Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Como escrever um relatório de estágio?

Como escrever um relatório de estágio?

Olá, leitor!

Conquistar o primeiro estágio é uma grande vitória! No entanto, esse desafio traz novas funções e atribuições que podem causar dúvidas e insegurança. Uma das perguntas mais frequentes entre os novos estagiários é como escrever o relatório de estágio.

Apesar de simples, o relatório de estágio é um documento importantíssimo. Como é necessário para a validação da experiência junto às instituições de ensino, é preciso se certificar de que todos os detalhes estão alinhados.

Mas não é preciso se desesperar. Escrever um relatório de estágio de acordo com todas as exigências não é uma tarefa tão complicada, principalmente depois que você sabe o que esperar. Por isso, preparamos esse artigo para te ajudar com todos os detalhes.

Ainda não conseguiu encontrar o seu primeiro estágio? Dê uma olhada nesse outro artigo do Canal de Ensino e encontre dicas valiosas que certamente vão te ajudar!

A seguir, você encontra tudo que precisa saber antes de escrever o seu relatório de estágio. Com essas informações, essa se tornará uma tarefa fácil!

Dessa forma, você pode se preocupar com o que realmente importa: conquistar a experiência que vai impulsionar sua carreira no futuro! Continue lendo para conferir!

O que é um relatório de estágio?

relatório de estágio

Fonte: Canal do Ensino

O relatório de estágio é um documento que comprova a participação e envolvimento de um aluno em uma atividade profissional com fins educativos.

Os relatórios de estágio devem ser entregues para a instituição de ensino responsável pela formação para validar as horas prestadas em uma organização externa.

Como você deve imaginar, esse documento é de extrema importância. Ele comprova que a experiência adquirida nas atividades exercidas complementa o aprendizado, sendo verdadeiramente relevante na sua formação.

Sair da faculdade já com horas de estágio comprovadas em seu currículo (em especial, horas não-obrigatórias) pode ser o diferencial que garantirá o começo de sua carreira de sucesso.

O estágio é uma etapa fundamental na vida acadêmica. O relatório de estágio, por sua vez, além de comprovar essa experiência, pode influenciar diretamente na sua carreira.

Nele, estarão registradas as lições mais valiosas que você extraiu da oportunidade. Esse documento tem o potencial de mostrar o seu perfil, seus pontos fortes e, principalmente, seu nível de dedicação.

Por isso, é essencial caprichar na hora de redigir o relatório de estágio. Ele poderá ajudar muito com o empurrãozinho que faltava para sua nova carreira decolar.

Como escrever um relatório de estágio?

O mais importante na hora de escrever o seu relatório de estágio é manter em mente o objetivo principal desse documento. Isso é, ressaltar os pontos mais importantes do seu aprendizado.

Existem várias coisas que você pode fazer durante a experiência para facilitar a organização das suas ideias.

Qual o tamanho ideal para o relatório de estágio?

A melhor forma de ter uma boa noção do tamanho esperado para o relatório de estágio é perguntar ao seu orientador. Normalmente, essa informação será passada para você já no início da experiência. Se não for, procure se informar com a instituição.

A quantidade de páginas nesse documento pode variar muito, devido a muitos fatores. Entre eles, podemos destacar os padrões da instituição e o tempo que o estagiário passou junto à empresa, por exemplo.

Em média, o tamanho do relatório de estágio varia entre 15 e 80 páginas.

O mais importante é se certificar de que o documento contenha todas as informações relevantes sobre a sua experiência e aprendizado. Lembre-se que se tiver qualquer dúvida, seu orientador é a melhor pessoa para respondê-las.

Qual deve ser a estrutura de um relatório de estágio?

Tendo em mente quais foram os pontos de destaque dessa experiência, você precisará elaborar o documento em si. A academia normalmente tem regras rígidas sobre a estrutura e formatação de todos os documentos entregues.

Separamos uma estruturação básica para orientar sua escrita a seguir. No entanto, não esqueça de confirmar com o seu professor e universidade se essa é uma estrutura adequada.

Algumas instituições podem exigir outros campos ou elementos nesse documento.

Confira a seguir como o relatório de estágio deverá ser estruturado:

Capa e folha de rosto

Aqui deverá constar seu nome completo, cargo e tipo de contrato e informações sobre a empresa. Você pode incluir, por exemplo, o endereço do local e o nome do diretor de estágio.

Introdução

Deverá apresentar o contexto do estágio, objetivos com a experiência e informações gerais sobre o relatório.

Sumário

É importante compor um índice contendo todas as seções do relatório de estágio. Isso melhora a legibilidade do documento e possibilita que temas sejam imediatamente identificados.

Caracterização da empresa

Nessa seção, você deverá descrever todos os detalhes da organização onde o estágio foi realizado. Isso inclui o setor de atividade, hierarquia, relação com a concorrência e esquematização de processos. Além disso, não deixe de incluir os dados de contato da empresa.

Descrição das suas atividades

Essa é a parte mais importante do relatório de estágio. Nessa seção, você descreverá todas as atividades realizadas, destacando seus principais aprendizados, como essa experiência ajudou na sua formação e o que o seu trabalho acrescentou de positivo para a empresa.

Inclua também os conhecimentos assimilados e uma relação deles com o conteúdo teórico da sua formação.

Essa parte poderá ser dividida em diversas outras seções, caso necessário.

Conclusão

É sempre importante fazer uma síntese do relatório de estágio. Aqui, é importante destacar os benefícios dessa experiência para sua formação, fechando o trabalho com um resumo daquilo que foi descrito.

Formatação do relatório de estágio

Geralmente, as regras de formatação variam muito de instituição para instituição. Normalmente, seu orientador fornecerá esse tipo de informação para você já no começo do processo.

Se você não possuir essas especificações, certifique-se de pesquisar sobre o padrão adequado para sua universidade.

Mesmo que não seja exigida uma padronização, o que é bastante raro, é interessante que você adote algum tipo de norma para formatar esse documento.

Por exemplo, as normas da ABNT. Isso garantirá ao documento uma aparência mais profissional e concisa.

É importantíssimo que o relatório de estágio siga sempre com a mesma fonte, padrões de espaçamentos e identificação de tópicos. Isso melhora a legibilidade e aumenta a credibilidade do documento.

Dica: mantenha um diário de bordo

Dependendo da duração do seu estágio, você passará por muitas experiências relevantes e precisará escrever sobre muitas situações. Para garantir que você se lembrará de todos os detalhes no final dessa jornada, mantenha um diário de bordo.

Se você mantiver anotações sobre todos os destaques e acontecimentos importantes, ficará muito mais simples selecionar as informações que devem fazer parte do seu relatório de estágio.

Além disso, essa é uma ótima maneira de potencializar seu aprendizado. Quando você ler suas anotações depois de um tempo, poderá analisar a situação com um olhar mais experiente e amplo.

Dica: como escrever melhor

Quando se trata de relatórios, é importantíssimo usar a linguagem adequada e atentar-se ao estilo da redação. Esse documento difere dos artigos científicos, pois deve ser mais objetivo e prático. Além disso, normalmente, os orientadores exigem um tempo verbal e personas específicos. Confira algumas dicas:

  • Escreva relatórios sempre na terceira pessoa. Por exemplo, ao invés de escrever “eu realizei a atividade X”, prefira “a atividade X foi realizada” ou “o estagiário realizou atividade X”;
  • Componha frases curtas e objetivas. Procure não ultrapassar 30 palavras em cada sentença. O uso de muitas vírgulas e frases longas dificulta a legibilidade e deixa as informações confusas;
  • Organize suas ideias em títulos e subtítulos. Numere-os de acordo e não esqueça de identificar cada seção no sumário;
  • Se for usar figuras, gráficos ou tabelas, certifique-se de que eles estão formatados de acordo com as normas e identificados corretamente;
  • Diferente de artigos científicos, você não deve usar muitas citações ou teorias nesse documento. Limite-se a fazer uma referência rápida, como “o aprendizado descrito confirma a teoria X, vista em aula”. Mantenha o foco na sua experiência e priorize a descrição do aprendizado dentro do estágio.

Caso queira mais dicas gerais sobre redação, pode ler esse outro artigo no Canal do Ensino.

Conclusão

Redigir o relatório de estágio é uma das partes mais importantes da sua formação. Não é por isso, no entanto, que essa tarefa precisa ser complicada ou motivo de preocupação.

Esse é um documento simples, que pode ser elaborado facilmente. Desde que você mantenha um diário de bordo durante sua experiência e se atenha às normas da universidade, certamente não haverá nenhum problema.

Aqui, você encontrou todas as dicas que precisa para escrever seu relatório de estágio sem dificuldades. Esse é um documento essencial para sua formação, e que além de tudo pode influenciar o futuro de sua carreira diretamente.

Por isso, capriche! Não deixe de adicionar no relatório de estágio todas as experiências relevantes, aprendizados importantes e técnicas adquiridas durante essa jornada!

Quer mais dicas para aproveitar ao máximo seu primeiro estágio? Confira esses outros artigos no Canal do Ensino:

E então, sobrou alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários! Caso contrário, é hora de colocar a mão na massa e escrever o melhor relatório de estágio que você puder!

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo