Você está aqui:Home » Concursos & Empregos » Concursos » Coaching para concurso público: vale a pena?

Coaching para concurso público: vale a pena?

Olá, leitor!

As pessoas procuram coaching por vários motivos: porque não avançam na carreira, para decidir sobre mudar de profissão, porque acreditam que deveriam mudar/melhorar algo dentro de si mesmos, porque buscam resultados financeiros, para equilibrar vida pessoal e trabalho, para emagrecer, para escolher uma profissão, entre outros. A maioria das pessoas procura mudanças, e principalmente conquistar metas importantes. E o coaching para concursos públicos, onde o foco principal é ajudar os candidatos a passarem pelo processo de preparação e alcançarem os resultados de aprovação.

Atualmente há vários tipos de processo de coaching, sendo os nichos principais: coaching de vida (life coaching), coaching para executivos e coaching de carreira. O coaching para concursos públicos é um subnicho de coaching de carreira, e muitas empresas especializadas neste nicho aliam além das técnicas e ferramentas próprias do coaching, outras metodologias de treinamento como consultoria e mentoria.

Para esclarecer se o coaching para concurso público vale a pena, quais são as etapas de um processo e as diferentes metodologias empregadas atualmente preparamos este guia. Confira a seguir!

O que é coaching para concursos públicos?

Coaching_para_servico_publico_Prancheta 1

É um método diferente de outras formas de treinamento, o coaching enfoca em uma forma específica de “aprender” para o concurseiro. O coaching para concurso público, fornece suporte para a necessidade do concurseiro e utiliza um processo através das sessões de coaching individual, para permitir que ele descubra, aprenda e determine suas próprias “respostas”. É o coachee (cliente do processo de coaching) que determina os objetivos e compromete-se com esses objetivos, permitindo ao coach ajudar a conquistá-los.

Quais são os benefícios de fazer coaching para concursos públicos?

De acordo com autor do livro “O jogo interior do tênis” Timothy Gallwey e um dos precursores dessa metodologia de treinamento, o coaching é liberar o potencial de um indivíduo para que ele maximize a própria performance. Isto é, o coaching é mais sobre ajudá-lo a aprender do que ensiná-lo. É um processo de mudança, aprendizado e aumento de resultados. Se não houver resultados, não é coaching!

No Brasil não há muitas pesquisas sobre a metodologia de coaching e principalmente de coaching para concursos públicos. Os institutos e conselhos internacionais que regulamentam os padrões dessa profissão, que são adotados também pelos coachees brasileiros, já divulgaram inúmeros benefícios de quem faz um processo de coaching.

Por exemplo, pesquisas da ICF (International Coach Federation) realizadas em 2014, mostraram que os executivos que participaram de treinamentos tradicionais tiveram um ganho de 24% de melhoria em seus desempenhos profissionais, enquanto os que passaram pelo processo coaching, aumentaram em 88% sua performance profissional.

A ICF destaca os seguintes benefícios gerais conquistados pelas pessoas que participam de um processo de coaching:

  • Crescimento pessoal e profissional sempre focado no futuro;
  • Melhora de habilidades de concentração (foco) e tomada de decisão;
  • Maior autoconfiança em executar suas atividades profissionais.

Os benefícios de se fazer coaching para concursos públicos, envolvem aspectos da vida do concurseiro, segundo José Roberto Marques (máster coach e presidente do Instituto Brasileiro de Coaching), os concurseiros melhoram principalmente em 3 aspectos: Motivação, Concentração e Plano de Estudos.

No processo de preparação para concursos públicos o concurseiro enfrenta vários desafios:

  • Pressão do tempo e prazos de provas;
  • Maioria não consegue dedicar tempo e energia ao seu próprio desenvolvimento;
  • Precisam aliar funções do trabalho, vida pessoal (família e relacionamentos) e a rotina de estudos;
  • Estresse emocional e bloqueios;
  • Falta de concentração e foco nos estudos;
  • Dificuldade para escolher qual prova fazer, etc.

Diante de tantos desafios, o processo de coaching dá o suporte para o concurseiro ultrapassar barreiras e bloqueios emocionais, identificar uma autossabotagem, a identificar suas fraquezas e principalmente, aprender a usar os pontos fortes de sua personalidade a seu favor, aprendendo a gerenciar o tempo e a desenvolver hábitos de estudos que realmente trazem resultados.

E os benefícios conquistados vão além da aprovação nos principais concursos públicos, e ganho de estabilidade financeira e profissional,  incluem melhora na qualidade de vida do concurseiro que aprende a lidar com estresse e ganha mais motivação para conquistar outros objetivos pessoais.

Como funciona o processo de coaching para concurso público?

Um processo de coaching típico tem de 10 a 12 sessões, que compõem um programa de desenvolvimento de objetivos. As sessões de coaching (reuniões entre coach e concurseiro) geralmente ocorrem de 1 a 3 vezes por mês ao longo de 3 a 12 meses, dependendo do objetivo do cliente e metodologia empregada.

Essas sessões podem ser feitas presencialmente, mas dependendo da agenda e localização, também podem ocorrer pela internet por meio de videoconferências e com aplicativos como o skype.

O método de coaching e as interações que ocorrem, naturalmente, variam a cada situação, o estilo e a formação do coach. Atualmente, muitas escolas preparatórias para concursos públicos, oferecem o serviço de coaching aliado a outras metodologias, como consultoria e mentoring.

É importante entender as diferenças:

Mentoring

Um mentor trabalha com um indivíduo para ajudar a desenvolver as habilidades, conhecimentos e relacionamentos necessários para melhorar sua posição e para avançar na sua carreira. No contexto das empresas, um mentor geralmente está em um nível mais alto e tem as competências profissionais e pessoais, para transmitir a cultura organizacional, normas e tradições através de habilidades e exemplos. No contexto dos concursos públicos, o mentor já passou pelo caminho das pedras, já foi aprovado em concursos públicos e compartilha suas experiências pessoais.

Aconselhamento ou terapia

Os conselheiros e os terapeutas (psicólogos) se concentram no bem-estar psicológico da pessoa, e podem passar tempo do processo de desenvolvimento analisando o passado. Já os coaches profissionais se concentram no sucesso pessoal e profissional, e o processo é focado no futuro.

Consultoria

Um consultor dá assessoria especializada e é contratado para dar suporte com conhecimentos técnicos específicos. No contexto de concursos públicos, é o especialista que te dará suporte no plano de estudos mais efetivo, nas técnicas de memorização e aprendizado etc.

Apesar destas variações, os seguintes temas podem ser abordados durante as reuniões de coaching para concurso público:

Sessão inicial: Este é o momento em que o concurseiro e o coach têm o primeiro contato, para determinar e discutir vários itens que podem incluir:

  • O que o concurseiro está procurando no processo de coaching;
  • Comportamentos desejados e indesejados;
  • Avaliações da situação atual;
  • Esclarecer dúvida sobre o que é coaching para concursos públicos e o que não é;
  • O estilo do coach e como isso ressoa com o concurseiro;
  • Esclarecimento de que coaching para concursos públicos é confidencial;
  • As credenciais e formação do coach em relação às necessidades do cliente;
  • Agenda de reuniões e local das reuniões;
  • Como o sucesso do coaching para concursos públicos será medido;
  • Acordo de coaching (contrato).

Após a primeira reunião de coaching para concurso público, o coach irá conduzir o processo que envolve avaliação e autoconhecimento, planejamento e preparação, ação e finaliza com reavaliação e medição dos resultados já alcançados.

Fases do processo de coaching para concurso público

Seguindo estas fases, o processo de coaching para concurso público aliado também com técnicas de mentoring e consultoria pode incluir:

Avaliação do Perfil do Concurseiro

Testes e relatório de perfil comportamental, testes para avaliar inteligência emocional, avaliação da rotina e horários, determinação de objetivos de provas, análise da rotina de estudos e recursos disponíveis (livros, cursinhos preparatórios etc);

Planejamento e preparação do Concurseiro

Especificação clara dos objetivos a serem alcançados, determinação de metas e objetivos neurologicamente corretos, elaboração de plano de estudos que atenda as demandas do concurseiro focado nas provas dos concursos que pretende prestar, planejamento de novos hábitos que irão dar o suporte para manter a rotina de estudos. Indicação de metodologia de estudo, técnicas de memorização e técnicas de gestão do tempo e produtividade.

Execução das atividades planejadas

Nesta fase o coach dá total suporte para que o concurseiro construa estratégias para aumentar as chances de sucesso nas provas, identificando maneiras de obter o apoio para manter sua rotina de estudos, fornecendo feedback à medida que novos comportamentos e ações são colocados em prática.

Reavaliação e medição dos resultados

Neste momento, o coach fornece avaliação e também recebe retorno do concurseiro, avalia-se os esforços de melhoria bem sucedidos ou o que não deu certo. Nesta fase o coach oferece suporte para o concurseiro explorar novos comportamentos e novas ideias para melhorar seus resultados ruins e também como enfrentar situações desafiadoras por meio de ensaios mentais e técnicas de gestão das emoções.

Nas reuniões finais de coaching para concurso público, avalia-se os indicadores de desempenho que foram estipulados no início, que podem ser tanto na conquista de novos hábitos de estudo, quanto na performance e resultados em provas específicas. É também neste momento que avalia-se os aprendizados adquiridos durante o processo de coaching.

Coaching para concursos vale a pena?

Depois de esclarecer como o processo de coaching para concurso público funciona na prática, fica mais fácil você responder para si mesmo se vale ou não a pena investir nessa metodologia.

Tanto o coach de concurso quanto o concurseiro querem aumentar a probabilidade de alcançar resultados positivos.

O que faz realmente a diferença nos resultados de coaching para concurso público, é o comprometimento. É o primeiro fator de sucesso a considerar, isto por que, independentemente da experiência ou quão bom o coach possa ser, nenhuma mudança do concurseiro ocorrerá se ele não quiser mudar e se não assumir a responsabilidade pela mudança necessária para conquistar seus objetivos. O concurseiro precisa estar aberto ao feedback fornecido pelo coach e disposto a usar o que aprendeu.

A competência do coach é também um fator importante. Se você está procurando um programa de coaching para concursos públicos, pesquise por coaches com formação e credencial, que apresentem credibilidade.

É recomendável que os coaches profissionais tenham experiência com coaching de carreira, e possam fornecer um processo de coaching que inclui, ajudar o cliente a estabelecer um plano de ação para mudar comportamentos que estão sabotando seus estudos, bem como um processo para medir a mudança e alcançar os resultados.

O coach de carreira especialista em concursos públicos, deve ter uma filosofia de coaching para mudanças sustentáveis; em outras palavras, o processo de coaching deve gerar transformação, trazer resultados que podem ser medidos. Se este coach já foi concurseiro alguma vez na vida e se foi aprovado, é claro que isso irá fazer diferença, pois, ele poderá atuar como coach e mentor, usando as técnicas de coaching e de mentoria juntas para te ajudar a ser aprovado.

Agora que você já sabe como funciona, avalie esses fatores para decidir se o coaching para concursos públicos vale a pena para você.

Veja estes outros artigos relacionados à coaching de carreira aqui do Canal do Ensino:

Até breve!

Deixe um comentário

© 2012-2018 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo