Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Conheça 8 técnicas de estudo para quem tem pouco tempo

Conheça 8 técnicas de estudo para quem tem pouco tempo

Olá, leitor!

Em um mundo cada vez  mais agitado, onde cada segundo do nosso dia pode ser considerado um bem muito preciso, e onde estudar é algo fundamental para o crescimento pessoal e profissional, conseguir conciliar tempo e estudo é algo praticamente raro.

Conseguir “tirar” uns minutos do dia para se dedicar exclusivamente a um curso ou à faculdade é algo extremamente necessário, ainda mais porque sempre usamos a desculpa da falta de tempo para isso ou para aquilo.

Mas nós, do Canal do Ensino, sempre desejamos ajudar você leitor, e por isso desenvolvemos esse artigo com dicas de como estudar em pouco tempo. Sim! Porque é possível você dedicar poucos minutos do seu dia para aprender algo que pode ser fundamental, de repente para sua promoção na empresa.

Mas antes de começar com nossas dicas, é importante que você saiba que para usar essas técnicas de estudo para quem tem pouco tempo é essencial que você, no momento em que estiver estudando, dedique-se integralmente, sem distrações com televisão, trabalho ou rede social. O momento do estudo é apenas para o estudo, isso se chama disciplina. Confira!

Técnicas de estudo para quem tem pouco tempo

tecnicas_de_estudo_para_quem_tem_pouco_tempo

1 – Não estude como se fosse uma obrigação

Um dos maiores erros que qualquer pessoa pode cometer quando decide começar a estudar é pensar que aquele é uma obrigação. Não faça isso em hipótese alguma!

Comece a estudar com a ideia de que você está buscando um novo conhecimento, que você está aprimorando os seus conhecimentos, que esse é mais um passo para o seu sucesso, que ao concluir o curso X você poderá ter um emprego ou salário melhor.

Ao estudar com prazer, como quando está em um momento de lazer com amigos ou com a família, o seu cérebro irá assimilar o conteúdo com mais facilidade, e o prazer pelo estudo vai ser maior, e quando você menos notar, estará aprendendo bem mais rápido do que o esperado, e quem sabe, vai querer fazer vários cursos.

2 – Não estude tudo de uma vez

Suponhamos que você tem uma prova na escola ou na faculdade, e é a matéria mais difícil do universo, a prova é amanhã e você começou a estudar agora! Você sabe que está fazendo tudo errado não é mesmo?

“Ah, mas eu tenho pouco tempo para estudar.” 

Sabendo que você tem pouco tempo para estudar, você concorda que estudar na véspera da prova é pior? Mas se você ler um pedacinho da apostila por dia, ou responder uns cinco exercícios sobre o tema que você baixou da internet. Que horas fazer isso? Pode ser naqueles 20 minutos que você dedica para as redes sociais.

Pense bem, o que vai trazer mais benefícios para sua vida e seu futuro: ver gatinhos fofinhos correndo atrás de uma bolinha de lã ou passar esse tempo lendo uma apostila ou um livro com o conteúdo que vai cair na prova da semana que vem? Entende que aqui é questão de prioridade?

O seu futuro certamente é prioridade! Então dedique-se a ele.

Essa forma de estudo é conhecida como “prática distribuída,” e de acordo uma pesquisa existe um tempo ótimo para os estudos que corresponde em média a cerca de 15% do tempo que você precisa lembrar da matéria que vai cair na prova, por exemplo, se a prova é daqui uma semana, você tem que começar a estudar agora, todos os dias, só assim conseguirá assimilar todo o conteúdo.

3 – Faça exercícios sobre o assunto que precisa estudar

Estudos já comprovaram que para assimilar um conteúdo é mais eficiente que façamos diversos exercícios diferentes sobre o assunto do que ficar fazendo resumo da apostila ou marcando todo o livro com o famoso canetão amarelo para marcar textos.

Essas técnicas – fazer resumo e marcar o texto – apesar de muito utilizadas, não possuem a mesma eficiência de se fazer exercícios, sabe por que? Quando você faz resumos, por exemplo, quando vai estudar, usa apenas esse material, portanto, certamente vai escapar alguma coisa importante que estava na apostila.

Além disso, quando você lê o resumo muitas vezes, a leitura vai se tornando automática, e você não aprende, não decora e não assimila nada, ou seja, a leitura virou algo mecânico, o cérebro entende que é algo que faz parte da rotina, e ele fica ligado no piloto automático, isto é, você não está prestando atenção.

Agora, se você pega uma série de exercícios sobre o assunto, e faz um pouco por dia, o seu cérebro começa a entender aquilo como algo importante, e que você está usando várias formas de colocar aquela informação dentro dele. O cérebro vai fazer mais sinapses para que aquela informação “fique salva” na sua memória, e no dia da prova, você vai responder tudo com facilidade, e sempre que precisar daquela informação, ela estará lá!

4 – Auto-explicação como forma de aprendizado

Tem pessoas que gostam dessa técnica de estudo outras pessoas são contra, mas o fato é que ela funciona. Como ela funciona? Simples! Após a aula você lê o material e tenta explicar para você mesmo.

Mas fique atento. Depois de ler o conteúdo você vai para a frente do espelho, ou grava um áudio explicando o que você entendeu sobre o tema. Se você gaguejou muito, se travou na hora que estava falando, é sinal de que você precisa estudar mais. Agora se você explicou tudo com facilidade, mantenha os estudos, mas de forma moderada, apenas para reforçar o conteúdo em sua mente.

Ao transmitir uma informação, mesmo que seja pra você mesmo na frente do espelho, nos sentimos mais seguros e confiantes para realizar nossas tarefas, nesse caso em específico, para se sair muito bem na prova que você irá fazer.

5 – Vídeo aulas e podcast para aprimorar o conhecimento

Por falar em áudio, uma forma de continuar aprendendo sobre determinado conteúdo é assistir vídeo aula e podcast sobre a matéria que precisa estudar. Muitas vezes em sala de aula ou durante a leitura de um livro, não entendemos uma determinada parte da matéria, e com isso o aprendizado é prejudicado.

Então assista vídeos sobre o assunto. Muitas vezes, ao ouvir a explicação de outra pessoa sobre um determinado assunto, é como se acendesse uma luz em nossa mente, e você entende completamente o tema, ficando muito mais fácil para estudar, usando a dica 3 – fazendo exercícios sobre a matéria.

6 – Desenhar mapas e criar mapas mentais

Essa é outra técnica de estudo para quem tem pouco tempo que gera uma certa discussão entre os especialistas. Para desenvolvê-la é bem simples, você pega uma folha em branco, e cria um mapinha ligando os principais pontos do conteúdo, usando palavras-chave.

Depois de terminado, você usa ele como base de estudo, sempre ligando e relacionando uma palavra a outra palavra que está ligada a ela. O problema dessa técnica de estudo para quem tem pouco tempo,  é que muitas pessoas se esquecem o porquê de uma  palavra ser ligada a outra, se você tiver esse perfil vai precisar da apostila ou livro como material de apoio.

Por outro lado, se você não se encaixa nesse perfil e tem facilidade em fazer esse tipo de ligação entre palavras-chave e ainda consegue memorizar tudo isso, ótimo! Use isso a seu favor, use como mais uma ferramenta de apoio para seus estudos.

7 – Treine simulados

Essa dica é ótima principalmente se você está estudando para vestibular ou algum concurso público. Determine períodos para você fazer simulados com o conteúdo já estudado. Essa técnica de estudo para quem tem pouco tempo é excelente, e sempre rende bons resultados.

Ao seguir essa dica seria legal se você marcasse o tempo da prova, assim você consegue controlar melhor o tempo que responde as questões, e principalmente, evitará crises de ansiedade durante a prova, quando começarem a anunciar os últimos minutos da prova.

Se você for usar essa técnica de estudo para quem tem pouco tempo tente usar exercícios que já foram aplicados no vestibular ou concurso público que você vai prestar. Dessa forma, você se acostuma com a linguagem usada nas provas, facilitando a interpretação dos textos elaborados para as provas, e consequentemente, evitará grandes surpresas, o que com certeza, vai poupar o seu tempo durante a realização da prova.

8 – Disciplina

Vale ressaltar que, mais do que pegar todos os livros na biblioteca da faculdade ou da escola, ou baixar um milhão de arquivos da internet, o importante é ter disciplina e dedicação. É dedicar aquele momento, mesmo que seja apenas 20-30 minutos exclusivamente para os estudos.

Se você fizer isso, certamente se saíra muito bem em qualquer prova que vá realizar.

Você usa alguma técnica de estudo para quem tem pouco tempo? Compartilhe conosco sua técnica de sucesso para estudar e se dar muito bem.

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo