Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Criacionismo x evolucionismo: saiba a diferença

Criacionismo x evolucionismo: saiba a diferença

Olá,

Esse assunto você aprende desde muito novo na escola, com cerca de 10 anos os alunos já aprendem na matéria de ciências o que é e como diferenciar, mas se você não se lembra dessa época ou tem dúvida sobre esse assunto, vamos te ajudar. A verdade é que é bem simples e muito fácil diferenciar o criacionismo e evolucionismo, não existe semelhanças que vão fazer você confundir os dois.

Para ficar mais fácil vamos explicar separadamente o que é cada um deles, dessa forma você vai conseguir entender muito melhor e não terá dúvida nenhuma. Então prepare-se, pegue papel e caneta para anotar o que é cada um deles para não esquecer nunca mais.

O que é criacionismo?

O criacionismo é uma teoria, assim como o evolucionismo, os dois tentam explicar a origem da vida e a evolução do homem. As duas seguem linhas de pensamentos distintos. O criacionismo é baseado na fé da criação divina, como narrado na Bíblia Sagrada, você encontra a passagem da criação no livro de Gênesis. Lá fala que Deus criou todas as coisas, luz, mar, rios e oceanos, plantas, animais, inclusive o homem.

Mas é importante lembrar que dependendo da cultura a criação aconteceu de uma forma e também foi criada por um deus diferente. Cada cultura possui sua versão própria do criacionismo, como por exemplo a mitologia grega, a mitologia chinesa, cristianismo entre outras.

O que é evolucionismo?

Ele é baseado em pesquisas científicas, essas pesquisas começaram depois do experimento científico de Oparin-Haldane. Os cientistas antigos acreditavam que os gases existentes teriam formado as primeiras moléculas orgânicas e depois os primeiros seres vivos. Uma experiência realizada por Staley Miller ajudou a defender a teoria, pois ele construiu um equipamento que imitava as condições da Terra naquela época e obteve a presença de aminoácidos no líquido formado.

Outro pesquisador muito importante nessa área e que ajudou a concretizar a crença no evolucionismo foi Charles Darwin, ele afirmava que o homem era resultado de uma longa evolução que começou com os hominídeos até o homo sapiens. Foi ele que disse que o homem e o macaco teriam um mesmo ascendente em comum por causa das semelhanças biológicas, também disse que todos os seres vivos tiveram um ancestral comum.

Darwin também desenvolveu a ideia da seleção natural, na qual apenas os seres vivos mais adaptados ao ambiente poderiam sobreviver.

Criacionismo X Evolucionismo

Como você viu existe uma diferença bem grande entre esses dois argumentos, criacionismo e evolucionismo, o que mais chama atenção nessas duas teorias é a evolução, de acordo com a teoria criacionista foi Deus que criou o homem e os demais seres vivos já na forma atual há cerca de 10 mil anos, isso quer dizer que não existiu evolução. Sobre os fósseis encontrados, principalmente de dinossauros eles dizem que são de animais que não conseguiram embarcar na Arca de Noé a tempo de salvarem-se do dilúvio.

Para os criacionistas Deus criou todos os seres vivos seguindo um propósito e uma intenção e o homem foi feito à imagem e semelhança de Deus, por isso não tem descende primatas. A teoria evolutiva não pode ser comprovada em laboratório e por isso não é científica, como nenhum dos dois pode ser comprovado, eles são considerados teorias.

Para os evolucionistas, que são as pessoas que acreditam na evolução da espécie, o homem e os demais seres vivos são resultado de uma lenta e gradual transformação que começou a acontecer há milhões de anos. Eles afirmam que os fósseis e sua datação remota confirmam que a extinção de espécies também faz parte do processo evolutivo e não houve dilúvio algum.

As evoluções acontecem por causa de mutações genéticas que são expostas à seleção natural, acreditam que o homem não é descendente dos primatas atuais, mas tem um parentesco. O que ajuda a comprovar a teoria dos evolucionistas é que os seres vivos com ciclo de vida mais curto mostram a evolução por seleção e adaptação, como as bactérias resistentes a determinados antibióticos.

A verdade é que os dois são teorias e existem pessoas que acreditam na criação e outros acreditam na evolução. É importante estudar essas duas frentes, mesmo crendo em apenas uma delas, assim você não corre o risco de fazer uma afirmação errada. Em tudo é importante olhar os dois lados, estudar, entender e por mais que acredite em apenas uma delas, é importante respeitar.

Até logo!

comentários (2)

  • Luiz

    Prezados

    Gostaria que realizassem uma revisão deste texto e acrescentassem referências. Há equívocos no texto que levam a conclusão que o criacionismo é uma teoria científica como o a teoria da evolução e não é verdade. As pesquisas sobre a evolução não possuem relação com a experiencia de Oparin-Haldane. A teoria científica pode ser contestada ou refutada, mas não o criacionismo que é uma questão de fé. O criacionismo não é considerado pelo MEC e nem pela Soc. Brasileira para o Processo da Ciência. Não tenho nada contra a fé cristã, mas o criacionismo não é uma teoria, sequer alternativa a evolução.

    Responder
  • Ana Paula Matos

    Qual o ano desta publicação?

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo