Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Como se tornar um professor inovador e melhorar sua aulas?

Como se tornar um professor inovador e melhorar sua aulas?

Olá,

Você já percebeu que muitas coisas estão sendo modificadas nos vários âmbitos da educação?

A mentalidade de hoje não é mais como se pensava antes do avanço veloz da tecnologia. Outra coisa interessante que podemos notar é que essa geração frequentante das salas de aulas também não é mais a mesma. Para ser um professor inovador é preciso saber que muita coisa mudou.

Crianças de 4 anos já sabem manejar dispositivos eletrônicos e compreendem sobre gamificação. Eles não possuem um preparo técnico, aprendem fazendo, percebendo o que acontece no entorno social. Jovens que aprenderam sobre algo específico e se tornaram influenciadores digitais, arrecadando mais do que seus pais eram capazes de arrecadar na geração passada.

Diante de tanta evolução, e principalmente, pela velocidade em que essas coisas acontecem. As vezes pode parecer difícil acompanhar uma sala de aula cheia de crianças e jovens cheio de energia e ideias brilhantes na mente. O professor inovador se pergunta como deve agir.

Em meio a tantas modificações na Sociedade de informação e avanço tecnológico parece impossível pairar o conhecimento teórico em um plano tão avançado. A impressão é que o conhecimento do passado, cristalizado e fixado em certos paradigmas, não está convencendo a geração atual.

O fato é que o conhecimento teórico tão usado no passar dos anos deve tomar novas formas de canalização. Deve ser modernizado sem perder substância. E sobretudo, o professor deve levar em consideração os conceitos de sociedade liquida.

Neste conteúdo vamos versar sobre os principais conceitos sobre “sociedade liquida”, “evolução da sociedade da Informação” e ” evolução tecnológica”. Além disso, vamos apresentar o modo pelo qual fazemos e levamos adiante as nossas pesquisas e nossa metodologia para que a informação chegue a todos com equidade. Levamos em consideração a igualdade de absorvição de conhecimento respeitando a diversidade.

Cada um de nós é um universo. O que nos iguala é o conhecimento. Pronta (a) para a viagem? Mergulhe conosco!

Principais conceitos para o novo panorama de educação, ensino e aprendizagem

A Sociedade liquida

O termo Sociedade Liquida foi desenvolvido pelo pensador Zygmunt Bauman. Através deste conceito é possível compreendermos algumas características sociais pós-modernas.

Esta teoria defende que não estamos em busca de alcançar um objetivo em si, mas se transformar no próprio objetivo. Absorvendo tudo o que for possível para que sejamos aquele objeto de interesse de nós mesmos. A sociedade começa a ser desregulada e desordenada para ganhar novas dimensões.

Em contrapartida, traz a percepção de que em uma sociedade desregulada e desordenada, que se vive intensamente o que o mundo oferece, corre riscos, pela falta de reflexão, de se apoiar em qualquer ideia de liderança. Metaboliza-se o objeto de consumo, o capitalismo flexível. Busca de identidade baseada no consumo de bens que não duram.

As ideias de liderança no momento estão sendo representadas pelo consumo e exibição e nessa onda a sociedade segue e se transforma conforme o tempo.

A revolução da Sociedade de Informação

A sociedade da informação, também reconhecida, como os novos ganhos gerados a partir da terceira revolução industrial para a organização geopolítica e de comportamento social.

A partir do surgimento das TIC’s a sociedade foi tomando novas formas e amplificando os espaços. O que antes era conhecido como sociedade física que utilizava maior mecanismo humano, agora está em meio digital e se utiliza do apoio da inteligência artificial para se desenvolver.

A evolução tecnológica

As primeiras setas da evolução tecnológica ficaram mais evidentes, infelizmente, nos períodos de guerra. Com a produção de armamento avançado e até mesmo o uso das bombas atômicas que acabaram com cidades inteiras.

Atualmente, a tecnologia está ao alcance de todos e vem crescendo em uma velocidade exponencial. O problema receado por muitos educadores, e que deve ser digerido pelos professor inovador, é a substituição da inteligência humana pela inteligência artificial.

Hoje, sabemos que as aplicações podem criar comportamento próprio diante da sincronização entre as máquinas e o uso delas. Em notícias recentes, sairam várias pautas falando sobre a desativação da inteligência humana do facebook, pois esta estava criando comportamento próprio.

Mas, antes de criticarmos os fins comportamentais para as máquinas temos que pensar que estas tem comportamento que se assemelham àqueles que fazem uso dessas tecnologias. Então, qual o problema, a inteligência das máquinas ou o padrão de uso que estão condicionando determinados comportamentos?

Os desafios de inclusão social

Vários paradigmas estão sendo previstos no Brasil, sobre deficientes, negros, mulheres, homoafetivos e outras nuances que outrora eram vistos com olhar rígido. O professor inovador deve levar em consideração e ter conhecimento sobre essas causas.

Discurso sobre igualdade de gênero

Levar para a sala de aula o que está sendo revelado na sociedade sobre discurso de gênero é muito importante. De forma inteligente e não polêmica, mas nunca deve faltar esses assuntos. Lembre-se você está gerando e ajudando a desenvolver pessoas sociais que servirão as gerações futuras.

Discurso sobre empoderamento

Este é um outro assunto bastante complicado de se versar. Cada um tem sua criação familiar e as crenças a respeito do tema de empoderamento é ainda bastante delicada,  porém não é por isso que deve ser evitada.

Diante de assuntos como esses o professor inovador instiga os alunos a reflexão, faz com que eles se expresse. É importante saber que está ocorrendo uma desconstrução, então não é nada agregador ignorar aqueles que ainda não incorporaram determinados conceitos.

Discurso sobre diversidade e questões políticas

O professor inovador não toma partido, ele leva ao conhecimento geral, sem pessoalidade o que é e como funciona a política. É interessante evitar a politicagem. Lembre que apesar de tudo existe o livre arbítrio e este deve ser defendido.

Falar sobre ciência política e relacionar a acontecimentos da atualidade fará c0m que os seus alunos compreendam melhor e pensem sobre o que está sendo discutido.

Educação Remota

O professor inovador faz suas aulas duraram mais tempo do que aquele previsto em sala de aula. Não, não estamos falando de hora extra, mas sim de agregar o conteúdo no cotidiano dos estudantes. Praticidade teórica cai bem.

Pesquise sobre jogos, conversas e atividades que interessem os seus alunos a levarem o conteúdo das aulas com eles. Educação remota não é apenas ler livros de determinados assuntos, mas utilizar o conhecimento enquanto faz outras atividades que não sejam apenas as escolares.

Interdisciplinaridade, Transdisciplinaridade e Multidisciplinaridade

  • Interdisciplinaridade é o encontro de duas áreas distintas que se mesclam e formam um conhecimento.
  • Transdisciplinaridade é quando várias áreas do conhecimento geram informação ou outro conhecimento e esses não podem se dissolver. Exemplo: Teorias de mecânica quântica e cálculos matemáticos. Não se chega a exatidão e comprovação cientifica sem por intermédio matemático.
  • Multidisciplinaridade é quando várias áreas se comunicam só ou entre si. Podem ser separadas.

Ter conhecimento sobre esses conceitos faz com que o professor inovador aumente os potencias das informações transmitidas em sala de aula.

Aumento do interesse sobre empreendedorismo

O termo empreendedorismo é muto mais visto para desenvolvimento em negócios do que um modo de emancipação do indivíduo e da sociedade. Levar para sala de aula assuntos que versam sobre as múltiplas possibilidades de crescimento técnico, profissional, intelectual, social e humano fará de você um professor inovador.

O que faz um professor inovador

professor-inovador

Conhecimento Holístico

Utilizar outras áreas do conhecimento para explicar da maneira mais abrangente possível determinadas matérias.

Por exemplo, para explicar o fenômeno da dupla fenda de Thomas Young (física), pode agregar também o experimento do gato de Erwin Schodinger (matemático).

Você sabe por que a curiosidade matou o gato? Pois, é por vezes não nos damos conta do que falamos, por traz desse dito popular existem um experimento muito sério. Não faça de seus alunos reprodutores mas sim, pensadores e criadores de conhecimento.

Apresentação das mais importantes biografias filosóficas e cientificas

Não importa a que nível de escolaridade estão os seus alunos, apresentar a biografia de grandes revolucionários sempre servirá a longo prazo. Falar de uma pessoa não é assim tão complicado.

O professor inovador coloca na mente de seus alunos que existiram e existem pessoas que quebram paradigmas e modificam a mentalidade humana e por isso são considerados gênios da humanidade. Como Albert Einstein, Leonardo Da Vinci, Isaac Newton, Thomas Young e outras personalidades que revolucionaram a visão cientifica.

Ofereça boas influências e seja você também um influenciador, mergulhe na vida dos grandes arquitetos do saber.

Falar de ciência e método científico

Parece um pouco agressivo, mas muitos saem das faculdade sem compreender o que significa ciência e método científico. É verdade que o professor inovador talvez não possa oferecer recursos físicos. Mas, fale de ciência, faça-os compreender como se deram as grandes inovações, como foram projetadas e que esse conhecimento está disponível a todos. Mostre-os o caminho.

Incentivar a pesquisa

Seria o mesmo que dizer, incentive o pensamento crítico. Não aceite plágio. Deixe-os bem informados sobre o que é plagio e o porque não comete-lo. Não apenas por ser crime, mas também por não desenvolver a capacidade de expressão e organização de ideias e raciocínio.

Usar arte para exemplificar as aulas

Simplifique o complexo e ensine aos seus alunos que façam o mesmo.

Utilizar palavras motivadoras em todas as aulas

Sem falsos elogios. Observe o individuo e a equipe e diga a eles o que você enxerga como potencial, ensine-os a se motivar entre si e com si próprio. O professor inovador é sobretudo, um líder.

Disciplina e Liberdade

Ofereça liberdade a seus alunos de se expressarem, mas não esqueça de lhes mostrar muito diretamente o que é direito e dever. Muitos educadores não falam sobre direitos e deveres, esses conceitos é um diferencial para compreender o respeito dos espaços e que a disciplina é a lei que rege a liberdade.

Colocar um senso de continuidade sobre os temas

Antes de terminar as aulas, sempre deixe um senso de continuidade, mesmo que o assunto esteja concluído. Assim, o aluno esperará pela sua próxima aula com despertez e você cria a possibilidade de pesquisa fora de sala de aula. Educação remota, lembra?

Trocar autoridade por liderança

Nada de fazer o general que controla tudo. O professor inovador incorpora o mediador que auxilia na evolução e principalmente, no crescimento de todos e de cada um.

Formar líderes

Alunos que aprendem a serem líderes organizam-se por si só, aprendem com maior facilidade se ajudam e se motivam, consequentemente, o trabalho do professor será facilitado.

Noções gerais

A sala de aula é um campo de criação, onde o conhecimento se mistura em prol de algo maior, não se trata de formar soldados sociais e sim pessoas preparadas a exprimir seus potenciais para desenvolver o mundo amanhã.

Ser professor é uma das missões mais belas que se pode conhecer. Dizemos missão, porque não é fácil lidar com mentes tão ativas em um meio social tão limitados e desigual.

Se torna ainda mais complicado quando o sistema de ensino limita o professor inovador a se enquadrar em um padrão ultrapassado que já não é efetivo. Mas, esse não é um problema. Não existem perguntas difíceis para quem sabe dar respostas brilhantes.

Hoje avançamos mais um pouco nesse processo de levar adiante o conhecimento. Para ser um professor inovador é importante entender sobre como está caminhando a sociedade agora.

Sabemos que o ensino tomou outras vertentes e é importante reconhecer alguns conceitos para que a missão seja viável, mesmo diante das dificuldades de ter que atuar em um sistema de ensino ainda enquadrado no passado.

Seja uma célula de desenvolvimento de nosso sistema educacional. Compartilhe esse conteúdo com seus colegas de profissões e com pais de alunos.

Se você gostou não esqueça de curtir. Caso tenha interesse em saber sobre algum assunte em específico, deixe um comentário que logo desenvolveremos o artigo de seu interesse.

Até breve!

comentários (1)

  • OG OLIVEIRA E SOUZA

    O professor inovador deve saber o que manter e o que descartar. Aceitar a inovação incluindo a ideologia de gênero, não é inovar, mas voltar ao passado a teoria de Marx. Inovar é reconhecer sexos, homem e mulher. Muito menos aceitar como inclusão social o grupo chamado homoafetivo. Não e não. Eles não são ets, são pessoas iguais a nós que aceitara uma opção sexual diferente da normal, e que fere aqueles que não aceitam seu tipo de escolha. Isto não é ausência de inclusão, mas inclusão correta, sabendo distinguir os que tem opção diferentes da nossa, aceitando-os como pessoas que merecem respeito e carinho, mas não implica que concordemos com seu modo de vida. O professor inovador deve saber diferenciar o que é certo do errado e não aceitar simplesmente o “políticamente correto.’ Ser professor inovador é a aceitar as inovações tecnológicas mas abstrair-se das “inovações” erradas de uma sociedade pervertida.

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo