Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Concursos » Como estudar português para concurso e alcançar a aprovação?

Como estudar português para concurso e alcançar a aprovação?

Olá,

Segundo índices de pesquisas realizadas pelo IBGE, o número de concurseiro no Brasil, representa cerca de 10% da população, em outros termos, aproximadamente 12 milhões de pessoas em busca de colocações nos cargos públicos.

Os números apresentados revelam também que a cada ano a busca, pela tão sonhada estabilidade profissional, aumenta em nosso país. Por este motivo, cada dia as bancas organizadoras se empenham mais para filtrar a concorrência.

Como alternativa de organizar as melhores formas de filtragem, ainda priorizando a justiça na seleção dos classificados, alguns critérios estão sendo adicionados na maioria dos editais para concursos públicos. Alguns dos requisitos mais conhecidos pelos concurseiro são: o peso referente a cada disciplina das provas, normas de eliminação, regras de desempate e outras.

Advinha dentre as matérias de maior peso e critérios de desempate, o que aparece?

Estudar português te dá poder! É exatamente, esta é uma das disciplinas que levam maior peso e ainda é utilizada como critério de desempate na maioria dos concursos públicos. Além do mais, existe a Redação que, para algumas bancas, é considerada uma prova independente, assim como acontece no ENEM, tem uma nota apenas para ela. Quanta imponência, não acha?

O fato é que este, além de ser um idioma considerado de difícil aprendizado para os estrangeiros, se revela também complicado até para os letrados e profissionais que lidam com ele diariamente. Porém a dificuldade maior é se deparar com um grande volume de matéria e pequenos detalhes e ter que aprender tudo o mais rápido possível… É uma batalha!

Fique tranquilo, pesquisamos, avaliamos e selecionamos informações atualizadas sobre truques de aprendizado e sobretudo as melhores técnicas para estudar português obter melhores colocações nos concursos públicos.

Então, preste atenção nas linhas abaixo e aproveite o máximo possível deste conteúdo.

Português – Peso 2

Os concurseiro de plantão já são bem familiarizados com esta expressão: “Português, peso 2”. Em verdade, vos digo, esta matéria também alavanca as chances de ultrapassagem quando as pontuações gerais, entre dois ou mais concorrentes, são idênticas.

Pode parecer uma matéria simples, mas não é. Não é por acaso que esta é a disciplina usada como trunfo pelas bancas organizadoras, o que torna os estudos de português tão importante.

Imagine que você estudou todas as regras gramaticais e ortográficas durante todo o período de escola. Entretanto, em um determinado dia precisa realizar um teste para alguma finalidade específica e se depara com uma questão do tipo: “Mecher ou mexer?”. Nestes, ou em outros momentos semelhantes, sentimos na pele a dificuldade de nossa língua.

Por mais que tenhamos estudado português, este tipo de questionamento parece nos tirar do eixo. Nessas ocasiões, tendemos a ser negativos, dessa forma podemos comprometer o tempo de resolução das questões seguintes, pois ficamos presos a uma dificuldade.

Esta é apenas uma das mais variadas confusões que pode nos abater.

Para solucionar os problemas a primeira coisa a ser feita é iniciar os estudos. Se mesmo assim você está confuso sobre como estudar português, não se preocupe, ajudaremos no seu ponta pé inicial e os próximos passos, certamente, lhe darão uma visão ampla de como proceder e não parar de aprender mais.

Lembre-se que para chegar aos melhores resultados nunca conduza seu foco em técnicas de decoreba ou coisas do gênero. Aprenda a obter conhecimento e transformar os momentos em recursos de aprendizagem, dessa maneira não passará pelo risco de “dar branco”.

Observe tudo o que te cerca. Absorva apenas o que serve ao conhecimento. Abstraia, extremamente, tudo aquilo que não alimenta a sua intenção, foco e objetivo.

A regra número um de todo concurseiro é: Estudar até passar.

Depois dessas premissas, esperamos que você tenha entendido que já faz parte de um novo estilo de vida. Agora vamos para os macetes.

5 Técnicas matadoras para aprender como estudar português

portugues para concursos publicos

1. Efeito Dominó

Assim como a lei de Murphy defende que quando algo tende a dar errado, certamente, dará; a técnica do efeito dominó segue o mesmo princípio só que ao contrário. Não entendeu? Fique tranquilo segue a explicação.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que uma coisa leva a outra, ou seja, comece pelos estudos de português que você tenha muita dificuldade, arremate a primeira grande dúvida e rapidamente as dúvidas seguintes aparecerão (até mesmo aquelas que você nem tinha consciência que existiam). Ao fim, todas as dúvidas estarão sanadas, do mesmo modo que acontece quando derrubamos o primeiro de uma fileira de dominós.

Um exemplo:

Acreditamos que você sendo a pessoa corajosa que é, começará estudar português pela Redação.

Então, escreva um texto e comece a revisar. No ato da revisão aparecerão vários erros (mau pontuação, concordâncias estranhas). Diante destes problemas, vá em busca de soluções. As resoluções te levarão a outros problemas. A cada passo você terá maior transparência sobre as suas dificuldades e, como em um passe de mágica, saberá como e onde buscar melhores recursos para estudar português.

Para dar maior efeito a esta técnica, sugerimos que sempre que estiver diante de qualquer dificuldade lembre-se da seguinte citação: “Uma onda leva a outra assim o mar olha para o mundo”.

Pode ser  que a lei de Murphy seja comprovada pelo fato que maioria ao se deparar com uma dificuldade, retrocedem abrindo espaço para o negativismo e falência daquilo que poderia ser realizado.

+ Conheça também o Guia Prático da Interpretação de Textos

2. Mapas- Mentais

Esta é uma estratégia que não cansamos de mencionar em nossos conteúdo. Isto porque o mapa-mental é praticamente um milagre da memorização e aprendizagem. Os mapas-mentais potencializa uma das etapas mais importantes para se estudar português: a revisão!

A memória ganha força porque se atribui a informação base outras nuances assimilativas. Funciona semelhante aos organogramas no que diz respeito à hierarquia entre os conceitos do genérico ao mais específico; a diferença é que ao invés de outras palavras para explicar os termos genéricos são imagens, cores, grafias e etc.

Para fazer um mapa-mental, você vai precisar de uma folha de papel. Escreva um termo, como por exemplo: NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO (assim, bem destacado), no centro da folha. Ramifique este termo central em termos mais específicos, por exemplo: HÍFEN. PAROXÍTONAS DITONGO. USOS DOS PREFIXOS. Estes últimos termos menos destacados que o primeiro, podem ser usados para explicá-los e indicar o senso de importância de cada um: imagens, cores, etc.

Tente fazer um mapa mental, seguindo as indicações supracitadas, temos certeza que depois disso, o Novo Acordo Ortográfico não será mais um problema para você. Neste exemplo mencionamos a ortografia, mas você pode adequá-lo como quiser para estudar português.

Leia também:

15 mapas mentais de história gratuitos
7 Aplicativos para Criar um Mapa Mental

3. Pausa para a leitura

Não importa o tipo de leitura, gibis, informativos ou aqueles artigos abertos nas abas do seu navegador esperando para serem lidas. Crie um alerta leitura para as horas vagas. Além de permitir ter um hábito saudável para a mente, a memória e a vida; será também de grande valia para aprender mais sobre a comunicação escrita.

4. Aplicativos de celular

Existem um universo de aplicativos destinados ao melhoramento dos estudos.

Mas, infelizmente, poucos são realmente efetivos para os objetivos em concursos públicos. Contudo, temos os aplicativos: Manual de Redação, Quiz de Português e Verbos em Português, estes são ótimos para estudar português.

O que você não sabe é que os infográficos do Pinterest são excepcionais. São explicações criativas sobre qualquer assunto em formatos de super fáceis para se captar o conteúdo.

Leia também:

+ 12 aplicativos gratuitos para estudar para concursos
+
 11 aplicativos gratuitos para estudar português

5. Impressão de Infográficos

Antigamente, se colava cartolinas imensas cheia de conteúdos nas paredes, para não esquecer o assunto. Saiba que esta técnica está em desuso, não é eficiente para estudar português e atrapalha mais do que ajuda. Isto porque o grande volume de informação dispostas de forma linear pode causar fadiga visual e cansaço mental. Com o tempo é susceptível que o aprendiz evite encará-las.

Cartolinas com mapas mentais são muito mais efetivas, além de serem artísticas e agradáveis de olhar. Até quem não está estudando vai aprender.

Mas, se você está com pressa e não quer usar as técnicas dos mapas-mentais, imprima iconográficos explicativos que causará quase o mesmo efeito.

Dicas para ativar os estudos de português

estudos de portugues

Curso Gratuito de Comunicação Escrita

A Escola Virtual da Fundação Bradesco oferece o curso de Comunicação escrita, gratuitamente e com certificado. Neste curso é possível aprender os tópicos mais importantes para fazer aprender o essencial da língua portuguesa.

Esqueça a língua brasileira, conviva com a língua portuguesa

Já é muito comentado que nosso idioma está tomando as rédeas da representação de linguagem do próprio povo. Cheia de gírias e variações linguísticas temos hoje. O português com açúcar, como muitos dizem, se trata da maravilhosa e rica língua brasileira.

Infelizmente, a língua brasileira não gabarita prova nenhuma. Então, por mais apaixonante que ela seja, deixe-a por um tempo para não se prender aos seus deslizes. Se você quer ser uma “fera” do português se atenha ao conjunto de regras gramaticais e a normativa ortográfica. Adequando a sua linguagem será mais fácil compreender e fixar o conteúdo.

Auto explicação

Sempre que for estudar português e se deparar com um conteúdo textual, analise-o e avalie-o. Caso identifique erros faça uma auto explicação sobre o tema. Assim fica mais fácil de memorizar um volume considerável de informações.

Em soma a língua portuguesa é falada oficialmente por 10 países: Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Timor Leste, Guiné Equatorial, Macau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

Agora que você já sabe onde, quando e como estudar português para concursos, não perca tempo, comece já!

Se você gostou deste conteúdo, curta para que tenhamos uma base avaliativa. Se quiser saber mais sobre conteúdos como este curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades do mundo da Educação.

Até breve!

comentários (1)

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo