Você está aqui:Home » Livros Grátis » Administração e Negócios » Como ser um empreendedor antes dos 18 anos

Como ser um empreendedor antes dos 18 anos

Olá, leitores!

Confiram as dicas de jovens empreendedores de sucesso

Os jovens costumam encontrar dificuldades na hora de conseguir um primeiro emprego. Sendo assim, muitos buscam alternativas de se colocarem no mercado de trabalho e, por isso, boa parte deles decidem abrir seu próprio negócio.

Contudo, é importante ressaltar que, para abrir um negócio, deve haver uma preparação e planejamento para se alcançar um empreendimento bem-sucedido e produtivo.

O empreendedorismo deve ser levado a sério, fatores como dedicação, persistência e responsabilidade são os principais requisitos para que se inicie um novo empreendimento.

É importante conhecer o segmento escolhido para o negócio e desenvolver conhecimentos e habilidades sobre os aspectos gerais do mercado sobre o produto ou serviço que desejam fornecer através da empresa.

Pensando nisso, separamos uma série de dicas de jovens empreendedores para aqueles que decidirem ser empreendedores antes dos 18 anos:

1 – Façam um planejamento

É muito importante fazer um plano de negócio quando decidir se tornar em empreendedor.

O plano de negócio é o estudo de todo o segmento empresarial escolhido e é fundamental para que você tenha certeza do ramo escolhido e saiba quais serão seus propósitos e possíveis dificuldades ao decorrer das atividades.

Além disso, o plano de negócio o auxiliará logo no início, para saber se o mercado escolhido é promissor ou não, assim vocês terão mais confiança na hora de ingressar no empreendedorismo jovem.

O SEBRAE auxilia todos aqueles que querem abrir um empreendimento e é possível encontrar lá a ajuda necessária para montar um plano de negócio.

2 – Tenham foco

Comecem devagar, não queiram fazer tudo do dia para a noite. Escolher um produto ou um serviço para focar é o mais correto a fazer, pois muitos cometem o erro de querer entrar no mercado com a mesma proporção de outras empresas que já são atuantes no ramo.

O ideal é que, no início do negócio, haja foco em um segmento específico e o torne produtivo e rentável para futuramente passar a trabalhar com outros produtos.

3 – Não tenham medo de errar

O jovem empreendedor deve ter confiança em si mesmo e no negócio que decidiu exercer, por isso é aconselhável que se estude o mercado do segmento empresarial escolhido para que não haja medo ou desânimo logo no início das atividades.

O medo de errar não pode dominá-los, pois mesmo que esse negócio dê errado, a experiência será válida e poderá ajudá-los em projetos de negócios futuros, então é importante ser persistente e não desanimar.

jovem-empreendedor

4 – Estudem e se qualifiquem

Não basta apenas os jovens decidirem abrir um negócio e decidirem que não precisarão mais estudar ou se qualificar para o mercado de trabalho.

É necessário que se haja um constante aprimoramento e estudo do setor escolhido para o negócio e ,quanto mais vocês se especializarem e tiverem conhecimentos sobre o ramo de atuação da sua empresa, melhor será para a expansão e desenvolvimento do empreendimento.

Além disso, para que o negócio se desenvolva, é preciso que haja a expansão da empresa e isso pode acarretar ao uso de mais tecnologias, o que exigiria outros tipos de conhecimentos específicos, pois ainda mais no início, não será possível contratar profissionais para que façam tais serviços para vocês.

5 – Escolham trabalhar com aquilo que gostem

Muitos empreendedores veem seus negócios não darem certo ou desanimam ao decorrer do processo devido a escolha errada ou equivocada do setor de atuação.

Não vale a pena decidirem atuar em ramos que não lhes agradam, mesmo que tais ramos se mostrem promissores ou que possam lhes fornecerem retornos mais rápidos ou lucros maiores.

É fundamental escolher uma área de trabalho que lhes interessem, algo que gostem, porque trabalhar com prazer com aquilo que faz é o primeiro passo para se tornar um jovem empreendedor de sucesso.

6 – Busquem ajuda ou tenham mentores

O jovem empreendedor deve sim buscar a ajuda quando necessário e adquirir conhecimentos e experiências de outras empresas do ramo ou então a ajuda de um mentor, alguém que tenha experiências na área de atuação escolhida.

7 – Utilizem a internet

A internet, além de proporcionar inúmeras informações sobre o segmento empresarial que decidirem seguir, também pode se tornar uma ferramenta de auxílio e divulgação do produto ou da empresa.

Vale a pena ressaltar que muitos dos jovens empreendedores de sucesso têm seus negócios baseados na internet, por isso, além de ferramenta de informação, marketing e venda, ela pode também ser a plataforma onde o negócio poderá ser baseado. Um grande exemplo disso são os startups.

8 – Sejam responsáveis

Os jovens empreendedores podem ter a falsa ideia de que ao se tornar um empreendedor suas vidas melhorarão e eles poderão tocar os negócios da forma que quiserem.

Parte disso é verdade, pois vocês ditarão as regras de suas futuras empresas, contudo, as responsabilidades por trás de toda empresa serão suas. Mesmo não tendo um patrão, vocês devem lembrar que agora os chefes são vocês e é preciso ter muita responsabilidade, maturidade e dedicação ao novo empreendimento.

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2016 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo