Você está aqui:Home » Dicas » Pais e Filhos » Como ensinar com storytelling?

Como ensinar com storytelling?

Olá, leitores!

Uma das formas mais eficientes para ensinar às crianças é através das histórias contadas. Infelizmente não há uma receita específica que nos diga como prender a atenção das crianças com as histórias, porém existem algumas dicas que podem nos nortear e aprimorar a arte de contar histórias e também ensinar através delas.

Escolha as histórias

Esse é o primeiro passo. Devemos prestar a atenção nas mensagens que queremos ensinar aos nossos filhos e escolher as histórias que mais se adequam, assim também como histórias que sejam apropriadas à idade de nossos filhos, para que não contemos histórias simples ou complexas demais para a compreensão deles.

Leia com antecedência

Quando lemos a história com antecedência, sabemos a lição que ela ensina, conheceremos os personagens e teremos mais intimidade para interpretá-los. A interpretação pode ser um fator importante, pois as crianças costumam ter muito mais sensibilidade ao tom de voz e gestos que às palavras em si.

Interprete, improvise

Como disse no parágrafo anterior, as crianças prestam muito a atenção na maneira como você interpreta as falas e expressões dos personagens. Porém, principalmente quando você está repetindo uma história, é importante improvisar, surpreender a criança, pois assim você também estará estimulando a imaginação e criatividade de seu filho.

Repita a história

Depois de contar uma história, não é necessário descartar. Muito pelo contrário! Crianças adoram ouvir a mesma história várias vezes. Elas precisam e nos solicitam isso. Quando recontamos uma história estamos fortalecendo as imagens e mensagens da história na cabeça da criança, além de aumentar o vocabulário. Também, a cada vez que uma história é contada, ela será compreendida e vivenciada de maneiras diferentes pela criança, o que aumentará também sua capacidade de ver uma mesma situação de jeitos diferentes. Portanto, se for preciso, repita mil vezes a mesma história!

Mostre as ilustrações

Se você optar por contar a história com um livro e nele houver ilustrações, é importante que as mostre para a criança. Mostrar as figuras auxilia a criança a formar imagens mentais da narrativa e estimular a sua imaginação.

familia-junta-e-feliz

Duração das histórias

Não existe uma duração certa para se contar uma história. Tudo isso vai depender da quantidade de crianças a ouvir, da faixa etária, do nível de interação e interesse e do momento em que a história for contada. Quando há muitas crianças, é interessante que sejam contadas histórias mais curtas e com alguma dramatização, que irá prender a atenção delas. Se for possível, interaja com as crianças e estimule-as a resolver questões ou interpretar personagens.

Como contar histórias a crianças hiperativas?

Definitivamente, essa não será uma tarefa fácil. Geralmente, histórias muito longas são quase impossíveis para se prender a atenção da criança. É interessante usar de recursos lúdicos, como músicas, interpretações, objetos, que interajam com as crianças e estejam sempre renovando o  ciclo de atenção delas.

Histórias de terror antes de dormir?

Não seria uma boa ideia, pois as imagens que a criança cria podem ficar se repetindo em seus pensamentos e acabar atrapalhando o sono. Talvez seja melhor contar essas histórias no início da noite, quando ainda restará muito tempo antes da criança dormir.

Faça conexões com a vida da criança

Você pode, enquanto conta a história, fazer ligações entre os personagens e a vida da criança. Ela pode se identificar e sentir mais à vontade para te ouvir, criando uma maior intimidade, além de se sentir também valorizada. É sempre bom quando alguém em que confiamos mostra-nos que se lembra (e se importa) com os acontecimentos de nossa vida!

Acha que esse método vai funcionar? Conte para nós!

Até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo