Você está aqui:Home » Dicas » Tecnologia » Corpbusiness debaterá desafios do comércio eletrônico na 9º edição do E-commerce Week

Corpbusiness debaterá desafios do comércio eletrônico na 9º edição do E-commerce Week

Olá pessoal,

O Brasil deverá ser o quarto maior do mercado mundial de e-commerce em 2016. Atualmente, o país ocupa o sexto lugar e deverá subir com o auxílio da crise mundial, no qual os Estados Unidos e as nações europeias mudem de posição nos próximos quatro anos.

O e-commerce brasileiro seguirá a tendência dos últimos anos e deve manter o crescimento durante este ano, porém, com taxas menores que as dos anos anteriores. Segundo a Ebit, o crescimento para este ano deve ser de 20%, em números absolutos avalia-se um faturamento de R$ 43 bilhões, comparado aos R$ 38,5 bilhões em 2014.

O resultado deverá ser alavancado pela maior utilização do celular, chamado pelos especialistas de mobile commerce. Os smartphones devem incentivar a categoria de serviços online, como viagens, alimentos e ingressos e assim impulsionar o comércio eletrônico nacional.

Em 2014, o mercado de venda online fechou com 57 milhões de e-consumidores, sendo as categorias de moda, acessórios, eletrodomésticos, saúde, beleza, eletrônica e informática as de maiores destaques no período.

Já o varejo em geral deve atingir US$ 460 bilhões, tendo um crescimento de 7,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso significa que o e-commerce ainda tem uma participação pequena, sendo responsável por apenas 4,1% do total de vendas no país, porém, os números devem crescer em 5% nos próximos três anos.

Os índices naturalmente mostram um cenário otimista e com maior potencial de desenvolvimento do que outros setores da economia; estendendo o panorama por alguns anos. Em um comparativo rápido entre o mercado brasileiro de e-commerce e o mercado americano, os números e diferenças são claros; uma vez que em 2013 os americanos registravam US$263,33 bilhões em vendas online, mas as taxas de crescimento não superam 15%.

A relação entre crescimento do mercado e competitividade no Brasil é direta e visível, visando o aumento de vendas. Deste modo, cada vez mais empresas iniciam ou fortalecem suas operações online e naturalmente a competitividade aumentar no setor; além de ser um cenário onde as margens se tornam apertadas e a disputa por melhores preços se torna crucial.

Em dezembro do ano passado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a receita nominal do comércio varejista cresceu 8,9% no acumulado dos dez primeiros meses de 2014 ante taxa de 11,8% no mesmo período de 2013.

Em comparação com o cenário mundial, o e-commerce brasileiro permanecerá em décimo lugar pelos próximos três anos, atrás de países como Rússia e Coréia do Sul. Entretanto, ao comparar a porcentagem de vendas do comércio eletrônico no Brasil em relação ao total do varejo nacional, ficamos em 15º lugar. A lista é liderada pelo Reino Unido e China.

As perspectivas para o e-commerce brasileiro em 2016 são as melhores possíveis, apesar de a economia brasileira atravessar um momento difícil. Aproveite esse momento para direcionar os investimentos no seu e-commerce de forma estratégica e alavanque suas vendas em 2016 com a na 9º edição do E-commerce Week, organizado pela Corpbusiness, no dia 06 de abril, no Hotel Mercure São Paulo Jardins Hotel, em São Paulo.

Sobre a Corpbusiness

A Corpbusiness é uma empresa de mídia focada no mercado corporativo, especialmente, nos segmentos de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC). Fundada em 2007, a companhia realiza anualmente 21 congressos onde são discutidos temas como TI, Mobilidade, Tecnologias Bancárias e de Pagamento, Telecom, Gestão de Pessoas e Mídia Digital, entre outros; todos voltados ao público executivo de alto nível.

Serviço:

9° edição E-commerce Week

Data: 27 de abril de 2016

Local: Hotel Mercure São Paulo Jardins Hotel – São Paulo/SP

Endereço: Alameda Itu, 1151 – Jardins – São Paulo/SP

Horário: 9 às 18hs

Site do evento: http://ecommerceweek.corpbusiness.com.br/

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo