Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Como desenvolver habilidade de Interpretação de Texto?

Como desenvolver habilidade de Interpretação de Texto?

Olá,

A interpretação de texto é um instrumento chave para saber se comunicar, afinal ao ler um texto, um livro ou até mesmo realizar exercícios diversos, é necessário decodificar e entender exatamente o que está sendo abordado ou solicitado, permitindo a total compreensão. Por este motivo, pela interferência humana, é possível falar que o texto varia de acordo com a interpretação de seu leitor, ainda que haja alguma base correta a ser seguida dentro de uma linha de pensamento.

Há diversas técnicas que podem ser utilizadas para desenvolver habilidade de interpretação de texto, permitindo conhecer as metodologias para a total compreensão e opinião do que está escrito.

O que é interpretação de texto?

            Antes de tratarmos sobre as metodologias e técnicas mais utilizadas para desenvolver habilidade de interpretação de texto, é necessário reconhecer o que significa interpretar para sua posterior aplicação.

            Há uma grande diferença entre compreender um texto e interpretá-lo, constatando três etapas que podem ser identificadas no momento da leitura:

  • Pré-compreensão: Ao ler um texto, muitas pessoas já possuem vivência para entender alguns fatores, tanto culturais, quanto históricos, dentre diversos outros patamares, ou seja, possui conhecimentos prévios sobre determinado termo ou ramo de atuação para o entendimento do texto. Trata-se basicamente do embasamento que o leitor possui para entender sobre aquele assunto.
  • Compreensão: Após a pré-compreensão, reconhecendo qual o conteúdo tratado, o leitor encontrará informações novas ou até mesmo poderá relembrar algumas que já possuía conhecimento, retendo aquele dado em sua mente e compreendendo ao utilizar a proposta de intenção do texto, contextualizando o que está sendo abordado e entendendo justificativas, argumentos, aspecto social, dentre todos os outros aspectos que envolvem o universo abordado.
  • Interpretação: Entrando no quesito da interpretação de texto, este dá-se após a pré-compreensão e a compreensão do texto, reconhecendo todo o assunto e compreendendo-o para que seja possível formar sua própria opinião do caso apresentado.

7 dicas para desenvolver habilidade de interpretação de texto

interpretacao-texto

Após reconhecer todos os processos que levam até a interpretação de texto, é possível trabalhar algumas técnicas, métodos e até mesmo atividades de rotina para desenvolver habilidade de interpretar conteúdos.

  1. Tenha um dicionário por perto: Esta é uma ótima técnica principalmente para aprimorar a questão da pré-compreensão e compreensão do texto, muitas vezes com palavras e termos que são desconhecidos por seu leitor, necessitando de um dicionário de apoio para que seja possível verificar os significados que são desconhecidos. Sempre anote as palavras que são estranhas para que seja possível consultá-las, visando aumentar ainda mais seu próprio vocabulário, o que poderá contribuir não somente para a interpretação de texto, mas também para vários outros aspectos de leitura e escrita.
  2. Faça paráfrases: Paráfrases são reafirmações no texto utilizando outras formas de falar a mesma coisa, ou seja, usar outras palavras para afirmar uma ideia ou colocação que foi feita no conteúdo, explicando as ideias do autor sem copiar a mesma frase para falar o que já foi dito. Há diversos tipos de paráfrases que podem ser utilizadas nesta técnica, sendo mais comuns: paráfrase-resumo (sublinhe as palavras que formam as ideias centrais de um texto, permitindo identificar resumidamente qual o assunto do texto e reescrevendo essas ideias para que façam sentido em um volume menor de palavras); paráfrase-resenha (também trata-se de um resumo do conteúdo, porém ao invés de somente rescrever o que foi dito com as ideias centrais de um texto, deve-se incluir um comentário próprio, com justificativas e argumentos fortes para defender sua opinião); e paráfrase-esquema (ao invés de fazer outro texto com as ideias centrais do conteúdo, deve-se utilizar um formato mais simples e de fácil compreensão que são divisão do assunto por meio de tópicos, ordenando-os em frases curtas e até mesmo enfeitando os pontos principais para lembrá-los facilmente).
  3. Prefira o papel: Muitas pessoas com os avanços digitais tem o costume de fazer suas leituras pela internet, até mesmo pela necessidade da correria do dia-a-dia, as metodologias de educação à distância adotadas e até mesmo a facilidade que é oferecida pelo meio digital, porém em um estudo realizado há três anos, foi possível comprovar que os leitores que utilizavam dispositivos móveis para leituras de textos curtos eram piores quando comparados à mesma leitura em uma folha de papel. Os estudiosos indicam que a piora na leitura de um texto quando o mesmo está em uma plataforma digital é que os mesmos não conseguem virar as páginas de acordo com o fluxo da leitura ou até mesmo controlar o conteúdo de maneira física, como ocorre em um livro, por exemplo, sem a possibilidade de anotações ou demarcações de páginas, inserindo limites à sua experiência sensorial e minimizando a capacidade de decorar os assuntos, com memória reduzida em questões de prazos, dificultando ainda mais o processo de leitura e consequentemente de interpretação de texto. Ao utilizar o papel, pode-se realizar anotações, manusear o texto e diversas outras experiências que ativam a parte sensorial dos seres humanos.
  4. Separe tempo para uma leitura tranquila: Novamente tratando-se de rotina e correria no dia-a-dia dos brasileiros, muitos deles acabam realizando suas leituras em meio ao caos e com horários corridos, sem conseguir desfrutar do conteúdo. É ideal separar um tempo para uma leitura tranquila, pois somente com um horário específico, em um local calmo, será possível concentrar-se no que está sendo abordado pelo conteúdo e entender seu contexto geral. Esta é uma dica para quem deseja desenvolver habilidades de interpretação de texto e normalmente deparam-se com dificuldades no momento de concentração, necessitando ler e reler diversas frases pelos lapsos de desatenção que ocorrem em muitas pessoas por conta, principalmente, da entrada da internet no cotidiano das pessoas, fazendo com que a leitura não seja mais feita de forma linear, normalmente com uma leitura mais rasa, na qual você tem a opção de buscar mais informações, com conteúdos bastante simplificados e que não disponibilizam o aprofundamento necessário que uma pessoa precisa educar-se principalmente para a leitura de textos longos e mais complexos, prendendo-se somente na interpretação básica de frases curtas.
  5. Identificar figuras de linguagem: As figuras de linguagem diversas são muito comuns em todos os textos, permitindo que o autor possa expressar-se de uma maneira diferente, necessitando identificar estas figuras em meio ao conteúdo. Sempre verifique a presença de ironia, humor, pleonasmo, anáfora, paradoxo, eufemismo, dentre diversas outras que podem estar presentes, pois podem disponibilizar um sentido adverso à determinada frase ou texto.
  6. Reconheça a finalidade do texto: Para que seja possível interpretar o texto corretamente e formar sua própria opinião sobre o assunto abordado, deve-se antes saber qual a finalidade daquela informação por meio dos argumentos, respostas e justificativas que podem estar contidas. Ao identificar a finalidade, pode-se refletir quais os aspectos que fazem pensar igual ou diferente do autor, sempre ressaltando as ideias principais do assunto para chegar-se à uma conclusão.
  7. Releia o texto: Ainda que trabalhando a pré-compreensão e a compreensão de maneira correta, a releitura do texto pode não ser necessária, para testar quanto ao seu poder de interpretação de texto, você deve reler o conteúdo apresentado e verificar se todas as ideias que foram exibidas realmente batem em questão de sentido e significado da primeira vez que o texto foi visto, podendo realizar a primeira leitura com um bloco de notas ao lado para anotar os aspectos principais e confirmá-los com a segunda leitura, sempre anotando suas observações e permitindo fazer um comparativo, posteriormente criando o hábito de ler somente uma vez com a atenção máxima para que não seja necessário o retrabalho, tornando somente uma técnica inicial para desenvolver habilidade de interpretação de texto e consequentemente auxiliar em aspectos que estão diretamente relacionados ao poder de memorizar os assuntos, frases, ideias e sentidos, o que poderá lhe auxiliar em diversos outros aspectos do dia-a-dia e alavancar seu conhecimento e poder de retenção de conteúdos.

Até logo!

+ Conheça também o Guia Prático da Interpretação de Textos

comentários (1)

  • Nadjane Santos

    Excepcional, gostaria de receber mais materiais relacionados, pois sou bastante dispersa. Amei!
    Ótimo! Muito bom! Sempre que houver temas relacionados, gostaria de receber os conteúdos.

    Grata,

    Nadjane

    Responder

Deixe um comentário

© 2012-2017 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo