Você está aqui:Home » Dicas » Notícias » Conheça o Dispositivo Para Ajudar Crianças com Autismo que Virou Febre nas Escolas

Conheça o Dispositivo Para Ajudar Crianças com Autismo que Virou Febre nas Escolas

Olá, leitores

Muitas pessoas possuem problemas com a falta de foco, ou com oque é chamado de “energia do tédio”. Essa energia é quando nós começamos a mexer em objetos, mexer os dedos, morder as unhas e todas as outras manias que mantém as nossas mãos ocupadas. Felizmente existe muitos projetos feitos para tentar resolver esse problema, principalmente entre as crianças, um desses projetos é o Fidget Spiner.

O que é o Fidget Spiner

O Fidget Spiner, nada mais é do que um brinquedo. Ele é um “girador” parecido com um peão, ou uma beyblade, para os mais novos. O seu único objetivo é girar na mão do usuário e ele possui várias formas e estilos.

Ele é feito com um rolimã simples de alta performance e com corpos de plástico ou metal, alguns podem até serem impressos em impressoras 3D, eles servem como uma fonte de descarga para toda a energia ociosa e de tédio que temos no corpo.

Ele tem sido especialmente utilizado para o tratamento do déficit de atenção e para ajudar crianças com autismo. O brinquedo também está ajudando pessoas com tiques nervosos prejudicais, como o de roer unhas e arrancar cutículas (o que pode causar sérios problemas de saúde).

O brinquedo não é novidade. Ele foi inventado há 20 anos com o propósito de ajudar crianças com autismo ou transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) a lidar com a ansiedade. Suas cores e figuras diferentes provocam efeitos visuais atraentes – e alguns até brilham no escuro. Por isso, o fidget spinner ganhou recentemente muita popularidade em escolas e parques – e já começou a ser comercializado no Brasil.

Prós e contras

Não é de se espantar que o Fidget Spinner se tornou uma febre nos EUA, e está começando a ficar famoso por aqui também, apesar de ser um brinquedo para ajudar as crianças, ele passou a ser prejudicial em classes e em escolas por chamar muita atenção.

Ao invés de ajudar alunos a manterem o foco, os Spinners começaram a tirar o foco das aulas e passaram a ser o centro da atenção. A situação chegou a um estado em que algumas escolas o proíbiram. A decisão das escolas gerou polêmica, afinal muitos pais estavam acompanhando a melhora dos filhos após o uso do dispositivo.

Atualmente há uma grande discussão sobre os verdadeiros benefícios do Fidget Spinner para crianças com autismo e déficit de atenção.

Alguns dizem que não há benefícios para crianças, mas que ele é útil para o alívio de estresse. Alguns, principalmente os pais, dizem que eles realmente melhoram a concentração das crianças. Já outros dizem que é apenas um brinquedo, sem um objetivo concreto definido.

E vocês leitores, conhecem os Fidget Spinners? O que acham deles? Gostariam de ter um?

Deixa sua opinião nos comentários!

Até mais!

comentários (1)

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo