Você está aqui:Home » Dicas » Notícias » Canal do Ensino doa 16 mil marcadores para a Biblioteca Mário de Andrade

Canal do Ensino doa 16 mil marcadores para a Biblioteca Mário de Andrade

“Um livro, uma caneta, uma criança e um professor podem mudar o mundo” – Malala Yousafzai.

O Canal do Ensino (CE), um dos mais importantes portais dedicados à educação, doou nessa terça-feira, 02 de outubro de 2018, 16 mil marcadores de livros para a Biblioteca Mário de Andrade.

A ação, realizada em conjunto com a Biblioteca, pretende incentivar a leitura e a escrita. Os marcadores doados trazem, na parte da frente, uma foto e uma citação da ativista paquistanesa Malala Yousafzai e, no verso, cinco dicas sobre como escrever melhor.

Canal do Ensino doa marcadores de livros para a Biblioteca Mário de Andrade

Foto: Canal do Ensino

Sobre a Biblioteca Mário de Andrade

A Biblioteca Mário de Andrade possui o maior acervo de livros do Estado de São Paulo e o segundo do país, atrás apenas da Biblioteca Nacional, localizada no Rio de Janeiro.

A Mário de Andrade, inicialmente situada na sede da Câmara Municipal de São Paulo, na Rua 7 de Abril, foi aberta ao público em 1926. Como a Câmara não tinha mais espaço para comportar o acervo, em 1942, foi inaugurada a atual sede da Biblioteca, localizada na Rua da Consolação.

O prédio foi projetado pelo arquiteto francês Jacques Pilon e levou 6 anos para ser finalizado. O edifício é considerado um ícone da arquitetura modernista, em alta nas décadas de 1930 e 1940.

Atualmente, a Mário de Andrade conta com:

– 53 mil livros disponíveis para empréstimo;

– 3900 dicionários e enciclopédias que podem ser consultadas no local;

– 28 mil livros sobre arte;

– 200 mil publicações focadas em Literatura e Ciências Humanas;

– 2 mil obras sobre a cidade de São Paulo e sobre assuntos como arquitetura e urbanismo.

Além disso, o acervo também contém 50 mil itens, como livros, fotografias e cartões-postais, considerados raros, 4300 atlas geográficos, 7 mil mapas e 12 mil títulos de periódicos que abrangem desde o século XIX até a atualidade.

Canal do Ensino doa marcadores de livros para Biblioteca Mário de Andrade

Foto: Canal do Ensino

Quem foi Mário de Andrade

Mário de Andrade nasceu em 1893, na cidade de São Paulo, e se consolidou no meio literário com sua participação na Semana de Arte Moderna de 1922 e com a publicação do livro Paulicéia Desvairada.

Além de escrever, Mário realizou estudos sobre a formação cultural do Brasil. Em 1930, ele fundou e dirigiu o Departamento de Cultura da Municipalidade Paulistana, que mais tarde se tornaria a Secretaria Municipal de Cultura.

Em 1960, 15 anos após a morte do escritor, a Biblioteca Municipal de São Paulo recebeu o nome de Biblioteca Mário de Andrade, em homenagem à contribuição do escritor para a cultura do Brasil.

A leitura no Brasil

A ação do Canal do Ensino, em conjunto com a Biblioteca Mário de Andrade, tem por objetivo incentivar a leitura e a escrita em um país onde esses hábitos ainda são pouco praticados.

Segundo Retratos da Leitura no Brasil, os brasileiros leem, em média, 2,43 livros inteiros por ano. Quanto à alfabetização, dados mais recentes do Indicador de Alfabetismo Funcional mostram que o letramento no país ainda não é satisfatório, pois apenas 8% têm habilidades de leitura, escrita e compreensão.

Sobre o Canal do Ensino

O Canal do Ensino (CE), desde janeiro de 2012, publica conteúdos sobre cursos grátis, livros de domínio público, vídeo aulas, dicas sobre concursos, bolsas de estudo e dicas para professores e estudantes. O CE prioriza iniciativas gratuitas e procura tornar o conhecimento um bem acessível a todos.

Escrito por: Ariovania Soares e Julia Tabach

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo