Você está aqui:Home » Dicas » Tecnologia » Conheça a resolução 8K, a imagem do futuro

Conheça a resolução 8K, a imagem do futuro

Olá, leitores!

Se você está acessando o Canal do Ensino, é porque com certeza adora internet. E hoje é quase impossível falar de conteúdo online que não envolva processos multimídia. Seja uma simples postagem no Facebook ou até a mais avançada tecnologia de transmissão de videoaulas ao vivo, requer imagens de qualidade para chamar a atenção do usuário. Por isso, a resolução 8K chegou para transformar a experiência de quem produz e de quem assiste vídeos. Até mesmo fora da internet, a tecnologia está conquistando cada vez mais adeptos por sua incrível qualidade. Ela está conhecida como a imagem do futuro e você não pode deixar de entender um pouco mais sobre o assunto.

O que é a resolução 8K?

Antes de mais nada, é importante entender o que significa o K que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é referente apenas ao tamanho da tela de uma televisão. Essa letra se refere a resolução da tela em vertical, algo como a quantidade de linhas formadas por pixels nas imagens que serão mostradas. Um K é equivalente a 1024 pixels, ou seja em 8K há 8192 pixels em uma linha horizontal.

Trata-se de um referencial no mundo digital para definir qual imagem tem maior qualidade.

A imagem com 8K de resolução está sendo chamada como UHDTV, quando relacionada às televisões, e ultra full HD, quando mencionada dizendo respeito a filmagens, câmeras e vídeos. Entretanto, o nome pouco importa. O que você realmente precisa entender é que esse é o formato de imagem do futuro, que significa em média uma tela 16 vezes maior do que a tradicional Full HD que já está presente na maioria dos lares brasileiros. A resolução da imagem 8K significa uma imagem de 7680 x 4320p.

Em resumo, significa uma imagem extremamente desenvolvida que é novidade no mundo das câmeras, além disso, acaba lançando novas telas e televisões no mercado, pois os fabricantes não perdem uma oportunidade de aumentar suas vendas e colocar um produto novo no mercado.

Testes e lançamento

imagem-de-uma-mosca

Como sempre, a tecnologia do 8K está sendo desenvolvida por japoneses e o lançamento oficial e a disponibilização para o público em geral estão próximos. A primeira gravação e transmissão de TV com esse tipo de tecnologia foi feita no ano de 2011. Sim, há 5 anos atrás os japoneses já estavam trabalhando nisso. A exibição foi feita pela NHK que apresentou um protótipo de TV com 85 polegadas, para que houvesse o máximo aproveitamento da imagem no dia do teste.

A notícia ruim é que o público brasileiro que ama ter telões para curtir jogos de futebol, filmes e novelas, vai ter que esperar. Os fabricantes precisam incluir em suas produções, formatos que ainda não são compatíveis com a maioria dos sistemas que temos no Brasil atualmente. É necessário desenvolver um áudio extremamente bom e de alta qualidade do conteúdo exibido na tela, que atualmente não é produzido no país. A expectativa é que o lançamento de telas e o início da produção desses sistemas só aconteçam na próxima década.

Vantagens

Se você está se perguntando sobre o motivo de investir nessa tecnologia a resposta está na transmissão das imagens. Eventos poderão ser registrados com uma qualidade muito maior, filmes e produções cinematográficas terão maior investimento, além de possibilitar pessoas com menor poder aquisitivo a consumir produtos de maior qualidade.

O mais interessante é que esse tipo de lançamento tecnológico acaba gerando maior investimento em produção audiovisual, o que ainda é bastante fraco no Brasil e pode acabar sendo um impulso para a valorização dessa área.

Interessante, não é mesmo? Para saber mais novidades do mundo tecnológico, é só continuar de olho no Canal do Ensino.

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo