Você está aqui:Home » Dicas » Professores » Como ensinar direito e cidadania no ensino fundamental

Como ensinar direito e cidadania no ensino fundamental

Ao aplicar o direito como disciplina no ensino básico, é possível assegurar que as crianças se desenvolvam plenamente

Olá, pessoal!

A escola é uma das grandes responsáveis pela formação de um cidadão, bem como do seu caráter e personalidade. Afinal, é no ambiente escolar que os alunos aprendem e adquirem grande parte do seu conhecimento, que vai muito além das teorias matemáticas ou da gramática, garantindo o desenvolvimento de habilidades, competências, responsabilidades e conceitos como conscientização social.

Seguindo esse conceito, muitos profissionais também tem inserido outros temas no contexto escolar a fim de formar um cidadão completo, que entenda dos mais diversos assuntos e esteja preparado para o futuro. Dessa forma, atualmente, é possível encontrar escolas que incluem em sua grade curricular disciplinas como empreendedorismo, marketing e até mesmo direito.

Esse último, aliás, tem se destacado nas escolas porque, para os educadores, é uma forma de garantir uma sociedade mais consciente de seus direitos e deveres. Segundo estudos, uma grande parte da população ainda é muito leiga em relação ao tema, mesmo aqueles que assistem diariamente telejornais ou que leiam jornais e notícias na internet.

Dessa forma, entender um pouco mais sobre lei, política e economia pode fazer com que as pessoas passem a tomar atitudes mais conscientes. Além disso, com a inclusão dessa disciplina nas salas de aula, a tendência é democratizar os direitos e formar uma população mais crítica, capaz de discutir de forma mais completa sobre conteúdos do cotidiano.

Como transformar o Direito em uma disciplina da Educação Básica?

polegar-bandeira-do-brasil

Uma das melhores formas de aplicar a teoria do Direito no Ensino Fundamental é mostrando aos alunos exemplos cotidianos em que devemos estar atentos. Por exemplo, é possível explicar o funcionamento do Estado em geral e de que forma devemos atuar para garantir um país mais seguro e politicamente correto.

Apesar de parecerem difíceis, esses temas são de extrema importância para o desenvolvimento de um cidadão, para assegurar que injustiças não sejam feitas. Outra dica é procurar por projetos públicos e privados, ONGs, causas sociais, entre outros, a fim de mostrar aos alunos a importância de atuar em sociedade e de que forma isso pode ajudar as pessoas como um todo.

Dessa forma, os estudantes passam refletir sobre a necessidade de apresentar projetos que fazem a diferença no país. Em outras palavras, a inclusão do direito como uma disciplina escolar busca criar uma geração mais proativa e menos conformada. Nos últimos tempos, vivemos um período de transição política, social e econômica, no qual as pessoas tem se engajado para garantir a construção dos direitos fundamentais para toda a população.

A ideia é, ainda, formar uma pessoa no seu todo, garantindo, conforme a legislação, o pleno desenvolvimento, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

E o que você, professor, acha da inclusão de temas relacionados à política, economia e direito na sala de aula?

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo