Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Como valorizar sua experiência no currículo

Como valorizar sua experiência no currículo

Olá, leitor!

Enviar inúmeros currículos para conquistar um emprego pode ser muito cansativo – especialmente se você não receber nenhuma resposta, e mais ainda se não receber um convite para uma entrevista.

Se você já é um candidato forte, um profissional de sucesso como explicar essa situação? Por que será que não te chamam para uma entrevistas de emprego?

Talvez seja o momento de tentar outras estratégias para demonstrar seus resultados e trajetória de carreira e destacar as experiências no currículo.

Os recrutadores avaliam inúmeros currículos para preencher uma vaga de emprego, algumas empresas já adotam sistemas e aplicativos para selecionar perfis de candidatos cadastrados, e estes utilizam algoritmos que identificam palavras chaves.

Seja de qual forma for, tradicional ou tecnológica, os recrutadores precisam encontrar candidatos para preencher vagas de emprego, mas muitas vezes precisam enfrentar pilhas de resumos de experiências no currículo mal escritas.

Então se você fornecer ao recrutador as informações necessárias para tomar uma decisão rápida sobre suas experiências, você terá uma vantagem sobre os outros candidatos.

Confira maneiras de aprimorar e valorizar sua experiência no currículo para chamar a atenção dos analistas de recursos humanos.

1. Descrição vaga ou confusa do tópico “Objetivo Profissional”

Curriculo_experiencia_profissional_como_colocar_experiencia_profissional_no_curriculo , descrever _entrevista_de_emprego_curriculo_vaga_de_emprego_

Logo abaixo do cabeçalho com seu nome e dados de contatos o candidato deve inserir seu “Objetivo Profissional”.

Um dos erros mais comuns é escrever essa seção com frases que expressam desejo pela vaga de emprego de forma confusa, sem deixar claro para qual função e cargo o profissional quer concorrer.

Outro erro é o excesso, alguns copiam descrições de cargos de anúncios de emprego palavra por palavra. O resultado é um tópico entediante dos deveres do trabalho sem indicação do objetivo claro do trabalho que o candidato quer prestar.

Escreva esse tópico utilizando poucas palavras-chave que identifiquem rapidamente a função e cargo que está pretendendo concorrer. Se você soube da vaga por um anúncio, copie somente o título do cargo.

2. Prove seu valor com os resultados

Os analistas de recursos humanos examinam seu currículo procurando pistas sobre o tipo de profissional que você é. Se você mostrar que produziu consistentemente resultados positivos para os empregadores anteriores, será visto como um candidato de sucesso e desejável. O segredo é enfatizar suas experiências no currículo e fornecer provas de seu valor potencial.

Para fazer isso procure sempre citar e quantificar seus resultados, por exemplo, qual das frases abaixo você acredita que mais chama a atenção do recrutador?

  1. O projeto que gerenciei aumentou significativamente as receitas do setor e o número de clientes entre 2013 e 2015.
  2. O projeto que gerenciei aumentou as receitas de R$450.000 em 2013 para R$1,5 milhão em 2015 e triplicou o numero de clientes de 2.500 para 7.000.

Como você pôde perceber a descrição da experiência no currículo relata que ele teve resultados, com o aumento das receitas e do numero de clientes, mas a frase “b”mede quão bem ele alcançou esse crescimento.

Algo é importante ressaltar, algumas empresas consideram a divulgação desse tipo de informação e dos seus números como “quebra” do contrato de confidencialidade. Se for o caso, utilize porcentagens aproximadas. Mas sempre que possível, inclua resultados mensuráveis ​​do seu trabalho.

3. Valorize suas experiências no currículo através dos desafios

Certamente você enfrentou e superou muitos desafios durante sua trajetória profissional. E as soluções e sua atitude diante desses problemas demonstram muito suas habilidades e podem valorizar suas experiências no currículo. Faça o seguinte exercício, para cada cargo e período de emprego responda:

  • Que tipos de desafios você enfrentou?
  • Quais atitudes e decisões você tomou para superar os problemas?
  • Qual foram os resultados de suas decisões e atitudes?
  • Como seu desempenho diante dos desafios beneficiou a empresa?

Anote uma lista de suas realizações e selecione algumas experiências para colocar no seu currículo. Por exemplo:

“A equipe gerencial em que participei reverteu a perda anual de R$2 milhões em participação de mercado, simplificando o processo de benchmark e construindo uma equipe de vendas de primeira linha.”

Guarde essa lista para revisar antes de ir para entrevistas de emprego.

4. Torne fácil a leitura do currículo

Alguns modelos de currículos usam marcadores para listar experiências no currículo, mas isso tende a confundir deveres da função e conquistas, o que diminui o impacto das conquistas na hora da leitura.

Outros modelos de currículos usam um estilo narrativo para descrever o histórico das atividades, o que tende a ser difícil de ler, especialmente para os recrutadores que precisam rapidamente ler currículos para extrair informações importantes.

Para destacar suas experiências no currículo utilize uma combinação de parágrafos e marcadores. Para cada emprego, forneça um breve parágrafo que detalha o escopo de suas responsabilidades. Em seguida, crie uma lista com marcadores de suas principais contribuições e resultados.

Desta forma, você irá chamar a atenção para suas realizações, sem deixar o texto cansativo para o recrutador ler.

5. Cuidado com os erros de ortografia

Os erros de ortografia em um Currículo dão a primeira impressão de que você é descuidado e não tem capricho no seu trabalho. Revise seu currículo e utilize aplicativos para fazer a  verificação ortográfica, como o recurso do Microsoft Word.

Alguns erros comuns em currículos são:

  • Endereço e dados de contato errado;
  • Falta de clareza nas descrições de experiência e no objetivo
  • Erros ortográficos e gramaticais.

Revise quantas vezes for necessário para identificar erros de ortografia, erros de digitação e também gramaticais. É muito melhor você encontrar os erros antes que o recrutador o faça e descarte seu currículo.

6. Avalie as empresas e mercado de trabalho

Procure se informar e atualizar sobre sua profissão, tanto nos aspectos técnicos quanto também de como está o mercado e a oferta de vagas. Será que para a função que pretende exercer há alguma nova demanda de técnica? Algum idioma  é requisitado?

Avalie os profissionais que já estão empregados no seu setor de atuação, quais experiências e formação estes trabalhadores possuem?

Pesquise perfis de currículo online como o LinkedIn e também os anúncios de vagas de emprego. São ótimas fontes de informação.

Você pode usá-los para avaliar o mercado, ter uma ideia de quais habilidades, experiência e conhecimento são padrão em seu setor – e, é claro, descobrir quem está contratando e os salários que normalmente são oferecidos.

7. Faça uma autoavaliação

Você pode estar tão determinado a conquistar uma vaga de emprego que talvez tenha estipulado uma meta diária para enviar currículos e se cadastrar em sites de emprego.

Mas se você estiver enviando currículos para todas as vagas que encontra para atingir sua meta diária “enviei mais de 10 CV hoje”, sem filtrar os trabalhos para os quais não está qualificado (ou até mesmo deseja), as chances são de que sua procura de emprego sofra de falta de foco. Isso mesmo! E isso pode te deixar frustrado por não receber respostas positivas para participar de entrevistas.

Em vez disso, se candidate somente se você quiser realmente o trabalho e souber que pode fazê-lo. Em seguida, reserve um tempo para fazer a pesquisa prévia sobre a empresa, profissionais empregados nela e utilize as dicas anteriores para aumentar a probabilidade de ser convidado para uma entrevista.

8. Alinhe sua experiência ao seu objetivo

Verifique se está destacando as experiências no currículo utilizando as palavras-chave suficientes nos tópicos que já mencionamos especificamente para a vaga que você deseja. Sempre personalize o currículo.

Concentre-se nas realizações relacionadas ao seu objetivo e anúncio da vaga e remova as funções e experiências no currículo que não estejam alinhadas ao seu objetivo.

Essas dicas podem dar ao seu CV a melhor chance de passar para a próxima fase do processo seletivo.

9. Use palavras poderosas

Algumas palavras valorizam mais suas habilidades e experiências, outras já se tornaram “clichês” nos currículos e devem ser ao máximo evitadas.

A escolha assertiva de palavras poderosas podem aumentar suas chances de uma entrevista de emprego, portanto, selecione suas palavras com cuidado.

Evite frases chatas ou obsoletas, e também autoelogios como:

  • “perfeccionismo”;
  • “trabalhar demais”;
  • “competitividade”
  • “proatividade”;
  • “atitudes sinérgicas”;
  • “pensar fora da caixa”.

Invista em palavras e frases poderosas que destacam suas experiências no currículo, como:

  • “Receitas e lucros”;
  • “Dentro do orçamento do setor”;
  • “Alcançou metas e objetivos da área”;
  • “Melhorou o desempenho”;
  • “Instrui e treinei a equipe”;
  • “Acrescentou (…)”;
  • “Reduziu (…)”
  • “Negociou”;
  • “Criou, inovou, lançou novo (…)”.

10. Não seja desonesto

Esse é o pior erro de candidatos a vagas de emprego, que muitas vezes estão desesperados por não receberem convites para entrevistas e mentem sobre suas experiências no currículo.

Não cometa esse erro. Com um currículo bem formatado e experiências de trabalho verdadeiras e bem escritas, até mesmo candidatos com históricos menos experientes conseguem entrevistas.

A melhor estratégia para valorizar sua experiência no currículo é sempre ser sincero sobre o seu passado e sua trajetória profissional. Se você percebe que falta alguma habilidade ou técnica invista em sua formação profissional, pesquise sobre cursos, livros e valorize seu perfil sendo proativo.

11. Revise e peça ajuda

Peça ajuda para um colega ou amigo de confiança para revisar seu currículo.  Isso é valido não só para procurar erros ortográficos e gramaticais mas também você saber se está transmitindo realmente as ideias que deseja destacar.

Saber o que destacar no tópico de experiência no seu currículo é uma coisa; na prática, escrevê-lo de uma maneira clara e concisa é outra.

Peça para seu colega avaliar a aparência e dar um feedback sincero sobre a primeira impressão do seu currículo. Depois peça para te ajudar a colocar no papel de forma que enfatize suas habilidades e suas experiências e também transmita o valor que você traria para uma potencial empresa.

Como percebeu o currículo é uma “ferramenta de marketing” de sua trajetória profissional. Então considere estas dicas para descrever experiências no currículo e para que seu histórico efetivamente possa ser destacado e você conquiste sua vaga de emprego.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo