Você está aqui:Home » Dicas » Idiomas » Como aprender chinês sozinho passo a passo

Como aprender chinês sozinho passo a passo

Olá, leitor!

Falar mais de uma língua é tão importante para o crescimento profissional quanto pessoal. Saber inglês já não é suficiente.

Por questões diplomáticas entre o Brasil e a China, falar sua língua tem sido uma boa opção. Mas será que dá para aprender chinês sozinho?

Continue conosco e veremos se é possível.

Mas por que chinês?

como_aprender_chines_sozinho

Ter o domínio de uma língua estrangeira tem sido cada vez mais necessário para o crescimento profissional, principalmente em carreiras relacionadas ao comércio, mercado internacional e ao ramo tecnológico. O desenvolvimento pessoal também requer o conhecimento de mais idiomas, para poder conhecer outras culturas, outros países pessoalmente.

Por questões de comércio exterior entre a China e o Brasil, o mandarim (um dos 12 dialetos usados na China, porém o mais falado) tem sido um dos idiomas mais importantes para se aprender no Brasil além do inglês, do espanhol e do alemão, por exemplo.

É possível aprender chinês (mandarim) sozinho?

Como tudo que se queira aprender sozinho pode ser complicado, assimilar uma nova língua não é diferente. Requer um esforço maior de cada um. Disciplina, persistência, treino e gostar de aprender.

Porém não precisa ser totalmente sozinho: pode ter auxílio de familiares, amigos e pessoas que falam a língua. Escrevemos dois artigos dando dicas sobre isso: 5 Dicas para aprender um novo idioma sozinho e 3 dicas para aprender mandarim rapidamente.

Tendo domínio sobre essas dicas, reservando um tempo no seu dia a dia para estudar e treinar, basta escolher um meio que lhe ofereça recursos ideais para você.

Por meio de cursos online, aplicativos para celular ou tablets, livros de conversação, áudios e vídeos, poderá se dedicar e aprender mais uma língua. Pesquisamos o que é oferecido no mercado hoje sobre o ensino de mandarim, online ou não, e fizemos uma lista para auxiliá-lo no seu processo de aprendizagem.

Formas que auxiliarão a aprender mandarim sozinho

1 – Aplicativos

Aplicativos são ótimos auxiliares no processo de aprendizagem da língua, por ser acessível em qualquer momento desde que possua um celular ou tablet com internet. Aqui no Canal do ensino já trouxemos em outra oportunidade sugestões de aplicativos para aprender mandarim, para dispositivos IOS. Segue agora sugestões para aplicativos na plataforma Android.

HelloChinese – ensina mandarim do zero, de forma divertida,rápida e fácil. Possui reconhecimento de voz e escrita tátil de caracteres. Suporta chinês simplificado e chinês profissional. Possui áudios em mandarim gravados por falantes nativos. Modalidade Livre, gratuito.

ChinesesSkill – Essa marca tem 3 aplicativos: Aprender Chinês, Falar Chinês e Aprender palavras de Mandarim. Todos gratuitos:

  • Aprender Chinês é dedicado aos iniciantes de mandarim. Oferece lições com treino de escrita e áudio. Avaliação vocal em chinês, possui jogos e testes diversificados. Pretende-se com esse curso que se chegue ao nível conversação;
  • Falar Chinês é para treinar a fluência no chinês mandarim. Possui 150 aulas de chinês que são sempre atualizadas, auxiliando a desenvolver a audição, a fala e a leitura na língua. Vai do básico ao avançado, com tópicos nas categorias de negócios, compras, viagens, entretenimentos entre outros;
  • Aprender palavras de Mandarim ensina mandarim com a utilização de flashcards. Cada um possui caracteres chineses, Pinyn (mandarim romanizado), áudio e tradução. Contém mais de 5 mil palavras usadas com frequência.

2 – Cursos online

Cursos online são ótimas saídas para quem quer aprender sozinho, uma vez que poderá fazer em casa, ou em outro espaço de sua escolha, em horários definidos por você, desde que tenha um computador ou dispositivo móvel com acesso à internet. Seguem algumas sugestões:

Loecsen – Essa plataforma ensina vários cursos, dentre eles o chinês. Sugere que aprenda de início memorizando palavras e expressões que poderão ser usadas diariamente em casa para praticar e que serão úteis em viagens. O treino de pronúncias também é sugerido pela página.

Na página você escolhe o que aprender: o indispensável, conversação. Então segue uma lista de expressões para treinar: a pronúncia, a escrita, o significado. Possui sugestão de outros cursos online para aprimorar o chinês e ainda tem o recurso de fazer download em PDF e MP3 além de possuir um quiz dinâmico para treinar o que aprendeu.

Chinês dia a dia – Um curso oferecido pela China Radio International. No menu você tem as opções: Lição 1, diálogo, notas esclarecendo as expressões chinesas, dicas sobre a cultura chinesa, exercícios e a escrita. Ao todo são 68 lições que vão desde cumprimentos, agradecimentos até conversar sobre esportes e assistir jogos.

Tem ainda um índice das lições que mostra o caractere chinês, com opção de áudio, escrita chinesa e pronúncia. Explorando a página, poderá ouvir a rádio chinesa, além de aspectos da economia, cultura e entretenimento da China. Muito bom para quem pretende viajar à China.

3 – Vídeos

Vídeos também são excelentes ferramentas para auxiliar na aprendizagem de quem não tem um professor disponível, além de poder rever sempre que precisar, no celular ou pc com internet. Aqui algumas alternativas de canais de vídeos disponíveis no YouTube que ensinam chinês.

Aprenda a falar chinês

A proposta do canal é que você aprenda Chinês em 12 semanas. Na playlist: Curso de Mandarim online, você tem acesso a 5 videos onde é ensinado as 150 palavras essenciais da língua chinesa, alguns conceitos importantes sobre o curso de mandarim, dicas sobre o Método Dong chinês e alfabeto chinês.

Além dessa playlist o canal criou outras sobre: cultura chinesa, ideogramas chineses, negócios da china, como falar chinês – os números, as datas e as horas, além de vídeos com depoimentos de quem fez esse curso dentre outras dicas importantes sobre a china e seu idioma.

Chinês já

Nesse canal que além de oferecer aulas online gratuitas, ainda oferece aulas particulares, você irá aprender: pronúncia, formação dos ideogramas, regras de escrita dos ideogramas, cultura chinesa, dicas de estudos e leitura de textos em chinês.

A playlist: Chinês Mandarim básico, oferece um curso completo de mandarim com 18 vídeos que vão desde Introdução ao Mandarim, cumprimentos, alfabeto chinês, até exercícios de audição, exercícios de compreensão auditiva do Pyning e Leitura de texto em chinês.

4 – Livros

Estudar por livros sempre é uma ótima opção, principalmente porque pode levar o livro para todo lugar que quiser, grifar partes importantes, fazer anotações. Mas requer cuidado principalmente em relação à pronúncia. Em algum momento será interessante consultar a internet, ou pessoas que saibam chinês para verificar se a pronúncia está correta. Alguns livros disponíveis:

Como dizer tudo em chinês

Esse é um livro de referências para todos que buscam aprender chinês. Nele, seu uso da língua é claro e preciso. Foi projetado para incluir o chinês de uso mundial. O mandarim é o dialeto mais falado, é ensinado nas escolas, por isso esse é o conteúdo deste livro. Dos autores Yuan Aipin e Ron Martinez. Editora Elsevier.

Guia de conversação Português-Chinês

Guia conversação e dicionário com mais de 1500 palavras. Um guia para treinar conversação com as frases mais comuns em viagens de turismo ou negócios. Contém uma série de frases agrupadas por temas mais relevantes. De Andrey Taranov.editora: T&P books.

Talvez se interesse também aprender: Coreano e japonês ou se estiver em dúvida por qual aprender, leia também: mandarim ou japonês.

Esperamos que algumas de nossas sugestões possam lhe servir no propósito de aprender essa língua milenar que já esteve tão distante mas que tem estreitado relações importantes com o Ocidente, principalmente com o Brasil. Com esforço, dedicação e usando os recursos certos para você é possível aprender chinês sozinho. Tenha determinação que você consegue.

Até breve!

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo