Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Como não errar adjunto adnominal no vestibular?

Como não errar adjunto adnominal no vestibular?

Olá, estudante!

Se você percebe que está com algumas dificuldades para aprender gramática, saiba que isso é natural e ocorre com vários estudantes brasileiros.

É comum ouvir que o português é uma das línguas mais difíceis, mas isso não é verdade. Toda língua possui suas regras gramaticais e com o português não seria diferente.

Então, o que está faltando para você superar essa dificuldade é estudar e praticar (resolvendo exercícios). E é justamente isso que você terá a oportunidade de fazer por meio deste texto que preparamos.

Vamos tratar do adjunto adnominal,  que compõe a parte da gramática que é denominada “Sintaxe”.

Vamos, então, a este conteúdo para que você, ao terminar o texto, saia daqui sabendo tudo sobre este assunto.

Adjunto Adnominal: um elemento da Sintaxe

Como já foi dito, esse conteúdo faz parte da sintaxe da Língua Portuguesa. É na sintaxe que as palavras são analisadas e classificadas em uma oração, observando-se as relações entre os termos.

Entre os elementos principais da sintaxe do período simples estão: o sujeito, o predicado, o complemento verbal, o adjunto adnominal, o adjunto adverbial entre outros.

Se você se lembrou de alguns desses nomes, saiba que isso já é o suficiente para que você possa prosseguir neste estudo.

Adjunto Adnominal: definição

Adjuntos adnominais são termos que, em uma oração, estão diretamente ligados a um substantivo, determinando-o e especifA garçonete educada serviu dois cafés espressos para os jovens de óculos.
icando-o.

 

Ex.:

A garçonete educada serviu dois cafés espressos para os jovens de óculos.

 

Essa capacidade de “caracterização” que é típica do adjunto adnominal faz com que possamos dizer que esse termo tem uma função adjetiva.

 

Por isso mesmo o adjunto adnominal é desempenhado por classes de palavras que costumam acompanhar o substantivo:

  • Artigo
  • Pronome
  • Numeral
  • Adjetivo (ou locução adjetiva)

 

Algumas características comuns do adjunto adnominal são:

  • Sempre está ligado ao substantivo, sem intermediação de um verbo.
  • Pode ser um adjetivo, pronome, numeral ou artigo.

 

OBS: Pode haver, em uma oração, mais de um adjunto adnominal ligado ao mesmo substantivo, como em O menino travesso caiu”.

Adjunto Adnominal: exemplos e análises em orações

Veja os exemplos e as análises realizadas em frases que possuem um ou mais adjuntos adnominais:

 

1) O garçom não nos atendeu.

(“garçom” é substantivo e o artigo “o” se liga a ele, podendo por isso ser classificado como adjunto adnominal)

 

2) Aquele vendedor não atende bem.

(“vendedor” é substantivo e a ele se liga o pronome “todo”, sendo um adjunto adnominal)

 

3) Três amigas virão para o café.

(“amigas” é substantivo e a ele se liga o numeral “três”, o que nos permite classificá-lo como adjunto adnominal)

 

4) Não gosto de amigos desconfiados.

(“desconfiados” é um adjetivo que está diretamente ligado ao substantivo “amigos”, por isso o termo grifado é um adjunto adnominal)

 

5) A luta dos professores é sempre contínua.

(“dos professores” é uma locução adjetiva ligada ao substantivo “luta”, por isso é um adjunto adnominal, bem como o artigo “o” que também se liga ao núcleo do sujeito)

Adjunto adnominal

Fonte: Reprodução

Exercícios para fixar o conteúdo

 

QUESTÃO 1 (UF-UBERLÂNDIA)

“Ele observou-a e achou aquele gesto feio, grosseiro, masculinizado.” Os termos sublinhados são:
a) predicativos do objeto
b) predicativos do sujeito
c) adjuntos adnominais
d) objetos diretos
e) adjuntos adverbiais de modo

 

QUESTÃO 2 (Univ. Fed. Ceará)

Assinale a alternativa em que o termo grifado é adjunto adnominal:
a) Sua falta aos encontros sufocava nosso amor.
b) Ela é uma fera maluca.
c) Ela é maluca por lambada nacional.
d) Não tenho medo da louca.

QUESTÃO 3 (UFRR)

Na oração: As pessoas preocupadas são as únicas que tomam providências sobre o assunto, o termo destacado exerce a função de:
A) Adjunto adnominal

B) Complemento nominal

C) Núcleo do sujeito
D) Predicativo do objeto
E)  Predicativo do sujeito

 

QUESTÃO 4 (VUNESP)

Na Nova Gramática do Português Contemporâneo, os autores Celso Cunha e Lindley Cintra explicam que o adjunto adnominal “é o termo de valor adjetivo que serve para especificar ou delimitar o significado de um substantivo, qualquer que seja a função deste.” Tal definição está corretamente exemplificada com a expressão destacada em:


A) Um ano depois do casamento, Fadinha estava outra vez bonita…

B) O caso é que ambos foram muito felizes. Ainda vivem.

C) … com todo o corpo cruelmente invadido pela medonha erupção

D) … absolutamente nada da beleza célebre de outrora.

E)… depois de ter estado suspensa entre a vida e a morte.

QUESTÃO 5 (UFSE)

Identifique a alternativa em que todos os termos destacados têm a função de adjunto adnominal.
a) As funcionárias estavam absolutamente impossibilitadas de reagir.
b) Traga-o até aqui, com todas as bagagens.
c) Belíssimas gravuras foram vendidas por eles.
d) Eles chegaram muito tarde e jantaram sozinhos.
e) Os pareceres dos técnicos lhe foram plenamente favoráveis.

 

GABARITO

1) C

2) C

3) A

4) D

5) E

comentários (1)

  • Amador Madalena Maia

    Sempre acompanho e faço os exercícios do Canal do ensino, mas deste eu não gostei.
    Teve este erro como o demostrado aqui e os exercícios não estão grifados.
    Adjuntos adnominais são termos que, em uma oração, estão diretamente ligados a um substantivo, determinando-o e especifA garçonete educada serviu dois cafés espressos para os jovens de óculos.
    icando-o.

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo