Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Educação aberta: o que é e como aplicar

Educação aberta: o que é e como aplicar

Olá Professor!

O Plano Nacional de Educação faz algumas referências à Educação Aberta e o governo federal até criou o sistema da Universidade Aberta do Brasil para oferecer mais vagas de ensino superior gratuito e aumentar o acesso a educação de qualidade.

Porém o próprio conceito de Educação Aberta é confuso para os professores e estudantes de pedagogia;  neste artigo abordamos o tema e damos referencias, confira!

O que é Educação Aberta?

Educação_aberta_e_a_distancia_exemplos_Brasil_diferenca_entre_e_a_distancia_qual_recursos_educacionais_abertos_universidade_aberta_UAB_cursos_gratis

A Educação Aberta é o nome dado ao conjunto de práticas de ensino-aprendizagem com a característica principal de utilizar tecnologias para compartilhar conhecimentos, promover a educação para diferentes públicos, facilitando o acesso ao ensino gratuito com recursos de licenças abertas (livre de direitos autorais).

Os adjetivos que ajudam a descrever as práticas de educação aberta são: gratuidade e liberdade. Gratuidade, porque os cursos e ensino oferecidos são abertos ao público de forma gratuita, e liberdade, pois a grande maioria dos cursos abertos é disponibilizada em plataformas on line, o que promove a mobilidade através do uso de tecnologia e ensino a distancia.

Este tipo de prática assumiu um novo significado na era digital. A expansão do uso da internet abriu o caminho para que diversas estratégias de educação, como as plataformas de cursos abertos em que os professores e até universitários compartilham seus materiais de ensino on-line, gratuitamente.

Os alunos que se interessam pelos temas dos cursos abertos ofertados pelas universidades(e outras instituições de ensino) podem com autonomia construir um currículo que se adapta aos seus objetivos profissionais utilizando diferentes tipos de recursos educacionais abertos (REA). Entenda o que é REA e os conceitos envolvidos em Educação Aberta logo abaixo.

Entenda os termos e conceitos – Educação Aberta

·         Recursos Educacionais Abertos (REA)

Os recursos educacionais abertos (REA) podem ser qualquer conteúdo educacional, desde cursos completos até palestras gravadas, fórum e tópicos de discussão ou listas de leitura. Vale frisar que os materiais que são disponibilizados de forma gratuita e possuem licença aberta (veja o conceito abaixo) e visam promover o ensino-aprendizagem de uma disciplina ou tema.

·         Práticas Educacionais Abertas (PEA)

As práticas educacionais abertas se referem os métodos utilizados pelas instituições de ensino para aplicar os REA, isto é, como estas instituições criam e promovem estes recursos.

·         Educação a Distancia (EAD)

Entenda que há uma diferença entre educação à distância (EAD) e educação aberta (EA); a EAD é a forma como o ensino é disponibilizado os materiais e recursos de ensino ao aluno utilizando tecnologias que conectem os alunos por meio de internet por exemplo. Já na Educação Aberta os alunos podem ter acesso a aulas presenciais em laboratórios e oficinas de ensino e também pela internet, a distancia, neste caso a Educação Aberta utiliza-se do ensino à distancia como um recurso de forma gratuita.

·         Licença aberta ou Open Licence

É a licença jurídica de uso gratuito para conteúdos educacionais, como por exemplo, Creative Commons (CC).

·         Código aberto ou Open source

São programas informatizados livres de licença, conhecidos como software livre ou software de código aberto, como por exemplo, o sistema de código aberto Moodle (Modular Object Oriented Distance Learning).

·         Curso aberto ou Open Courseware

É um recurso de educação aberta (REA) no formato de curso.

·         MOOC (Massive Open Online Course)

É um recurso de educação aberta (REA) no formato de curso on line.

Exemplos de Educação Aberta no Brasil

A educação aberta vem ganhando espaço no país tanto em instituições públicas como também em privadas, oferecendo acesso a cursos e ensino para vários públicos, infantil, jovens e adultos com ofertas para o ensino médio, técnico e ensino superior (tecnológico e graduação).

Na prática as instituições estão investindo em novas tecnologias educacionais, principalmente as instituições de ensino de grandes centros urbanos e nos centros universitários, visto que há maiores recursos econômicos disponíveis. Nas regiões e cidades mais afastadas de grandes centros urbanos as práticas de educação aberta são muito tímidas, principalmente nas cidades onde não há uma universidade instalada.

As principais tendências de Recursos Educacionais Abertos que estão sendo colocadas em prática nas salas de aula ou em cursos a distancia são:

  • Uso de tablets e celulares com aplicativos
  • Produção de textos, áudios, vídeo-aulas
  • Produção, programação e uso de games
  • Uso de mídias sociais, blogs e plataformas de interação com chats e fóruns
  • Elaboração de plataformas educacionais em ambiente web

No Blog da UNICAMP com foco em discutir sobre as práticas de Educação Aberta e o uso dos REA  http://educacaoaberta.org/rea há várias ideias de inovações e projetos.

Universidade Aberta do Brasil – UAB

O governo federal instituiu o chamado Sistema UAB ou Universidade Aberta do Brasil (UAB) através do  Decreto 5.800, de 8 de junho de 2006que propõe a prática da Educação Aberta para:

o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País“.

Na prática é um programa que tem o objetivo de aumentar o acesso ao ensino superior no país com ofertas de cursos de graduação em polos instalados nas instituições e universidades públicas parceiras.

O sistema UAB prioriza os cursos de formação para professores da educação básica, são os cursos com a maior oferta, mas há também cursos voltados para gestores e outros profissionais da educação da rede pública de ensino.

Explicamos mais sobre a Universidade Aberta do Brasil neste outro artigo aqui do Canal do Ensino.

Como participar de um curso aberto no Brasil?

·         Cursos de ensino superior da UAB

As vagas para os cursos que compõe o programa da Universidade Aberta do Brasil (UAB) podem ser preenchidas através de processos seletivos realizados em cada instituição de ensino superior. Cada instituição de ensino pública um edital com as regras dos exames e os pré-requisitos para o candidato.

Atualmente são 105 instituições de ensino superior (Universidades Públicas) que oferecem cursos gratuitos na modalidade a distancia nos seus respectivos pólos.

Confira a lista completa das universidades e os cursos abertos, editais, endereços e sites aqui.

·         Cursos de Mestrado do Sistema da Universidade Aberta do Brasil

O programa UAB concede bolsas de Mestrado com apoio da CAPES para professores da rede de educação básica, são as bolsas de Mestrado Profissional do ProEB (Programas de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Rede Pública de Educação Básica).

Os professores podem fazer Mestrado em diversos temas em uma das instituições de ensino pública que participa do programa num curso presencial ou à distância.

Confira a lista dos cursos de mestrado profissional do ProEB:

Possibilidade de trabalho como tutor de cursos da UAB

Além de aproveitar a oportunidade para fazer um curso de mestrado na área de pedagogia ou recém graduados que possuem pouca experiência na docência podem se candidatar para vagas de tutoria nos cursos abertos.

Os interessados em ocupar os cargos de tutores precisam se informar nas instituições de ensino superior que disponibilizam os editais de seleção em seus sites. Confira a lista dos sites com vagas para tutor de curso aberto aqui.

Há vários obstáculos a se superar para expandir a educação aberta no Brasil e promover de fato o acesso a educação de qualidade, obstáculos como a falta de infraestrutura, internet de qualidade, laboratórios nos pólos de ensino, fatores econômicos e sociais.

Os primeiros passos já foram dados, e frente a estes desafios é necessário investir mais no entendimento do próprio conceito de Educação Aberta e promover cursos e oficinas dentro das próprias universidades, oferecendo oportunidades para os estudantes de Pedagogia entrarem em contato com formas de ensino e diferentes recursos de educação aberta. É também uma forma de promover também a interação com outras disciplinas como a ciência da computação para elaboração de cursos de programação e uso de tecnologias que poderão ser utilizadas em sala de aula.

E você, professor, o que pensa sobre Educação Aberta? Qual sua experiência? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo