Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Como e onde você pode fazer uma graduação gratuita

Como e onde você pode fazer uma graduação gratuita

Olá, leitor!

Fazer um curso de ensino superior é uma das melhores formas para você se destacar no mercado de trabalho. A graduação é uma etapa que qualifica o profissional e o coloca em posição de destaque. Se você tem esse sonho, mas não tem condição financeira para pagar, saiba que é possível fazer graduação gratuita.

Quem pensa em fazer uma graduação sabe que no Brasil, ela não costuma ter um valor baixo, tornando a graduação um objetivo difícil para grande parte dos estudantes.

Hoje já existem algumas faculdades até a distância ou semipresencial com valores mais atrativos, mas para quem precisa desembolsar para pagar outras contas, uma a mais faz toda a diferença!

É importante investir no seu autoconhecimento e educação, pois isso lhe destaca no mercado de trabalho e você tem a oportunidade de ganhar mais. Porém, se está em busca de um ensino gratuito, nós lhe explicamos como é possível conseguir isso. Confira!

Qualificação no mercado de trabalho

graduação_gratuita_ensino_superior_faculdade_ENEM_

Quando alguém vai realizar uma entrevista de emprego, é muito comum o recrutador da vaga olhar seu currículo. Se encontrar boas qualificações profissionais, as chances do candidato ser chamado para a vaga são grandes.

Isso porque, as empresas buscam sempre as pessoas mais qualificadas, porque são elas que conseguem dar melhores resultados. Na prática, as pessoas com qualificação profissional conseguem ajudar realizar o serviço com qualidade, solucionar problemas se for o caso, entre outros.

Porém, infelizmente, existem pessoas que fizeram faculdade, mas se sujeitam a subempregos que nada têm a ver com a sua formação original. Ainda mais em tempos de crise onde falta profissionais qualificados que não atuam em suas áreas.

Só que isso não justifica o fato da universidade não desempenhar um papel importante no currículo do profissional. Vale esclarecer, que apenas a faculdade não é suficiente. Apostar no ensino de outra língua estrangeira, depois fazer uma pós com certeza lhe diferencia dos outros candidatos para uma vaga.

Opções de lugares de graduação gratuita

Universidades Públicas

Uma das formas mais tradicionais de fazer uma graduação gratuita é passar em uma universidade pública. De acordo com o levantamento do Inep, atualizado em outubro de 2016, há 298 instituições públicas. Elas estão presentes em todos os 27 estados, tanto como universidades federais, quanto estaduais.

Mas para ser aprovado é preciso mais dedicação. Até porque muitas pessoas sonham com a aprovação e a maior dificuldade, neste caso, é passar no vestibular ainda mais dependendo do curso.

Por serem muito disputadas, as vagas em Universidades Públicas costumam exigir um nível de acertos muito alto. Os candidatos que desejam entrar no processo seletivo, precisam estar preparados para vencer a concorrência.

Universidade Aberta do Brasil

Se você busca fazer uma graduação gratuita, outra opção é a Universidade Aberta do Brasil. Ela é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância

De acordo com a Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação – MEC, são 555 polos distribuídos pelos 26 estados da federação e Distrito Federal, sendo:

Região Norte: 85 polos distribuídos entre Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

Região Nordeste: 176 polos distribuídos nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Maranhão.

Região Centro-Oeste: 45 polos, distribuídos entre o Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso (14).

Região Sul: 97 polos, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Região Sudeste: 152 polos, distribuídos entre São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais.

Qual curso posso fazer pela faculdade gratuita UAB?

São vários cursos ofertados pela faculdade gratuita UAB:

  • Bacharelados, Licenciaturas, Tecnólogo e Especializações;
  • Especializações do programa Mídias na Educação;
  • Graduação em Biblioteconomia;
  • Especializações para professores, em parceria com a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC);
  • Programa Nacional de Formação em Administração Pública – PNAP.

Prouni

Prouni (Programa Universidade para Todos) é o programa de bolsas de estudo do Governo Federal em faculdades privadas.  Ou seja, o programa banca a graduação do universitário em uma faculdade particular, desde que ele preencha os requisitos mínimos para ter acesso ao benefício.

Por meio do Prouni, são oferecidas bolsas de 50% a 100%, com base no desempenho dos candidatos no Enem e da renda familiar per capita.

Financiamentos Particulares

Arcar com os custos de uma faculdade privada não é fácil, especialmente em época de crise em que as mensalidades podem pesar ainda mais no seu orçamento ou da sua família.

Sendo assim, algumas Instituições de Ensino Superior oferecem um financiamento próprio, que geralmente não apresenta taxas tão vantajosas quanto às do FIES, mas são uma boa oportunidade para aqueles que não foram aprovados pelo processo público.

Sisu: entenda como funciona e não perca tempo aos buscar a graduação gratuita

Muitas das universidades públicas do país utilizam o Sistema de Seleção Unificada, Sisu, para selecionar seus alunos. Esta seleção é realizada a partir da nota obtida pelo candidato pelo Enem.

Segundo o próprio portal do Ministério da Educação, MEC, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), pelo qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas à candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Este sistema funciona de uma forma bem simples. Ao efetuar a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu.

O candidato também pode alterar as opções enquanto o período de inscrição estiver ocorrendo. Lembre-se que será considerada válida a última inscrição confirmada.

A seleção é feita automaticamente pelo sistema. São selecionados os candidatos mais bem classificados em cada curso, de acordo com suas notas no Enem e eventuais ponderações (pesos atribuídos às notas ou bônus).

Você também pode escolher a modalidade pela qual quer concorrer no Sisu, já que o sistema também leva em consideração as vagas disponíveis para estudantes cotistas de acordo com a lei  nº 12.711/2012, de 29 de agosto de 2012 (Lei de Cotas) .

Programas sociais são grandes aliados na hora de estudar de forma gratuita

Uma das melhores maneiras de conseguir uma graduação gratuita é utilizando os programas sociais do Governo federal. Além das universidades mantidas pelos governos estaduais e federais, estes programas possibilitam o estudo gratuito em excelentes universidades privadas no país.

Um destes programas é o Programa Universidade Para Todos, Prouni, do governo federal. Este programa possibilita o estudo de forma gratuita ou com bolsa parcial em universidades privadas.

O Prouni é um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

Entenda o que é necessário para participar do Prouni

O candidato interessado em obter uma bolsa pelo Prouni deve cumprir com alguns requisitos básicos. Primeiramente, o estudante não pode possuir diploma de curso superior e deve realizar o Enem.

Para concorrer, o candidato deve ainda ter obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, que tenha obtido nota acima de zero na redação.

Para concorrer às bolsas integrais o candidato deve ter renda bruta familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve satisfazer pelo menos uma das condições abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos não há requisitos de renda.

Cumprindo estas exigências é só utilizar seu número de cadastro do Enem para se inscrever nos programas. Verifique no site do programa se a instituição onde você pretende se graduar participa do Prouni.

Saiba como estudar de forma gratuita nas universidades particulares

Além das universidades públicas e dos programas sociais existem outras possibilidades que você pode verificar para estudar uma graduação gratuita em uma universidade privada. Desde se tornar uma espécie de guia da universidade até mesmo programas de bolsas.

Uma das possibilidades é o Guia da Faculdade. Este é um programa oferecido pela Revista QB, quero bolsa. Neste programa, o interessado estuda e atua como um colaborador para revista, produzindo conteúdos sobre a vida universitária, sua faculdade e outros interesses dos acadêmicos.

A cada matéria publicada, o guia ganha pontos e troca pelo pagamento de suas mensalidades.

Para participar o interessado deve se dirigir ao site do quero bolsa. Neste site ele irá preencher o formulário do Guia da Faculdade. Junto a este formulário será solicitado um texto teste para verificar se o candidato atende ao perfil solicitado.

Podem participar como Guia de faculdades, estudantes do Ensino Superior (graduação, pós-graduação e MBA), alunos de faculdades públicas, alunos de faculdades privadas (parceiras ou não do Quero Bolsa), alunos de todos os cursos, principalmente estudantes da área de Comunicação.

Outra maneira de conseguir a graduação gratuita  ou ter parte de sua mensalidade abatida em uma universidade privada é por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), do Ministério da educação. O programa permite aos estudantes pagar as mensalidades financiadas após o final do curso.

Segundo o MEC, para solicitar o FIES é necessário que o candidato tenha realizado as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em edições a partir de 2010, com média mínima de 450 pontos, sem ter zerado a redação. O candidato também deve ter renda familiar de até 3 ou 5 salários mínimos.

O estudante que deseja pleitear o FIES deverá, ainda, ter concluído o ensino médio e não pode ter terminado uma faculdade. A instituição de oferta do curso deve estar cadastrada junto ao programa e o curso precisa ter conceito positivo na avaliação do MEC.

Esta é uma ótima possibilidade para quem não pode arcar com o valor integral do curso mas quer continuar estudando.

Senac tem programa de cursos gratuitos de profissionalização

Empresas privadas e entidades também são uma boa saída. O Senac por exemplo, possui um programa voltado para quem está procurando a capacitação profissional, mas não possui condições de arcar com as mensalidades, seja de um curso técnico ou de uma graduação. Este projeto é o Programa Senac de Gratuidade.

Este programa tem como meta garantir o acesso à educação profissional de qualidade para pessoas cuja renda familiar mensal per capita, não ultrapasse dois salários-mínimos. O PSG oferece cursos de capacitação profissional, técnico e também alguns cursos universitários para quem está interessado.

O Programa Senac de Gratuidade é uma parceria entre Ministério da Educação, Ministério do Trabalho, Ministério da Fazenda, Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC e o Senac.

As possibilidades para realizar uma graduação de forma gratuita são diversas, descubra qual a melhor opção para você.

Faculdades gratuitas são direito do cidadão

Os cidadãos brasileiros têm direito a uma educação de qualidade, como as universidades públicas. Mas dependendo do estudo nem sempre conseguem a desejada aprovação. Neste caso, há outras opções como falamos acima.

Como muitos especialistas na área da educação afirmam: quem faz a faculdade ser boa é o estudante e cabe a ele todo o esforço e dedicação.

Nos últimos anos cresceu o número de universidades gratuitas e a distância, o chamado curso EaD. Sem dúvida, essa é uma opção para muitos estudantes de cidades menores, que não tinham condições de viajar até a cidade que tem uma universidade federal para realizar um curso superior.

Encontrará no ensino EaD a opção de fazer um curso superior e também gratuito, como é o caso da Universidade Aberta do Brasil que concede essa possibilidade. Para saber mais a respeito clique aqui.

Talvez você não consiga fazer o seu curso superior de forma gratuita em uma instituição pública, mas quem sabe depois isso é possível por meio de um mestrado, doutorado. Quando se está fazendo uma graduação surgem oportunidades e o seu leque de contato com novos amigos possibilita isso.

É preciso fazer vestibular para fazer graduação gratuita?

A palavra vestibular ficou muito temida por inúmeros estudantes, apesar disso, passar no vestibular é o sonho de muitos estudantes.

O vestibular é uma das principais formas de ingresso nas universidades brasileiras. Porém, hoje, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avalia conhecimentos obtidos até o término do Ensino Médio.

Ele é usado como parte do processo seletivo de mais de mil Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas.

Vale ressaltar que cada instituição tem a sua forma de ingresso e recomenda-se acessar o site da instituição e procurar informar-se sobre datas, inscrição e modelo de provas do vestibular e processos seletivos.

Estudo e dedicação: são sempre importantes

Independentemente da universidade e curso que for aprovado comemore. Infelizmente, o sonho de ter um diploma de graduação em mãos ainda é para poucos. Você sabia que apenas 14% dos adultos brasileiros chegaram ao ensino superior?

Este percentual é considerado baixo se comparado à média dos países da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), de 35%. Os dados são da publicação Education at a Glance 2016, da OCDE, divulgado em 2016.

Sendo assim, você está na lista dos privilegiados e conhecimento pode nos transformar, e também aqueles que estão ao nosso lado. Mesmo que seja em uma universidade que não é tão reconhecida assim, dê o seu melhor!

Para saber quais cursos estão disponíveis e universidades com inscrições abertas para o vestibular, recomenda-se acessar diretamente o site da universidade que oferece o curso de interesse.

Normalmente as seleções ocorrem duas vezes ao ano, no final e no meio do ano, mas há universidades com opções de vestibulares complementares.

A dica é procurar no site da instituição as informações necessárias sobre vestibulares e processos seletivos. Saiba que qualquer pessoa que concluiu a educação básica (Ensino Médio) e foi aprovado no processo seletivo, atendendo aos requisitos exigidos pela instituição pública pode fazer uma graduação.

Estude, se dedique, faça estágio, participe do grupo de pesquisa e lembre-se, nunca é tarde para se dedicar aos estudos. Fazer uma graduação pode ser o primeiro passo para a sua carreira profissional, e também pode ser um adicional para aumentar as suas chances na qualificação profissional.

Não pense que cursos que hoje são menos procurados, como os da licenciatura, são menos importantes. Todos são, assim como todas as profissões, pois o que faz o estudante ter sucesso fora da universidade é a dedicação e seu esforço.

Por isso, não pense que se você está fazendo um curso renomado e concorrido em uma universidade pública, você não precisa se preocupar com o mercado de trabalho lá fora. Cada um precisa batalhar para conquistar a sua renomada posição lá fora.

Aproveite o tempo na universidade para estudar muito e se possível faça estágios, participe de eventos.

Até mais!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo