevivem

Perceba que esse parágrafo é dividido em três frases. Na primeira, o autor informa que o escorpião pode ser ingerido com segurança e diz que há três maneiras de fazer isso. Na segunda frase, ele apresenta uma dessas maneiras (as outras duas serão abordadas nos dois parágrafos seguintes). Para concluir o parágrafo, na terceira frase, explica-se porque é seguro consumir o escorpião dessa forma.

Esse parágrafo que pegamos como exemplo, possui apenas três frases, que é o mínimo indicado para um parágrafo que possua introdução, desenvolvimento e conclusão. Porém, o número de frases pode variar. O aconselhável é que o parágrafo não seja menor que isso nem muito extenso, e que contenha apenas uma ideia central.

Agora que você já sabe o que é um parágrafo, responda os exercícios abaixo para testar seus conhecimentos.

Um grande abraço, e até a próxima.

Exercícios

1 – Leia o parágrafo a seguir e responda:

“Política e politicalha não se confundem, não se parecem, não se relacionam uma com a outra. Antes se negam, se excluem, se repulsam mutualmente. A política é a arte de gerir o Estado, segundo princípios definidos, regras morais, leis escritas, ou tradições respeitáveis. A politicalha é a indústria de explorar o benefício de interesses pessoais. Constitui a política uma função, ou o conjunto das funções do organismo nacional: é o exercício normal das forças de uma nação consciente e senhora de si mesma. A politicalha, pelo contrário, é o envenenamento crônico dos povos negligentes e viciosos pela contaminação de parasitas inexoráveis. A política é a higiene dos países moralmente sadios. A politicalha, a malária dos povos de moralidade estragada.” – Rui Barbosa.

O tópico frasal deste parágrafo é:

a) A política é a higiene dos países moralmente sadios.

b) Constitui a política uma função.

c) Política e politicalha não se confundem.

d) A politicalha, pelo contrário, é o envenenamento crônico dos povos negligentes e viciosos pela contaminação de parasitas inexoráveis.

e) Antes se negam, se excluem, se repulsam mutualmente.

Fonte: Mundo Educação 

2 – Sobre a organização de parágrafo em um texto, é INCORRETO:

a) Cada parágrafo deve apresentar uma ideia central, sendo que a ideia principal do texto é colocada no parágrafo introdutório.

b) Os parágrafos devem ter obrigatoriamente até cinco linhas.

c) Os parágrafos podem possuir uma introdução, desenvolvimento e conclusão. Se possuírem, são chamados de parágrafo-padrão.

d) A mudança de parágrafo deve ocorrer quando não há mais desenvolvimento da ideia-núcleo, ou seja, quando houver um novo aspecto do texto a ser desenvolvido.

Fonte: Mundo Educação 

Gabarito

1 – C

2 – B

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo