Você está aqui:Home » Dicas » Idiomas » Bilinguismo: idade para começar e vantagens  

Bilinguismo: idade para começar e vantagens  

Olá, leitor!

O Brasil ficou em 41° lugar no ranking de 2017 do EF EPI, um dos índices de proficiência em língua inglesa mais respeitados do mundo. Na pesquisa, foram analisados 80 países e o Brasil se colocou atrás de nações como Vietnã, Filipinas e Nigéria.

Este baixo nível de fluência em uma segunda língua, principalmente em inglês, deve-se, em grande parte, a um método de ensino que não é focado na imersão e na exposição constante do aluno à língua estudada.

Como alternativa a esse cenário, destacam-se as instituições bilíngues, que pretendem formar pessoas que não apenas dominem mais de um idioma, mas que possuam duas línguas-maternas. Nesses colégios, algumas disciplinas da grade curricular são ministradas em um idioma estrangeiro, tornando o aprendizado mais natural.

Idade para começar

As escolas bilíngues são voltadas especialmente para crianças e é recomendado que o estudante ingresse o mais cedo possível. Nos primeiros anos, a desenvoltura e a capacidade de adaptação do sistema nervoso são maiores. Além disso, o aparelho fonador (língua e boca) ainda não está totalmente formado, logo, é possível falar o novo idioma sem sotaque, algo mais complicado depois dos 12 ou 13 anos de idade.

Assim, a crença de que esse modelo de educação traz prejuízos para a infância não se verifica. Segundo Peter Visser, diretor acadêmico da Maple Bear Canadian School,- escola bilíngue que segue o método de ensino canadense, considerado um dos melhores do mundo – crianças que tiveram contato com outro idioma tendem a demonstrar resultados mais altos em testes de inteligência e concentração.

Ele ainda acrescenta que as famílias que pretendem matricular seus filhos em instituições bilíngues precisam estar atentas a dois aspectos fundamentais: a importância do idioma adicional no mundo globalizado e a proposta do colégio. “Os pais devem analisar se suas expectativas estão alinhadas com o que é oferecido, uma vez que o termo “bilíngue” tem sido utilizado de forma bastante ampla.”, completa.

Vantagens

Independente do modelo adotado por cada escola, o aprendizado de um novo idioma possibilita o acesso a fontes de informação provenientes de outros países. O contato com conteúdos diversificados permite ao estudante ter uma experiência acadêmica e profissional sólida e uma bagagem cultural mais abrangente.

Para Peter, o bilinguismo estimula o convívio com outras culturas e forma alunos mais tolerantes. “Dominar outro idioma desde a infância faz com que o indivíduo tenha maior consciência da parcialidade de sua cultura, o que é fundamental em um mundo infelizmente marcado pelo fortalecimento de radicalismos das mais diversas naturezas, tanto no plano político quanto no cultural”, finaliza.

E então? O que você achou do ensino bilíngue?

Bons estudos e até mais!

comentários (2)

  • Gilda Morassutti

    Olá! Gostaria de saber a idade mínima para começar a aprender um novo idioma. Alguns dizem que a melhor idade é 3 anos e a segunda melhor, entre 4 e 8 anos. Essas indicações focam no futuro da criança e não no presente, quando ela precisa brincar. O que acham?

    Responder
    • Ariovania Silva

      Olá, Gilda. Tudo bem?

      Peter Visser, diretor acadêmico da Maple Bear Candaian School, recomenda que crianças aprendam o mais cedo possível um idioma estrangeiro. Pois, para ele, “nos primeiros anos, a desenvoltura e a capacidade de adaptação do sistema nervoso são maiores. Além disso, o aparelho fonador (língua e boca) ainda não está totalmente formado, logo, é possível falar o novo idioma sem sotaque, algo mais complicado depois dos 12 ou 13 anos de idade”.

      Infelizmente, especialistas divergem quanto à idade exata para iniciar os estudos, variando entre 3 e 8 anos. Porém, Gilda, o importante é que a aprendizagem seja realizada de forma lúdica e em escolas especializadas no ensino para crianças.

      É interessante lembrar que, nos primeiros anos, a criança irá reconhecer palavras, porém não se tornará fluente no idioma. O domínio de uma língua é obtido por meio de um longo processo de ensino. Assim, nessa fase, deve-se evitar cobranças precoces.

      Um forte abraço!
      Canal do Ensino

      Responder

Deixe um comentário

© 2012-2019 Canal do Ensino | Guia de Educação

Voltar para o topo