Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Concursos » Concurso TJ SP Interior publica edital, inicial de R$6 mil

Concurso TJ SP Interior publica edital, inicial de R$6 mil

Olá, leitor!

Para algumas pessoas a maior expectativa no começo do ano, são os concursos públicos que abrem vagas para os mais diversos cargos. Ainda mais quando se trata de um concurso público oferecido pela justiça brasileira.

Muitas pessoas visam esses cargos tanto pelos salários diferenciados, quanto pela estabilidade que o cargo oferece. Sem contar ainda, com a grande chance de seguir uma carreira estável, dentro do sistema judiciário brasileiro.

Claro que, para ter a chance real de se firmar em uma carreira dessas, o profissional deve se manter atinado em seus estudos e buscar sempre aprimoramento e conhecimento.

Informamos então, para aqueles que pretendem seguir carreira ou aqueles que apenas visam um emprego melhor, com maior estabilidade financeira, que a organização do concurso TJ SP interior publica edital, inicial de R$6 mil.

As vagas disponíveis são para o cargo Escrevente Técnico Judiciário. Confira a seguir mais informações sobre o concurso!

Situação atual da justiça em relação ao cargo oferecido

concurso-tj-sp_Prancheta 1

O Tribunal de Justiça de São Paulo, visa com esse concurso, suprir um déficit de mais de 3.159 escreventes em todo o estado. Esse número é referente ao final de 2016 e engloba as aposentadorias e exonerações. Essas vagas só foram aprovadas mediante votação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Essa oportunidade de emprego para os interessados, vem da urgência na substituição de servidores municipais que prestam serviços no interior do estado. É um cargo de importância para dar andamento aos processos legais judiciais.

Quanto as atribuições do cargo de Escrevente Técnico Judiciário, variam de acordo com sua posição dentro do fórum. Se designado a trabalhar em cartório criminal ou civil, é de sua competência juntar petições, auxiliar advogados, atender ao público, executar determinação do juiz via despacho, expedir mandados de citação ou intimação.

Caso o escrevente trabalhe ao lado do juiz, sua principal responsabilidade é quanto a transcrição de tudo que se passa em audiências. Ou seja, é um cargo que apesar de bem remunerado, exige um alto nível de competência.

Quem oferece o edital?

A organização que rege o concurso do Tribunal de Justiça de São Paulo, pertence a Fundação Vunesp. Essa que é uma fundação com personalidade jurídica de direito privado.

Suas principais atividades incluem: Planejar, organizar, executar e supervisionar o Concurso vestibular da Unesp. Atua na realização de concursos e vestibulares para outras instituições públicas ou privadas. Em vista disso, conseguimos determinar a qualidade do concurso oferecido acima.

Quem pode se inscrever?

Para esse concurso, diferentemente de muitos concursos vistos por aí, que determinam diferentes requisitos, o interessado apenas deve ter concluído o ensino médio. E claro, mostrar interesse pelo cargo oferecido.

E estar ciente das diversas obrigações e funções que um Escrevente Técnico Judiciário, deve desempenhar se qualificado ao cargo.

 Como funciona o concurso

Segundo informações do próprio edital, os candidatos inscritos, serão avaliados apenas por meio de Provas Objetivas. Os aprovados serão então convocados para a realização da Prova Prática, que se apresenta de duas atividades, Formatação e Digitação. Duas das principais funções a serem desenvolvidas.

Um texto preestabelecido será disponibilizado para que o candidato o formate de acordo as regras fornecidas no início da prova. Serão avaliados erros cometidos quanto a tipos de fonte, tamanho da fonte, formatação da fonte: negrito, itálico e sublinhado, alinhamento do texto, espaçamento do texto, margem e parágrafo.

Na parte da digitação, um texto de 1.800 caracteres será fornecido e o candidato deverá reproduzir, de maneira exemplar.

Matérias do concurso

O exame será disposto de 100 questões e serão divididas em três blocos.

O primeiro dos blocos é composto por 20 questões envolvendo apenas a Língua Portuguesa.

O Segundo bloco terá 40 questões e envolve as noções de direitos entre as seguintes disciplinas:

  • Direito Penal;
  • Processual Penal;
  • Processual Civil;
  • Constitucional;
  • Administrativo;
  • Normas da Corregedoria Geral de Justiça.

Por último o terceiro bloco, contendo 40 questões sobre conhecimento gerais, entre as disciplinas:

  • Atualidades;
  • Informática;
  • Raciocínio Lógico;
  • Matemática.

Em posse dessas informações e como será distribuído o concurso, você tem a chance de se preparar de forma mais eficiente e aumentar suas chances de ir bem na prova.

Como realizar a inscrição e os benefícios do concurso

O concurso abriu as inscrições no dia 09 de janeiro, e sua data máxima para inscrição é até as 16h do dia 14 de fevereiro de 2018. O concurso abrange 8 regiões administrativas do Estado de São Paulo, são elas: Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

As provas serão aplicadas na Comarca Sede de cada região no dia 25 de março de 2018. Por isso, fique atento a data e ao local da sua prova. Com relação as vagas, serão disponibilizadas 235 vagas imediatas, se contarmos as que surgem na validade do certame, esse número pode dobrar.

A remuneração para o cargo de Escrevente é bastante atrativa. De início o candidato conta com R$6.193,73 com benefícios inclusos tais como: Auxílio-alimentação, auxílio-saúde e auxílio-transporte.

Para os candidatos interessados, mais informações no edital. O concurso pode ser facilmente encontrado na página da Fundação Vunesp, logo na página inicial.

Mas se preferir, disponibilizamos a inscrição de maneira direta. Logo após acessar a página, no lado direito você encontra um botão escrito “Inscreva-se”. Na página seguinte você terá duas opções, se cadastrar por meio de redes sociais ou utilizar um e-mail para inscrição. Em seguida, um formulário aparecerá e você pode finalizar sua inscrição.

Vale ressaltar que o valor da inscrição é de R$68,00, o valor deve ser pago em qualquer agência bancária até dia 14 de fevereiro.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo