Você está aqui:Home » Dicas » Estudantes » Como colocar a matéria atrasada em dia e nunca mais se enrolar?

Como colocar a matéria atrasada em dia e nunca mais se enrolar?

Olá,

No post de hoje vamos ensinar como colocar as matérias escolares em dia e manter as disciplinar organizadas e ordenadas.

Estar com o assunto escolar atrasado influencia diretamente nos rendimentos de estudos. Nos trás a sensação de estarmos sempre a um passo atrás e atrapalha no andamento das disciplinas atuais.

Quanto mais o tempo passa, mais aumenta o desespero e o volume de matéria para por em dia. E o pior de tudo é quando se aproxima o dia da prova. Nesse momento a tensão só aumenta, pois o fato de precisar escrever e não ter anotações das aulas, é complicado.

Mas, não se preocupe. Apresentaremos nas próximas linhas, dicas de como colocar a matéria atrasada em dia de modo prático e ainda te ensinar a usar isso ao seu favor. Acompanhe!

12 dicas infalíveis para colocar a matéria atrasada em dia

materia-atrasada

1. Faça uma estimativa do atraso

O primeiro passo é ter noção exata do quanto de matéria está em atraso, só assim você terá senso de quanto tempo vai levar para colocar tudo em dia e principalmente, como dividir esse tempo em frações menores para resolver o caso por completo.

Trabalhar com metas e objetivos trará melhor produtividade, sensação de progresso e motivação.

2. Separe as matérias por prioridade

Por exemplo, suponhamos que matemática é a matéria mais atrasada e você terá prova dessa matéria muito em breve, dar prioridade o fará rever toda a disciplina e o resultado é a garantia de bons resultados nas avaliações.

3. Agrupe as matéria complementares

Essa é uma dica de ouro, agrupar matéria de acordo com suas similaridades. Assim você aprende muito mais estudando muito menos. Ai vai um exemplo de como fazer. Se você vai fazer as provas do ENEM, essa estratégia é uma mão na roda, principalmente se você estudou pouco para este processo seletivo.

Preste atenção!

Língua e códigos

Esse eixo diz respeito, também, aos idiomas. Em suma, se trata de todas as linguagens da comunicação sejam elas em língua portuguesa ou em outro idioma. Lembre-se que tudo faz parte desse meio, desde a gramática até redação e literatura. Todas elas são formas de comunicação, escrita, falada e interpretada.

Quando você for colocar essas matérias em dia, destine um momento do seu cronograma para fazê-las em sequência, pois uma facilita o aprendizado da outra. Por exemplo, se você estuda Português, Espanhol e Inglês, além de aprender as regras principais também observará as diferenças entre elas e também as semelhanças.

Matemática e suas tecnologias

O mesmo exemplo acima citado, serve também para o segundo eixo, matemática e suas tecnologias. Todas as matérias que relacionam cálculos, fórmulas, geometrias ou todas as disciplinas que explicam matematicamente a exatidão dos fenômenos deves ser encaixadas nessa categoria.

É comum ouvir que aprendemos matemática na escola e nunca usamos na vida. Esse pensamento advém exatamente do fato da separação dessas disciplinas. Quando se estuda uma teoria química ou física e chegamos a exatidão através dos cálculos, compreendemos onde, como e quando a matemática é útil em nossa vida.

Ciência da natureza e suas tecnologias

Essas disciplinas dizem respeito àquelas que representam o mecanismo da natureza em seus diversos níveis de organização: social, biológica, histórica, geográfica, política e por aí vai.

A ligação interdisciplinar promove a correlação de fatos e com isso enriquece o conhecimento. A absorção da informação é retida com maior significância, pois o as informações se encontram em acontecimentos, períodos, comportamentos social e outros fatores vigentes em determinados momentos da história. Assim é, muito mais fácil entender todas elas.

Ciências humanas e sua tecnologia

Este eixo se baseia em todas as matérias reflexivas. Elas são toda a teoria necessária para se alcançar os resultados científicos. A quem não goste dessas disciplinas muito filosóficas, mas ama a ciência. Saiba que um não é possível sem o outro, ou seja o pratica cientifica surge das questões filosóficas. O todo esse processo de evolução tecnológica passa pelo pensamento filosófico, experimento científico e fazer tecnológico.

4. Reflita sobre a sua rotina

Para organizar da melhor maneira, nada de exagero. Antes de botar a mão na massa pense em sua rotina. Analise o que pode ser eliminado do seu cotidiano para que seja possível adequar melhor o tempo.

5. Defina um horário para executar esta ordem

Depois de analisar bem a sua rotina, é hora de decidir qual é o melhor horário para começar a prática. Fazer um cronograma de estudos é um grande diferencial nessas horas. Através desse planejamento do tempo é possível ter uma previsão de quando será finalizado o trabalho.

Lembre-se, faça as coisas com calma, assim se tira melhor proveito das matérias.

6. Trabalhe com as listas (índices)

As listas são um sistema de ordenação utilizada há muito tempo, através delas é possível manter-se organizado e ficar de olho na progressão.

7. Comece o mais rápido possível

Não passe muito tempo para planejar. Esse é um erro de muitos estudantes: planejam, planejam e na hora de executar faz tudo às pressas porque não sobra tempo. O planejamento é muito importante, porém deve ser rápido, simples e objetivo.

Não perca tempo e energia mental com elaboração excessiva de planejamento.

8. Crie Hierarquia

Criando hierarquia as matérias ficam muito mais fáceis de serem postas em ordem e compreendidas. A melhor forma de hierarquizar as matéria é sinalizando os índices.

Depois que você fizer a lista, estabeleça cores de acordo com as respectivas importâncias das disciplinas.

Por exemplo, suponhamos que você tem muita matéria atrasada, mas algumas delas cairão na prova e outras são apenas assuntos complementares. Na lista você deve sublimar de uma cor que represente urgência para os assuntos. Para eles você deve caprichar nas anotações, resumos, mapas mentais, já para as demais não necessitará de tanto empenho.

9. Não se sobrecarregue

Trabalhar com índices, listas e hierarquia já lhe poupará bastante tempo, não vale a pena sobrecarregar-se. Separe as tarefas no tempo previsto e se concentre para fazer o melhor nos tempo destinado a essas atividades.

Querer fazer tudo de uma vez achando que é a melhor solução é a maior das ilusões e promove o efeito contrário.

  1. Não esqueça de seus objetivos.

Ter um alvo a ser atingido conta muito para se ter noção sobre o andamento. Além do mais a sensação de percorrer e vencer metas é muito satisfatório e faz bem para a mente.

10. Trabalhe em blocos

A melhor forma de garantir qualidade às anotações e todas as etapas a serem percorridas enquanto a matéria atrasada é posta em dia, é separar as tarefas em blocos. Façamos uma suposição sucinta:

ÍNDICE/LISTA (Deixamos exemplificado como funciona as listas/índices, dentro do contexto que estamos abordando hoje)

11. LÍNGUAS E CÓDIGOS

PORTUGUÊS (Dentro da disciplina de português existem várias assuntos a serem estudados. Separe-os deixando com que os com maior importância para objetivo apareça primeiro na lista)

Gramática (suponhamos que gramática é a parte mais importante para você, separe os assuntos referentes à gramática. Você pode fazer isso levando em consideração o grau de importância dos assuntos)

Classe Gramatical (Comece a desenvolver os blocos, em classe gramatical estude e faça o resumo da matéria)

Redação (a mesma orientação citada no item gramática)

Como fazer introdução (Desenvolva este bloco e passe para o próximo)

Literatura (Organize os assuntos referentes a literatura)

Renascimento (Desenvolva este bloco e passe para o próximo)

Ortografia (Organize os assuntos referentes a literatura)

Atualizações (Desenvolva este bloco e passe para o próximo)

12. Tenha em mente uma recompensa

Essas são dicas valiosas que servem pra colocar ordem nas matérias, tanto no que diz respeito aos atrasos do colégio, faculdades e serve também para organizar as disciplinas de concursos públicos.

A matéria acumulada não deve representar o fim do mundo, mas na mesma proporção em que não se pode de maneira alguma deixar que isso se torne um problema em graus mais elevados.

Recapitulando

Hoje entendemos que acumular matérias, sejam elas escolares, para faculdade e até mesmo para concursos públicos; nos prejudicam de forma que, em certo ponto, se torna incontrolável.

Compreendemos também que o desconforto mental causado por esse atraso traz uma sensação de inércia. Em sala de aula ou diante de um exercício ficamos com uma impressão de que não estudamos direito pelo simples fato de que a matéria não estava organizada.

E, por fim, apresentamos 12 dicas infalíveis para sanar este problema, organizar e por em ordem não só a matéria atrasada como também nos estudos e a vida laboral.

Agora que você já descobriu como pôr ordem na bagunça, não esqueça de compartilhar essas ideias com seus amigos.

Até a próxima!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo