Você está aqui:Home » Dicas » Bolsa de Estudo » Como fazer uma carta de motivação nota 10 para bolsas de estudo

Como fazer uma carta de motivação nota 10 para bolsas de estudo

Olá, leitor!

Como escrever uma carta de motivação nota dez para bolsas de estudo?

Normalmente para a educação básica você requisita a bolsa de estudos pessoalmente ou por meio de um site, paga a pré-matrícula, aguarda pela análise socioeconômica e se tudo der certo, sua bolsa é aprovada.

Porém, para o ensino superior pode-se variar de acordo com a instituição de ensino e caso você escolha um curso dentro ou fora do país.

Muitas universidades requerem que o estudante prepare um currículo e uma carta de motivação. Por isso fique atento, leia cuidadosamente o regulamento e prepare antecipadamente todos os documentos necessários.

Hoje vamos dar dicas de como escrever uma carta de motivação nota dez. O intuito deste documento é demostrar o seu lado pessoal, suas realizações, conquistas e hábitos de estudos, o domínio do idioma.

Entretanto, é necessário que você tenha muito cuidado ao escrever esta carta de motivação. A dica principal é destacar suas experiências. Há alguns modelos disponíveis na internet que evidenciam a linguagem e o tamanho do texto, mas ao final deste artigo você conseguirá escrever a sua carta sem a necessidade de intermediários. Confira

Dicas para redigir sua carta de motivação

carta_de_motivacao

Sua carta de motivação

Isso mesmo “sua”, ou seja, mostre quem você realmente é. Leia e verifique alguns modelos, mas não copie e coloque somente informações reais. Deixe que seu texto mostre a sua personalidade, destaque seus pontos fortes, suas qualidades e suas potencialidades/habilidades.

Você pode ler cartas de motivação de alguns colegas, alguns conhecidos, ou até mesmo buscar alguns modelos na internet. Preste atenção, verifique o vocabulário, a organização, o desenvolvimento do texto, mas não copie, pois se verificarem saberão que é plágio.

Não tenha medo, coloque as suas ideias no papel e foque nos pontos fortes que deve valorizar, suas habilidades, qualidades e competências. Se realiza ou realizou algum trabalho voluntário. Pense no que te diferencia da multidão, tanto no trabalho quanto na escola.

Evite termos ou frases prontas

Ao redigir a sua carta de motivação você deve evitar aqueles termos ou frases prontas, os famosos clichês. Vejamos alguns exemplos que devemos evitar:

  • “Preciso dessa chance”;
  • “Esse intercâmbio me deu uma nova visão do mundo”;
  • “Só estou me candidatando a essa bolsa, porque ela é perfeita pra mim”;
  • “Sou pobre, preciso dessa bolsa”.

Frases que podem ser utilizadas

Vejamos agora algumas frases que deve inserir em uma carta de motivação e o porquê:

  • “Estou realmente interessado em saber mais sobre a oportunidade e compartilhar algumas experiências em …”

Escreva quais são os seus motivos, porque você se encaixará naquela instituição. O que você viu de bom na instituição e o que pode acrescentar ao grupo.

Ao escrever deve demonstrar a sua autoconfiança e que aquela vaga atende as suas necessidades e expectativa. Bem como você atenderá todos os requisitos necessários.

  • “Gostaria de frequentar a (nome da instituição), cursar a faculdade de (nome do curso exemplo: medicina) e me tornar um (profissional exemplo: cardiologista) que atende (sua intenção de trabalho, exemplo: áreas rurais ou indígenas…)”.

Voltando ao argumento da personificação do texto, deixe claro os seus objetivos específicos. Esta ação mostrará ao selecionador que você tem um foco, suas metas são claras.

Lembre-se que se houver uma entrevista, provavelmente o selecionador irá te perguntar sobre as informações que estão em seu currículo e na sua carta de motivação. Por isso é necessário, pensar bem ao elaborar este texto.

Atenção a ortografia

Quando uma pessoa estiver lendo o seu texto, ele precisa acreditar em você para acreditar no que está escrito. Vejamos um exemplo:

“Essi intercambio mi deu uma nova vizão do mundo”

Ao ler está frase o que você acha que o selecionador pensaria? Acredito que pararia de ler, pois não iria acreditar que este aluno merece a bolsa de estudos, ele precisa primeiro estudar sua língua materna.

Para muitos especialistas, o erro ortográfico é mais grave que o gramatical, pois durante a escolarização estuda-se primeiro a escrita das palavras.

Normalmente, nós temos um modo de falar com nossos amigos que é diverso do escrito. Esse modo é de uso informal da língua e não podemos utilizá-lo quando escrevemos, principalmente uma carta de motivação.

É importante que você revise o seu texto, uma dica é pedir para alguém ler e fazer correções se houver.

Carta de motivação em língua estrangeira

Quando escrevemos em outro idioma deve-se redobrar a atenção. Verifique se escreveu corretamente tudo que precisa e que você saiba o significado de tudo que escreveu.

Caso você esteja utilizando o “Microsoft Word” para escrever uma carta, troque o idioma, desta forma o corretor automático te auxiliará.

Outra dica é utilizar o Google tradutor/translator, caso tenha dúvidas em algumas palavras. Lembre-se, há idiomas que necessitam de revisão.

Muitas pessoas alegam que para o inglês a tradução é ótima, porém, outras línguas como o italiano não são muito confiáveis, há palavras que possuem duplo sentido e não são bem vistas.

Você não deve utilizar o Google para traduzir todo seu texto, mas para verificar se escreveu as palavras corretamente. Se tiver escrito a palavra errada ele não conseguirá traduzir, como por exemplo em inglês se escrever “I usually read a economics bok per week.” mas você queria escrever “I usually read an economics book per week. – Eu leio um livro de economia por semana”.

Será sinalizado o erro do “bok” que é “book”, mas não “a” que é “an” neste caso a palavra seguinte inicia com vogal. Então, deve ter atenção e revisar o texto pessoalmente. Repare que na frase acima o adjetivo vem antes do sujeito, isso é normal no idioma Inglês.

Proficiência em língua estrangeira

Lembre-se, elabore a sua carta de motivação correspondente ao seu nível de proficiência. Você poderá realizar um exame de proficiência na língua que estiver buscando a bolsa de estudos.

No inglês existe o TOEFL, há instituições que irão requisitar este teste.

Note que todos os seus documentos são encaminhados juntos para análise. Fique atento, você não poderá escrever algo que não esteja em seu nível de proficiência.

O examinador irá comparar o resultado obtido no teste com a sua carta de motivação. Logo, é necessário que todos os documentos estejam no mesmo nível, senão pode despertar desconfiança e você vai perder a bolsa por mentir.

Objetividade

Uma boa carta de motivação precisa ser objetiva e de fácil leitura. Alguns especialistas apontam que deve conter de duzentas a duzentas e cinquenta palavras.

Uma dica é ser direto ao assunto, se apresente, destaque seus pontos relevantes. Deixe claro quais são os motivos para o examinador te aceitar.

Infelizmente, muitas pessoas acreditam que quem escreve muito demonstra mais o seu conhecimento, mas o examinador no caso necessita apenas saber se você merece ou não a vaga. Se seu texto for cansativo com informações inúteis provavelmente você será desclassificado.

Carta de motivação não é currículo

Lamentavelmente, algumas pessoas repetem as informações de seu currículo vitae, acreditando que o examinador não irá ler ou que é um assunto fácil a ser discutido caso haja uma entrevista.

Só cite algo que esteja no currículo se for muito relevante a seleção ou se não conseguiu explicar alguma experiência. Caso contrário jamais faça isso.

Passo a passo de uma carta de motivação

Atualmente existem diversos modelos de carta de motivação, vamos citar um modelo de como se organizar a carta:

1. Endereçamento

Para quem você escreve a sua carta de motivação? Normalmente há uma coordenação, você precisa saber o nome do diretor e se precisa especificar outros dados como prédio. Sem o alinhamento e a direita. Exemplo:

Coordenação de Pesquisas Científicas da Faculdade (Medicina)
Exmo. Senhor Diretor (Carlos Brandão)
(Setor verde, Bloco II, prédio A)

2. Local e data

Escreva em negrito, alinhamento a esquerda, como por exemplo:

São Paulo, 19 de fevereiro de 2018.

3. Carta e saudação

Normalmente se orienta escrever em uma letra de fácil leitura como a Arial ou a Times tamanho 12. Você não pode esquecer da saudação inicial e final, isso demonstra respeito e educação.

Lembramos que citamos aqui um exemplo, como colocar informações precisas e que possa fornecer dados ao examinador que você é a pessoa exata para esta vaga.

Exmo. Senhor Diretor (Carlos Brandão)

Com esta carta, desejo declarar o meu interesse e candidatar-me ao Mestrado em Epidemiologia. Eu sempre tive um interesse e uma paixão pela medicina e, portanto, não é surpreendente que terminei meus estudos de bacharel em medicina em apenas cinco anos em vez de seis.

Desenvolvi essa forte paixão em relação à epidemiologia, graças ao meu pai que é epidemiologista, trabalhando no Ministério da Saúde no Departamento de Estatística. Por isso, inscrevi-me e completei em 2017 meus estudos de Bacharel em Saúde Pública no Universidade (Mogi das Cruzes).

Ao frequentar a faculdade, concentrei-me principalmente na bioestatística e no uso de bioestatística para avaliar os impactos na saúde.

Durante meus estudos, terminei um projeto de capstone que analisava o tempo para dados de eventos em aproximadamente 1.000 pacientes em quatro polimorfismos de nucleotídeos de interesse único para o desenvolvimento potencial de uma condição cardíaca.

Durante a minha vida, muitas vezes participei do voluntariado, para ganhar experiência, mas também para dar o meu contributo pessoal para a comunidade.

Antes de frequentar a faculdade, ofereci-me no (Centro de Enfermagem), onde eu tenho apoiado os idosos com a alimentação, em jogos e em conversas com eles. Continuando este trabalho até o final do ano passado.

Por meio do programa de Mestrado oferecido pela sua Universidade, tende a desenvolver habilidades e competências na Epidemiologia, por meio da plena compreensão dos fatores de risco para as doenças e seu impacto na população.

Por último, mas não menos importante, percebo isso como uma oportunidade para obter uma visão da prática médica de epidemiologia em um dos melhores hospitais do país, neste campo. Além disso, eu sinto que, como aluno de Mestrado em sua Universidade, posso me beneficiar das inúmeras oportunidades de carreira desafiadoras.

Anexo: Você deve anexar o seu Currículo Acadêmico.

A assinatura é normalmente no centro da página e seus dados pessoais e contatos no canto esquerdo da página.

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo