Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Empregos » Como colocar o objetivo no currículo para o primeiro emprego?

Como colocar o objetivo no currículo para o primeiro emprego?

Olá, leitor!

Quem está à procura do primeiro emprego se deparou com um dos itens mais importantes do currículo: o objetivo. Mas, se nunca trabalhou, como saber o que e como preencher esse campo?

Você já deve ter ouvido falar que o currículo é o principal ‘cartão de visita’ ou o ‘ingresso’ para quem busca uma oportunidade de trabalho. Por isso, é importante estar atento às informações inseridas nesse documento, as quais podem despertar interesse ou rejeição do recrutador pelo seu perfil. E o primeiro dado a ser olhado pelas empresas é o objetivo: ‘O que esse candidato procura?’ ‘Qual é a área que deseja atuar?’ ‘O que esse candidato busca está atrelado à vaga divulgada?’.

Veja, há inúmeras funções e áreas para escolher; e o mercado está cada vez mais exigente e competitivo. Então tome cuidado para não enrolar no currículo, tampouco deixar em aberto o que deseja. Caso escolha uma área que não seja compatível com o seu perfil, apenas por almejar o salário ou o ‘status’, corre o risco de se frustrar. Então pense duas vezes sobre onde e com o que quer trabalhar.

Fernanda Viana, da área de Recursos Humanos da JBQ Agency & Consulting, separou algumas dicas para você saber como preencher o objetivo no currículo para o primeiro emprego. Vamos conferir?

O que colocar: Se você ainda não trabalhou e, por isso, não tem experiência, tranquilize-se. Segundo Viana, no campo ‘objetivo’, como o próprio nome já diz, é algo direto e sucinto que deve responder a seguinte pergunta: O que você quer ou qual área busca?

Caso esteja na faculdade ou já seja formado, basta mencionar a sua área de conhecimento ou estudo. Exemplo: “Estágio em Jornalismo”; “Atuar na área de Comunicação e Marketing”.

Também é possível “explorar as possibilidades de atuação do seu curso e focar naquilo que sabe fazer”, explica Fernanda. Exemplo: quem estuda Psicologia pode realizar um “Estágio em Recursos Humanos”.

Porém, caso ainda não possua um ensino superior, saiba que se tiver cursando o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio, e se enquadrar na idade entre 14 e 24 anos, pode começar a trabalhar como aprendiz. Assim, você já começa a desenvolver suas habilidades profissionais. No campo ‘objetivo’, coloque apenas “Aprendiz”. Quando o recrutador for conversar com você, ele analisará a área compatível com o seu perfil.

[Importante]: É necessário verificar se a área que deseja está de acordo com a vaga oferecida. “É interessante relacionar o objetivo com a vaga divulgada”, explica Viana. Assim, se o recrutador solicita “Estágio em Administração”, o candidato deve verificar se colocou essa informação no currículo.

O que evitar: Não diga no objetivo que está ‘à disposição da empresa’, pois “fica jogado e demonstra que você não sabe o que quer”, explica Fernanda Viana. Por isso, evite frases clichês ou genéricas como “quero contribuir com o crescimento da empresa”. Para o currículo, como um todo, apenas cite suas qualidades técnicas, ou seja, o que você sabe fazer.

Gostou da nossa dica? Então compartilhe esse conhecimento!

Boa sorte e até logo!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo